F1
14/09/2017 07:37

Alonso diz que vai esperar McLaren e que “F1 é a única prioridade”, mas avisa: “Não vou ficar para brigar por top-15”

Fernando Alonso esteve na bancada da coletiva de imprensa da F1 e não escapou das perguntas sobre seu futuro. O espanhol não entrou em detalhes sobre o possível acordo entre McLaren e Renault e apenas disse que está à espera da equipe inglesa para decidir o que fazer para o próximo ano
Warm Up
EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba

Às vésperas de um fim de semana decisivo para a McLaren, em que se aguarda a confirmação do fim da parceria com a Honda e o início de um acordo com a Renault, Fernando Alonso, que também é o centro de todo essa negociação, foi chamado para a tradicional entrevista coletiva de quinta-feira (14). Sentado ao lado do líder do campeonato, Lewis Hamilton, o espanhol não pode evitar as questões sobre seu futuro e voltou a reiterar que a "F1 é a única prioridade".
 
"Como já disse antes, eu estou pensando nas opções que tenho, quero vencer e estou avaliando tudo. Mas a F1 é a minha única prioridade", afirmou o bicampeão aos jornalistas, em Singapura, onde a F1 está para a 14ª etapa da temporada 2017. 
 
"Acho que, o que quer que seja a minha melhor opção ou o que qualquer que vá fazer no ano que vem, o meu desejo é vencer. Eu não quero estar aqui ou em nenhuma outra categoria para lutar pelo top-10 ou top-15. Há muitas opções por aí. Mas vou dar tempo à minha equipe, vou esperar a decisão deles, vou esperar para ver qual será o futuro e o carro do ano que vem, e só aí tomarei a minha decisão", explicou.
Fernando Alonso respondeu sobre seu futuro nesta quinta (Foto: McLaren)

Mais uma vez, Alonso jurou lealdade à McLaren. “Neste momento, quero ser leal a eles neste sentido. E vou esperar antes de decidir ir para outra categoria. Não quero tomar nenhuma decisão sem que eles tenham feito sua opção para o futuro. Depois de três anos juntos e de todos os problemas que vivemos, eles merecem isso. Então, agora teremos de ver o que acontece nas próximas semanas”, completou.
 
Depois de levantar a possibilidade de correr em outro campeonato em 2018, o asturiano foi perguntado se a Indy seria uma opção. “Há várias opções. E todas são boas opções. Só temos de ser pacientes e esperar mais algumas semanas.”

Alonso, então, foi convidado a responder se a conquista da Tríplice Coroa do esporte a motor ainda está em seus planos. "A Tríplice Coroa é um objetivo claro para mim no futuro. São três corridas, não só a Indy. Mas se eu estiver na F1 no próximo ano é porque acho que posso vencer, então isso quer dizer que vou disputar o GP de Mônaco ao invés das 500 Milhas", afirmou o piloto de 36 anos.

"Como disse, os meus planos não mudaram. Estou esperando que a minha equipe tome uma decisão, então vou negociar a possibilidade de seguir aqui. Essa é a minha primeira prioridade. De fato, eu gostaria de obter a Tríplice Coroa algum dia. São objetuvos que tenho para os meus fãs, para os entusiastas do automobilismo, então espero que 2018 seja fantástico. Esse é o plano."

"E isso é algo que tenho dito sempre, não é nenhuma novidade. A decisão para 2018 será pensando em vencer. Não tenho nenhuma necssidade e nem vontade de andar entre os 12 ou 15 primeiros. Seja lá para onde vá em 2018, meus fãs vão me ver ganhar", encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Singapura de F1 por meio do livetiming.
KUBICA TEM WILLIAMS COMO GRANDE CHANCE PARA VOLTAR À F1 EM 2018. E PODE "SOBRAR MUITO" PARA MASSA

Últimas Notícias
sexta-feira, 19 de janeiro de 2018
Rali
Copa Grande Prêmio
MotoGP
Rali
Outras
MotoGP
F1
F1
F1
F-E
F1
F1
F1
F1
quinta-feira, 18 de janeiro de 2018
F1
Galerias de Imagens
Facebook