DTM
20/05/2018 13:43

Paffett sai de terceiro em Lausitzring, impõe ritmo forte e vence segunda na temporada do DTM. Farfus é 16º

Gary Paffett passou o companheiro Pascal Wehrlein e o pole Philipp Eng para assumir o primeiro lugar e comandar a segunda corrida do fim de semana do DTM em Lausitzring. Marco Wittmann e Pascar Wehrlein completaram o pódio
Warm Up / Redação GP,  do Rio de Janeiro
 Gary Paffett venceu em Lausitzring (Foto: Reprodução/Twitter)

Gary Paffett teve um desempenho dominante na manhã deste domingo (20), em Lausitzring, para anotar a segunda vitória dele na temporada 2018 do DTM - que só tem quatro corridas até agora. Paffett, campeão do DTM em 2005 e que terminou outros quatro anos como vice, agora ocupa a segunda colocação do campeonato, com 71 pontos contra 72 de Timo Glock.
 
A posição de largada de Paffett, da Mercedes, era o terceiro lugar, mas o experiente piloto de 37 anos aproveitou a tentativa do companheiro Pascal Wehrlein para cima do pole-position, Philipp Eng, ainda na curva um. Paffett identificou o espaço e se jogou por dentro do contorno após Eng empurrar Wehrlein. Ainda atrás do novato Eng, Paffett grudou e passou enfim na quarta volta.
Gary Paffett comemora e Pascal Wehrlein não parece feliz (Foto: Reprodução/Twitter)
Paffett passou a ter o rosto para o vento e viu Eng despencar. Wehrlein tomou o segundo lugar e depois Marco Wittmann ultrapassou o jovem pelo terceiro posto. O líder resolveu parar nos boxes cedo e conseguiu ampliar a liderança para os dois perseguidores.

Após a janela ser fechada, Wittmann passou a descontar a desvantagem, quando já ocupava o segundo lugar à frente de Wehrlein. O alemão obrigou Paffett a acelerar próximo do fim para evitar um ataque, algo que terminou se provando acertado. Wittmann ficou mesmo com a segunda colocação.
Gary Paffett venceu em Lausitzring (Foto: Reprodução/Twitter)
Wehrlein completou o pódio, com Paul di Resta em quarto após largar na 15ª colocação. Glock conseguiu manter a liderança na temporada com o quinto lugar, algo mais difícil do que pode parecer após perder várias colocações ao fazer uma parada tardia nos boxes. Jamie Green, que largou no 16º posto, terminou na sexta colocação e foi a melhor Audi na pista.
 
Eng, Mike Rockenfeller, Joel Eriksson e Robin Frijns fecharam o top-10. Edoardo Mortara, vencedor da corrida do sábado, terminou apenas na 11ª colocação. Augusto Farfus ficou somente em 16º.