F-E
22/07/2017 05:00

Buemi pede que Di Grassi tenha limite em nova decisão: “Prefiro perder com dignidade e ainda me olhar no espelho”

Se a relação de Sébastien Buemi e Lucas Di Grassi tinha se recuperado da polêmica batida do ano passado em Londres, agora dificilmente vai voltar ao normal. Segundo Buemi, a reputação de Lucas não suportaria outra situação como aquele - que, deixou claro, ainda acredita ter sido proposital
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

O acidente entre Lucas Di Grassi e Sébastien Buemi durante a última corrida da temporada 2015/16 da F-E reverberou um tanto nas semanas seguintes, mas por bastante tempo parecia deixada para trás. Aliás, Di Grassi e Buemi passaram toda a temporada 2016/17 sem ter grandes problemas dentro ou fora da pista. A paz reinou, pois. Até agora. Buemi resolveu falar um pouco sobre aquele incidente e sobre o comportamento geral de Lucas. E a relação dos dois vai ter dificuldades para se recuperar.
 
Falando à revista inglesa 'Autosport', Buemi afirmou que não tem respeito pelo que aconteceu ano passado - o que, deixou claro, continua tendo certeza de que foi uma batida proposital do piloto da Audi ABT. Segundo Buemi, a reputação de Di Grassi não sobreviveria a outra batida como aquela. Os dois decidem a F-E novamente, daqui dois fins de semana, em Montreal.
 
"Eu respeito Lucas como piloto, mas não respeito o que aconteceu ano passado. Gente dentro do esporte sabe exatamente o que aconteceu lá", afirmou. "Se uma batida como aquela se repetir, o que você acha que as pessoas vão pensar? Será difícil explicar. A reputação dele não pode passar por algo como aquilo de novo, não é?", questionou.
 
"Ano passado, em vez dele dizer 'tentei tudo e perdi e a situação aconteceu daquela forma, sinto muito', disse que a culpa era minha por ter freado cedo demais. Foi disso que eu não gostei e não achei correto. Você pode levar as coisas só até determinado ponto, mas existe um limite e ele passou muito por esse limite", avaliou.
Sébastien Buemi (Foto Fia Formula E)
Ainda segundo o suíço, pior do que o 'crime' foi a tentativa de esconder a motivação da batida.
 
"Eu prefiro perder com dignidade a tentar ganhar de um jeito que depois eu consiga me olhar no espelho. Ele pode dizer o mesmo? Não sei, pergunta para ele. Agora já foi feito e passou. Tivemos boas batalhas desde então e não há mais um grande problema da minha parte", seguiu.
 
A decisão da F-E, nos dias 29 e 30 de julho, vai definir quem será o campeão da terceira temporada da história da categoria. Buemi é o líder com dez pontos de vantagem para Di Grassi.
GRANDE FORMA DE BOTTAS NA F1 MOSTRA QUE PREVISÕES ESTAVAM ERRADAS: "NEM A PRÓPRIA MERCEDES ACREDITAVA"


Últimas Notícias
domingo, 24 de junho de 2018
F1
Indy
F1
F1
F3
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
F1
Indy
F1
Galerias de Imagens
Facebook