Endurance
25/02/2018 10:18

Vencedor das 24h de Le Mans em 2015, Hülkenberg prevê “um ano desafiador” para Alonso com WEC e F1

Fernando Alonso vai encarar o desafio de correr as 24 Horas de Le Mans em 2018, prova vencida por Nico Hülkenberg em 2015. Com experiência na competição e na categoria, o alemão fez sua previsão de como será o ano do espanhol no Mundial de Endurance
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

Fernando Alonso vai contar com um grande desafio em 2018, e ele será longe da F1. Com a Toyota, vai competir a temporada do Mundial de Endurance, inclusive a história prova das 24 Horas de Le Mans, que foi vencida por Nico Hülkenberg em 2015.
 
O alemão é o piloto mais recente a ter alinhado no grid da icônica prova de resistência. Portanto, ele é a pessoa que tem propriedade para falar sobre a aventura que o espanhol irá enfrentar ao longo do ano.
 
Questionado se o titular da Renault irá falar com o piloto da McLaren, ele admitiu que ainda não foi procurado, mas reconheceu o talento do bicampeão. “Não sei, não tenho conversado com ele, não me pediu nada, mas acredito que é um piloto muito experiente, que sabe o que faz. Obviamente é um homem muito ocupado”.
Nico Hülkenberg prevê ano desafiador para Alonso em 2018 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Tomando sua experiência como exemplo, Nico aproveitou para falar sobre as dificuldades que Alonso pode enfrentar por participar de duas categorias tão competitivas. “Fisicamente não exige tanto, mas ter dois trabalhos toma muito tempo, pois são dois campeonatos diferentes e tem que viajar muito mais, e neste sentido que percebi que foi cansativo”, explicou.
 
“Tem que levar em conta que só participei de dois eventos [do Mundial de Endurance], e Alonso fará a temporada inteira, pelo que entendi. Então acredito que será um ano desafiador”, completou.
 
Por fim, Hülkenberg aproveitou para falar sobre todo o clima que envolve a legendária prova francesa. “Le Mans é um evento muito icônico. Apenas de estar ali toda a semana, fazer parte do evento, sentir o ambiente, especialmente durante as horas da corrida”, disse.
 
“A sensação é muito diferente, porque durante as 24 horas de competição, no momento em que não está no carro, vive muito mais a atmosfera. Na F1, quando está correndo, está correndo, e nunca sente o que passa ao seu redor. Em Le Mans tudo é muito agradável”, encerrou.


Últimas Notícias
segunda-feira, 18 de junho de 2018
Endurance
Outras
MotoGP
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
Endurance
F1
F1
F1
F1
F1
domingo, 17 de junho de 2018
MotoGP
Endurance
Galerias de Imagens
Facebook