F1
26/10/2015 16:07

Chefe da Sauber critica acidente entre Nasr e Ericsson em Austin e garante: “Vamos dar uma palavrinha com ambos”

Monisha Kaltenborn não gostou nem um pouco do acidente entre os dois pilotos da Sauber. A chefe do time criticou Marcus Ericsson e Felipe Nasr e garantiu que a equipe vai conversar com os pilotos
Warm Up / Redação GP,  de São Paulo
 Apesar de um começo ruim, Nasr conseguiu levar dois pontos para casa (Foto: Getty Images)
Monisha Kaltenborn se irritou bastante com o incidente que envolveu Marcus Ericsson e Felipe Nasr durante o GP dos EUA deste domingo (25). Na ocasião, a dupla da Sauber se acertou na curva 1 de Austin ainda na primeira metade da prova. 
 
Monisha afirmou que acidentes assim não podem acontecer, mas que a disputa entre os dois, contanto que volte a ser limpa, pode seguir.
 
“O que precisa ser dito deste incidente é: coisas assim não podem acontecer. Eles sempre se respeitam muito e têm uma competição sadia, esta parte deve seguir. Mas acidentes como o de ontem definitivamente não podem voltar a ocorrer”, disse. 
 
A chefe do time de Hinwil completou garantindo que a Sauber não vai deixar o episódio passar em branco.
 
“Nós com certeza vamos precisar dar uma palavrinha com ambos. Estou muito chateada, erros assim não podem acontecer, nós somos muito maiores do que isso”, seguiu.
Monisha Kaltenborn se irritou com a colisão envolvendo Ericsson e Nasr (Foto: AP)
Para o sueco, Nasr foi o culpado pelo acidente, já que foi quem bateu por trás. 
 
“Antes da briga eu já tinha feito uma grande ultrapassagem em cima dele. Cheguei na curva 1 em vantagem e de repente vi as bandeiras amarelas. A imagem da TV é clara: ele me acertou com força, tivemos sorte de não abandonarmos os dois naquela hora”, declarou.
 
Nasr se defendeu afirmando que sequer tentou passar Ericsson e lembrou que quem teve o carro danificado foi o brasileiro.
 
“Com intermediários, os pilotos utilizam linhas diferentes. Ao chegar na curva 1, tinha certeza que ele estava me vendo, mas acho que me enganei. Eu sequer tentei ultrapassar ali, só mantive o carro do lado de dentro da pista. De qualquer jeito, fui eu quem tive a asa quebrada e a corrida comprometida”, falou.
 
Nasr tem ampla vantagem no Mundial de Pilotos. O brasileiro tem 27 pontos, enquanto o sueco anotou apenas nove.