F1
21/06/2018 08:50

Chefe da McLaren vê Alonso com vontade de continuar na F1: “Ninguém pode questionar sua motivação”

O futuro de Fernando Alonso ainda não está definido, mas Éric Boullier garante que o espanhol ainda vai correr por muito tempo. Sem comentar sobre o que está por vir, mas feliz em tê-lo na equipe, o chefe afirmou que a motivação do piloto é inquestionável
Warm Up / Redação GP,  de São Paulo
 Alonso quer continuar na McLaren, acredita Boullier (Foto: McLaren)

Diretor de corridas da McLaren, Éric Boullier já deixou claro que não vai falar sobre as intenções de Fernando Alonso na F1, mas acredita que o espanhol ainda vai passar muitos anos competindo. Os intercâmbios de categoria — e seu sucesso nelas, como nas 24 Horas de Le Mans no último fim de semana — sustentam a dúvida sobre como o bicampeão vai conduzir o seu futuro, e a falta de resultados na categoria principal surge como um possível indicativo de mudança.

E para colocar ainda mais gasolina sobre os rumores a respeito do futuro de Alonso, Helmut Marko, consultor da Red Bull, revelou que a McLaren fez uma proposta para contratar Daniel Ricciardo. Em tese, para ocupar o lugar de Fernando, sugerindo a possibilidade de o bicampeão deixar a equipe e encerrar sua passagem vitoriosa pela F1.
 
O próprio Alonso afirmou que os caminhos a serem tomados pela F1 vão influenciar sua decisão, mais do que as escolhas da McLaren, para sair ou ficar no grid. Antonio García Abad, empresário do espanhol, fez questão de garantir que não há nada definido sobre o seu futuro.
 
No Canadá, Boullier foi perguntado se Alonso poderia ficar cansado da F1 depois do 300º GP de sua carreira. 
 
"Pergunte a ele, eu não vou falar sobre nada que ele queira fazer. Ele é sempre rápido, sempre está rendendo na F1. Ele é um competidor nato, então não acho que ninguém possa questionar sua motivação”, afirmou em entrevista ao site ‘Motorsport.com’.
Campeão das 24h de Le Mans, Alonso não decidiu se seu futuro está na F1  (Foto: Toyota)
O chefe de equipe espera que Alonso permaneça ainda por muito tempo em Woking e garante que o próprio espanhol deseja ficar. Zak Brown, diretor-executivo da McLaren, já afirmou, inclusive, que gostaria de ter o piloto mesmo que não fosse competindo na F1. Campeão das 24h de Le Mans no último domingo (17), o asturiano demonstra, também, muito interesse na Indy, em busca da Tríplice Coroa nas 500 Milhas de Indianápolis.  
 
"Ele está motivado, ele está indo bem, então eu acho que você não pode questionar sobre a sua motivação. Com certeza, ele vai correr por muito tempo. Ele é parte da família McLaren, então obviamente estamos felizes em tê-lo conosco. Acho que ele gosta da família McLaren e quer ficar com a gente”, encerrou Boullier.
HISTÓRIA ESCRITA SEM BRILHO

REGULAMENTO TIRA BRILHO DE VITÓRIA DA TOYOTA EM LE MANS