F1
19/02/2018 16:04

Chefe da Sauber planeja criação de academia de jovens pilotos em 2019. Mas “só se houver um talento como Leclerc”

A Sauber está pensando além de 2018. De acordo com o chefe da equipe suíça, Frédéric Vasseur, o time de Hinwil está estudando a possibilidade de abrir uma academia de jovens talentos para a temporada 2019
Warm Up
Redação GP, do Rio de Janeiro

Enquanto o mundo do esporte a motor olha curioso para o que será do 2018 da Sauber, primeiro ano da parceria com a Alfa Romeo, o chefe do time suíço planeja novos passos para o ano que vem. De acordo com Frédéric Vasseur a equipe tem planos de lançar uma academia de jovens pilotos, assim como as irmãs maiores Mercedes, Ferrari, McLaren e Red Bull.
 
Especialista em jovens pilotos, Vasseur é o criador da equipe ART, importante em categorias-satélite. Apesar de hoje na F1, Vasseur só chegou a realmente trabalhar no Mundial em 2015. Mesmo agora como o homem forte da Sauber e arquiteto do acordo com a Alfa Romeo, Vasseur pretende seguir observando jovens.
 
"Eu tenho trabalhado com jovens pilotos durante quase 20 anos. Estou planejando uma academia de jovens na Sauber, provavelmente para 2019, mas precisa haver um talento de verdade, como Charles Leclerc", disse em entrevista dada à revista francesa 'Auto Hebdo'.
 
Também foi de Vasseur a decisão de renovar o contrato com Marcus Ericsson em detrimento de Pascal Wehrlein apesar de o sueco não marcar pontos há dois anos. Segundo Vasseur, o desempenho de Ericsson melhorou muito na segunda metade de 2017.
Frédéric Vasseur (Foto: Sauber)

"Ericsson não teve bom equipamento e teve oportunidades limitadas, mas esteve em grande nível nas últimas dez corridas. Melhorou muito, é um piloto de equipe e nos dá um bom feedback. Estará no primeiro teste de Barcelona, nos próximos dias chegarão novas peças [para o carro] e então tudo começará. Como todas as equipes nós trabalharemos até o último momento", afirmou.
 
Já o companheiro de Ericsson, Charles Leclerc, comemorou a chance de boter desfrutar de uma participação com a lendária Alfa Romeo na F1, mas fez questão de afirmar que é piloto da Sauber.
 
"Há muita gente que tem me dito que vou correr com a Alfa em vez da Sauber, mas é apenas a fortaleza de um grande nome - e ser parte de uma equipe com alma italiana é genial. Será complicado igualar o que fiz na F2, aquilo tudo foi perfeito do ponto de vista pessoal e coletivo. Agora tudo muda, a F1 é muito diferente de qualquer outra coisa. Há muita pressão, mas não além da conta", encerrou.
 
A pré-temporada da F1 começa na próxima segunda-feira, 26 de fevereiro.

Últimas Notícias
segunda-feira, 18 de junho de 2018
Endurance
Outras
MotoGP
MotoGP
MotoGP
F1
MotoGP
Endurance
F1
F1
F1
F1
F1
domingo, 17 de junho de 2018
MotoGP
Endurance
Galerias de Imagens
Facebook