FE
10/12/2015 14:57

Jaguar espera confirmação da FIA para anunciar na próxima semana entrada na F-E, diz TV inglesa

Dona de uma equipe na F1 por cinco temporadas, a Jaguar vai voltar a um campeonato de monopostos chancelado pela FIA. De acordo com a rede de TV inglesa Sky Sports, a montadora anuncia na semana que vem que entra na F-E para disputar a temporada 2016-17 do campeonato
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Andre Lotterer testando na Jaguar em 2001 (Foto: Clive Mason / Getty Images)
A popularidade da F-E segue no estágio crescente de sua história. Não é novidade que diferentes montadoras estão analisando uma possibilidade de participar de alguma forma da categoria, mas o primeiro nome concreto visando a terceira temporada apareceu nesta quinta-feira (10): a Jaguar.
 
De acordo com a rede de TV britânica 'Sky Sports', a Jaguar vai anunciar na próxima semana que entra na F-E a partir da temporada 2016-17. A montadora, que é comandada pela indiana Tata Motors, planeja anunciar na próxima terça-feira.
 
Apesar disso, a Jaguar espera ainda nesta quinta uma carta com a permissão da FIA para concluir o planejado. Junto com a participação na F-E, a montadora inglesa também está pronta para anunciar o desenvolvimento de um modelo de carro elétrico, algo que ainda não tem. Não deve haver data limite por enquanto.
 
A informação casa com uma declaração que Alejadro Agag deu ao site inglês 'CurrentE.com' nesta semana. Segundo o diretor-geral da Formula E Holdings, mais duas montadoras estão em vias de anunciar planos para entrar no campeonato.
Alejandro Agag (Foto: Reprodução/Twitter)
"Tenho outras duas que ainda não posso dizer. Aí serão sete montadoras - só faltam três equipes sem parceiras deste naipe, então é melhor que as fábricas se apressem. Acho que a F-E terá dez montadoras na quarta temporada", afirmou.
 
E embora a informação sobre como será o formato da participação da Jaguar na categoria, a entrevista de Agag, mesmo que involuntariamente, lança uma luz.
 
"Não vão ser novas equipes, elas precisam entrar com os times já existentes. Só podemos ter mais equipes quando pudermos usar apenas um carro por corrida, o que parece que acontecerá apenas na temporada cinco. Quando isso acontecer, podemos ter mais times. Mas nunca mais de 12", garantiu.
 
E sobre quando as informações começarão a chegar, falou que "apesar de ser apenas para a próxima temporada, ainda saberemos durante esta".
A Jaguar está de volta (Foto: Clive Mason / Getty Images)
Ainda não se sabe com qual time a Jaguar espera criar uma parceria - ou até mesmo se pretende comprar a Trulli, atualmente em dificuldades financeiras. De acordo com as contas de Agag, no entanto, Virgin, Audi ABT, e.dams, Mahindra e China não são opção por já serem montadoras ou terem parceria de uma. Desta forma, Venturi, Dragon, Aguri, Andretti e Trulli estão, como o dito popular, na pista para negócio.

A Jaguar, claro, não é uma estranha ao automobilismo. A montadora teve uma equipe na F1 entre 2000 e 2004 - com pilotos como os brasileiros Antônio Pizzonia e Luciano Burti, além de Mark Webber e Eddie Irvine, que faturou os dois únicos pódios da esquadra. Ao fim da temporada 2004, vendeu o time para a Red Bull.
 

Quer assistir à decisão da Stock Car em Interlagos? Está de volta o 'TRAZ MAIS UM PRO GP'.Chame seus amigos para...

Posted by Grande Prêmio on Terça, 8 de dezembro de 2015


 
Paddock GP #10