Endurance
07/03/2016 10:39

Nelsinho Piquet assina com Rebellion na LMP1 e confirma volta às 24 Horas de Le Mans dez anos depois

Campeão da F-E, Nelsinho Piquet está de volta às 24 Horas de Le Mans. Em 2006, o piloto disputou a prova na classe LMGT1 e terminou em quarto. Agora, o brasileiro terá a chance de acelerar o protótipo da Rebellion Racing e terá como companheiros de equipe no protótipo #12 Nick Heidfeld e Nicolas Prost, dois dos seus oponentes na categoria dos carros elétricos
Warm Up / Redação GP,  de Sumaré
 Nelsinho Piquet (Foto: Manolo Media)
Dez anos depois, Nelsinho Piquet está de volta às 24 Horas de Le Mans. Campeão da F-E na temporada 2014/2015, o brasileiro de 30 anos assinou com a equipe Rebellion Racing para disputar a principal corrida de resistência do automobilismo mundial. Nelsinho vai dividir a condução do protótipo #12 na principal divisão da prova, a LMP1, com dois dos seus oponentes na F-E: Nick Heidfeld e Nicolas Prost. 
 
Além das 24 Horas de Le Mans, Nelsinho acelera o LMP1 da Rebellion já no prólogo do Mundial de Endurance, entre 25 e 26 deste mês em Paul Ricard, bem como nas 6 Horas de Silverstone e nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, as duas primeiras provas da temporada 2016 do Mundial de Endurance.
Nelsinho Piquet está de volta a Le Mans em 2016. Agora, na LMP1 (Foto: José Mario Dias/Piquet Sports)
Há dez anos, Nelsinho fez sua estreia nas 24 Horas de Le Mans e correu com um Aston Martin da equipe Russian Age na classe LMGT1, dividindo a condução do carro #62 com Antonio Garcia e David Brabham. O trio ficou em nono lugar na classificação geral e em quarto na sua classe em 2006. Agora, Piquet volta a Sarthe para disputar a prova pela principal divisão do grid.
 
“Estou muito motivado em competir pela Rebellion em diversas provas, principalmente em Le Mans”, vibrou Piquet. “Já corri muitas provas grandes em várias categorias ao longo de mais de 20 anos de carreira, mas esta é uma das principais da minha lista. É um evento único e tenho muita vontade de acelerar novamente em Le Mans. Não poderia ter companheiros mais competentes que Nico e Nick para esta missão. Mal posso esperar para pegar o carro em Paul Ricard no fim do mês”, comemorou.
 
Bart Hayden, chefe de equipe da suíça Rebellion, deu as boas-vindas a Nelsinho. “Estamos muito contentes em receber o Nelson Piquet Jr. na equipe Rebellion Racing. Como atual campeão da F-E, Nelson tem competido contra Nico Prost e Nick Heidfeld, mas agora os três serão parceiros no protótipo #12 e estamos confiantes que serão grandes companheiros”, destacou Hayden.
 
“Le Mans demanda o mais alto nível de preparação, então estamos satisfeitos em colocar Piquet no prólogo e nas duas primeiras etapas do WEC. Falta pouco para Paul Ricard e temos grande esperança no começo da temporada”, concluiu.
 
Depois de ajudar Átila Abreu a conquistar o sexto lugar na Corrida de Duplas da Stock Car no último fim de semana após o sorocabano largar de 32º e último em Curitiba, Nelsinho segue nesta semana para o México para disputar mais uma etapa da temporada 2015/16 da F-E. Em seguida, o brasileiro começa os trabalhos com a Rebellion na LMP1 visando Le Mans.
VEJA A EDIÇÃO #18 DO PADDOCK GP, QUE TRAZ BATTISTUZZI, ABORDA F1, INDY E STOCK CAR