F1
26/10/2017 09:03

De olho na Williams, Wehrlein fala em “novas informações” sobre futuro na F1 após fim de semana nos EUA

O antes descartado Pascal Wehrlein volta a sonhar com a permanência no grid da F1. O alemão briga por vaga na Williams e, apesar de não ter nada garantido, recebeu “novas informações” sobre o futuro
Warm Up / Redação GP,  de Porto Alegre
 Pascal Wehrlein (Foto: Sauber)

Pascal Wehrlein parecia uma carta fora do baralho após as informações de que a Sauber vai funcionar como uma espécie de equipe júnior da Ferrari em 2018. Apoiado pela Mercedes, parecia que Wehrlein teria dificuldades de seguir no grid da F1 – até que a Williams surgiu como alternativa. E, para alegria do alemão, os últimos dias contaram com “novas informações” sobre a briga por vagas.
 
“Não havia nenhuma notícia até semana passada, mas talvez tenham aparecido novas informações nesse fim de semana, então vamos ver”, disse Wehrlein, questionado pelo ‘Motorsport.com’. “Meu plano é falar com o Frédéric [Vasseur] e o Toto [Wolff] nos próximos dias”, seguiu, citando os chefes de Sauber e Mercedes.
 
Em teoria, Wehrlein nem teria como brigar por vaga na Williams – a equipe tinha como prioridade a busca por um piloto com pelo menos 25 anos de idade para agradar a Martini, patrocinadora principal. Mas a própria escuderia já parece ignorar tal questão, colocando Pascal – hoje com 23 – na lista de candidatos.
Pascal Wehrlein busca a permanência no grid da F1 (Foto: Sauber)

Na briga pela Williams, Wehrlein enfrenta concorrência pesada. Felipe Massa, Robert Kubica e Paul Di Resta acompanham o alemão na disputa.
 
Mesmo que o negócio com a Williams não flua, Wehrlein ainda não descarta seguir na Sauber. “Eu falei com ele [Vasseur] no Japão e ele me disse que isso [ficar na Sauber] é uma opção para mim. Não sei até que ponto a Ferrari está envolvida. A briga é entre os pilotos da Ferrari, Marcus e eu”, comentou. Os pilotos da Ferrari são Charles Leclerc e Antonio Giovinazzi.
 
Wehrlein está em sua segunda temporada completa na F1 e é responsável por todos os 5 pontos que a Sauber somou em 2017. Pascal estreou em 2016 pela Manor, onde conseguiu a proeza de pontuar no GP da Áustria.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do México neste fim de semana.
 
VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?