F1
17/10/2017 08:40

Em “uma das melhores pistas novas”, Massa mira boa corrida e diversão em fim de semana no Texas

Felipe Massa destacou as características da cidade de Austin, palco do GP dos Estados Unidos neste fim de semana. O brasileiro gosta da receptividade do povo texano e quer se divertir, além de voltar a fazer uma boa corrida na fase final da temporada 2017 da F1
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Felipe Massa está de volta ao Circuito das Américas para a disputa da 17ª etapa da temporada 2017 do Mundial de F1. O brasileiro, que tem dois quarto lugares como melhor resultado em Austin (em 2012 e 2014), aprecia muito a capital do Texas: “Um lugar que eu gosto de correr e visitar”, afirmou o veterano de 36 anos na prévia divulgada pela Williams nesta terça-feira.
 
Massa, que ainda tem seu futuro indefinido para 2018 na Williams e, consequentemente, na F1, também destacou o circuito de Austin. Bastante seletivo, o traçado conta com 5.513 m de extensão, 20 curvas e uma longa reta, de mais de 1 km. Percorrida em sentido anti-horário, a pista tem curvas de alta e baixa velocidades, chamando a atenção o primeiro trecho, percorrido em subida íngreme.
 
“Definitivamente, diria que Austin é uma das melhores pistas novas no calendário. Claro, prefiro Suzuka e Spa, mas Austin é uma ótima pista para correr. É uma bela cidade, com uns belos bifes, então sempre gosto de ir para lá”, comentou Felipe.
Felipe Massa busca se divertir no Texas e também fazer uma boa corrida neste fim de semana (Foto: Williams)
“É um lugar em que gosto de correr, gosto de visitar e acho que que as pessoas são bacanas. Você vê as pessoas na cidade, se divertindo, é legal ver isso. Estou muito ansioso por ter uma boa corrida lá e me divertir no Texas”, acrescentou o piloto do carro #19.
 

Diretor-técnico da Williams, Paddy Lowe enxerga o Circuito das Américas bastante desafiador por conta das suas características. “O Circuito das Américas tem um desenho espetacular e isso proporcionou algumas corridas fantásticas em sua curta história. Compreende algumas sequências muito desafiadoras, e é um bom teste como um todo em termos de aerodinâmica, unidade de potência, suspensão e, claro, o piloto”, explicou o engenheiro.
 
“Mostramos melhor performance durante as duas últimas corridas e esperamos que este padrão continue na corrida deste fim de semana. Nossa ambição, como sempre, é marcar pontos com os dois pilotos, e acho que essa é uma meta realista”, complementou Lowe.
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA
 

Últimas Notícias
terça-feira, 16 de janeiro de 2018
F1
Rali
Rali
F1
Rali
Indy
F1
F1
Indy
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook