F1
10/05/2018 13:02

Após 12 anos, designer-chefe aponta “razões pessoais” e deixa Williams na temporada 2018

Designer-chefe da Williams, Ed Wood deixou o time após 12 anos na função. Em uma nota, equipe inglesa confirmou que saída se deu por “razões pessoais”
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Sergey Sirotkin (Foto: Williams)

A Williams sofreu uma baixa em seus quadros na temporada 2018 da F1. A escuderia inglesa confirmou nesta quinta-feira (10) a saída de Ed Wood, designer-chefe do time.
 
Em um comunicado enviado à revista inglesa ‘Autosport’, a Williams confirmou que a saída de Wood se deu por “razões pessoais”.
 
“Podemos confirmar que Ed Wood decidiu deixar a Williams por razões pessoais”, declarou a equipe. “Como designer-chefe, Ed foi fundamental em muitos sucessos durante seu período no time, incluindo os carros FW36 e FW37, que garantiram o terceiro lugar no Mundial de Construtores em 2014 e 2015, respectivamente”, seguiu.
A Williams perdeu seu designer-chefe (Foto: Williams)
“O time gostaria de expressar sua gratidão a Ed por seu duro trabalho ao longo dos últimos 12 anos. A experiência dele, habilidade e paixão por engenharia foi um enorme ativo para a Williams”, frisou.
 
Com passagens por Ferrari e Renault, Wood chegou à Williams em 2006, depois de um período como chefe de design da Prodrive e da Subaru no Mundial de Rali.
 
A temporada 2018, aliás, não vem sendo fácil para a Williams, que ocupa apenas o décimo posto no Mundial de Construtores, já 110 pontos atrás da líder Ferrari. Os quatro pontos do time, aliás, foram todos conquistados no oitavo lugar de Lance Stroll no GP do Azerbaijão.
 
CAMINHO PARA VIRAR LENDA

TRÍPLICE COROA É O QUE SOBROU PARA CARREIRA DE ALONSO