FE
24/05/2015 14:00

Novo líder do campeonato após Berlim, Piquet cutuca Di Grassi e agradece equipe China por “carro dentro das regras”

Nelsinho Piquet é o novo líder e não tem discussão. A exclusão de Lucas Di Grassi em Berlim por modificações ilegais na asa frontal o tirou da liderança confortável e o deixou dez pontos atrás de Piquet, agora com 103 tentos. Sébastien Buemi é o segundo, com 101
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Nelsinho Piquet com o troféu da melhor volta (Foto:F-E)
Nelsinho Piquet terminou a corrida deste sábado (23) em Berlim na quinta colocação e a uma distância de 17 pontos do então líder do campeonato, Lucas Di Grassi. Mas algumas horas depois o panorama era totalmente diferente. Di Grassi foi punido por mudança ilegal nas aletas da asa frontal e acabou desclassificado. Jérôme D'Ambrosio foi promovido a vencedor e Piquet, ao quarto lugar. Mais do que isso: Nelsinho chegou a 103 pontos e é pela primeira vez líder do campeonato.
 
No jogo de gato e rato entre ele e Di Grassi, após a prova Piquet agradeceu à equipe China, que o forneceu um carro "dentro das regras", algo que a Audi ABT não foi capaz de fazer.
Nelsinho Piquet com o troféu da melhor volta (Foto:F-E)
"Agradeço a todos os integrantes da China Racing, que no ano todo me deram carros dentro das regras", declarou.
 
O novo líder ainda agradeceu sua torcida pela terceira prova seguida com vitória na eleição do FanBoost, que usou dessa vez para anotar a melhor volta da corrida - que o rendeu dois pontos definitivos para ficar à frente de Sébastien Buemi na classifcação geral - e para passar por Stéphane Sarrazin a algumas voltas do fim da prova.
 
"Além do trabalho do time, tenho que agradecer muito aos fãs. Pela terceira vez consecutiva fui o vencedor do FanBoost. A potência adicional conquistada graças aos fãs foi fundamental para eu ganhar duas posições na pista hoje e cravar a melhor volta. Devo a quem votou em mim os pontos decisivos que me colocam em primeiro no campeonato", falou.
 
Com três voltas para o final da temporada inaugural da F-E, Piquet lidera por dois pontos contra Buemi, são 103 contra 101. E Di Grassi, que prometeu chutar os fundilhos dos adversários, ficou com 93. 
 
A F-E volta em duas semanas, em 6 de junho, com o eP de Moscou. O GRANDE PRÊMIO acompanha.