F1
28/11/2017 08:00

Com bandeirão na arquibancada e apoio de Rosberg, Kubica fecha manhã de testes da F1 em Abu Dhabi em 7º. Räikkönen lidera

Grande estrela da sessão de testes coletivos que a F1 promove a partir desta terça-feira (28) em Yas Marina, Robert Kubica foi o sétimo mais rápido dentre os 11 pilotos na pista na primeira parte da sessão depois de ter ultrapassado a marca de 70 voltas. O polonês, que pilotou o Williams FW40, que até o último domingo foi de Felipe Massa, vai dar lugar a Lance Stroll à tarde. O melhor tempo do período foi registrado pela Ferrari de Kimi Räikkönen
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Em conjunto com a F1, a Pirelli promove a habitual sessão de testes coletivos pós-temporada a partir desta terça-feira (28) em Abu Dhabi, palco do último GP do campeonato. Na pista em Yas Marina, destaque para a presença de Lewis Hamilton, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg. Mas o centro das atenções é, sem dúvidas, Robert Kubica. O polonês, que conforme informa o Diário Motorsport e o GRANDE PRÊMIO, vai ser o substituto de Felipe Massa na Williams no ano que vem, completou suas primeiras voltas a bordo do FW40, que foi do brasileiro até o último domingo. 
 
Com direito a bandeirão na arquibancada e o apoio do seu empresário e campeão do mundo, Nico Rosberg, o polonês de 32 anos completou 72 voltas nesta manhã para terminar na sétima posição. Räikkönen colocou a Ferrari na ponta ao cravar sua melhor volta, 1min37s768, com pneus hipermacios, uma das novidades da Pirelli para a próxima temporada.
Robert Kubica deixa os boxes de Abu Dhabi para mais um stint (Foto: Sky Sports/Twitter)
No primeiro período do teste nesta terça-feira, antes do almoço, Kubica cumpriu com a programação feita pela Williams. Não houve simulação de corrida, mas sim pequenos stints de seis voltas cada. Na hora final antes da pausa para o almoço, o piloto foi além e cumpriu um stint maior, de 13 voltas, com tanque cheio. Na sequência, outro stint mais longo, de 12 voltas, com seus tempos variando entre 1min44s5 e 1min45s5. Na sua melhor passagem no geral, o polonês registrou 1min41s296 para finalizar a manhã na sexta posição na esteira de 58 voltas.

Kubica não deve voltar à tarde, uma vez que o cronograma estabelecido pela equipe diz que Lance Stroll vai assumir o FW40 para o fim dos trabalhos do dia. Seu retorno está previsto para a quarta-feira, quando vai compartilhar o FW40 com o russo Sergey Sirotkin, que foi piloto de testes da Renault nos últimos anos.
Räikkönen fez o melhor tempo da manhã com pneus hipermacios, novidade para 2018 (Foto: Pirelli Motorsport)
Em termos de tempos, Räikkönen sobrou ao marcar 1min37s768. Contudo, os tempos não são tão significativos porque cada equipe trabalha com uma programação diferente, seja quanto aos distintos tipos de pneus como também nas simulações com tanque cheio ou mais vazio. Tanto que o segundo colocado pela manhã, por exemplo, foi Romain Grosjean, da Haas, que foi seguido pela Renault de Nico Hülkenberg.
 

Daniel Ricciardo, no fim da sessão, marcou 1min39s911 para subir à quarta posição. Só então apareceu o tetracampeão do mundo, Lewis Hamilton, em seu último trabalho de pista no ano com a Mercedes. Quinto, o britânico ficou 2s249 atrás de Kimi e à frente de Nikita Mazepin. O jovem russo, um dos pilotos de desenvolvimento da Force India, superou Kubica minutos antes da pausa para o almoço. O polaco, por sua vez, marcou tempo 3s528 mais lento em relação ao piloto finlandês da Ferrari.
Bandeirão na arquibancada saúda Robert Kubica em Abu Dhabi (Foto: Lawrence Barretto/Twitter)
Com pouco mais de uma hora e meia de sessão, Fernando Alonso perdeu o controle da sua McLaren e bateu no setor 3 da pista de Abu Dhabi. O espanhol escapou sem problemas, mas o carro sofreu avarias na asa dianteira e, desde então, ficou quase três horas nos boxes antes de retomar os trabalhos de pista. Em sua melhor volta, Fernando marcou 1min41s386, ficando em oitavo.

Para Alonso, também trata-se do seu último dia de atividade de pista com o McLaren-Honda neste ano. Nesta quarta-feira, o espanhol dá lugar ao outro titular da equipe britânica, Stoffel Vandoorne, que vai compartilhar o volante do MCL32 com o britânico Oliver Turvey, piloto de testes da McLaren.

F1 2017, testes coletivos, Abu Dhabi, dia 1, manhã: 

1   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:37.768   48
2   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:39.270 +1.502 52
3   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:39.803 +2.035 51
4   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:39.911 +2.143 58
5   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:40.017 +2.249 54
6   35 Nikita MAZEPIN RUS Force India Mercedes 1:40.890 +3.122 51
7   40 Robert KUBICA POL Williams Mercedes 1:41.296 +3.528 72
8   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Honda 1:41.386 +3.618 24
9   47 Oliver TURVEY ING McLaren Honda 1:41.914 +4.146 85
10   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:43.286 +5.518 49
11   38 Sean GELAEL IDN Toro Rosso Renault 1:45.622 +7.854 60

 
“CHORAVA COMO UM BEBÊ”

FÉLIX DA COSTA REVELA TRISTEZA APÓS PERDER CHANCE NA F1


Últimas Notícias
segunda-feira, 25 de junho de 2018
F1
Nascar
Motociclismo
F1
F2
F1
F1
domingo, 24 de junho de 2018
F1
Indy
Indy
F1
Indy
F1
F1
F3
Galerias de Imagens
Facebook