F1
11/06/2016 18:08

Hamilton confirma favoritismo, vence duelo com Rosberg e crava pole-position do GP do Canadá

A pole-position do GP do Canadá ficou com Lewis Hamilton. Deixando para trás toda a perspectiva de equilíbrio para o treino classificatório, o tricampeão fez uma volta arrasadora no Q2 e confirmou a boa forma com o melhor tempo na fase decisiva da sessão, partindo para a corrida como grande favorito
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

É de Lewis Hamilton a pole-position do GP do Canadá de F1. O tricampeão do mundo, dono do melhor retrospecto em Montreal dentre os pilotos em atividade na categoria, confirmou porque é o rei no circuito Gilles Villeneuve. Depois de 'esconder o jogo' no terceiro treino livre e dar a impressão de que o classificatório poderia ser marcado por um grande equilíbrio, Hamilton mostrou que está mesmo determinado em reagir e colocar mais pressão em cima de Nico Rosberg na luta pelo título. Com uma volta arrasadora, em 1min12s812, Lewis garantiu sua pole 53 na carreira, abrindo a corrida como grande favorito à vitória.

Rosberg teve de se contentar com o segundo lugar no grid. Nico chegou perto, muito perto de Hamilton, exatos 0s062. Mas não resistiu à melhor performance do adversário. Ainda assim, o alemão entra em Montreal com grandes chances até de vitória, dependendo de como forem as primeiras voltas da corrida no circuito Gilles Villeneuve.

Sebastian Vettel, comprovando a melhora da Ferrari no Canadá, garantiu o terceiro melhor tempo em Montreal. O alemão anotou 1min12s990 e vai partir ao lado de Daniel Ricciardo, da Red Bull. Também da Red Bull, Max Verstappen larga em quinto, tendo ao seu lado na terceira fila Kimi Räikkönen. Valtteri Bottas e Felipe Massa completam uma quarta fila toda da Williams no Canadá, enquanto Nico Hülkenberg, da Force India, e Fernando Alonso, da McLaren, fecham o top-10. Felipe Nasr largaria em 19º, mas subiu para 18º no grid em razão de uma punição imposta a Carlos Sainz, já que a Toro Rosso decidiu trocar o câmbio do seu carro após a classificação.
Lewis Hamilton vai largar na pole-position do GP do Canadá de F1 (Foto: Getty Images)

Saiba como foi o treino classificatório do GP do Canadá de F1

Depois do enorme equilíbrio que foi a sessão no sábado pela manhã, com Ferrari, Red Bull e Mercedes separadas por 0s5, o treino classificatório em Montreal começou com expectativa de grande emoção, mas sem a presença de Kevin Magnussen. Na esteira do acidente sofrido no fim do terceiro treino livre, a Renault optou por trocar o chassi do dinamarquês, que vai abrir o GP do Canadá largando do pit-lane.

E a sessão começava sem chuva. Mas o clima estava bastante nublado, com vários espectadores nas arquibancadas se preparando para um possível aguaceiro nos minutos seguintes em Montreal. Até mesmo por isso, as equipes logo liberaram os pilotos no começo do treino para aproveitar o máximo de tempo de classificação com pista seca. No fim das contas, os minutos que estavam por vir eram mesmo imprevisíveis.

Equilíbrio entre 'trio de ferro' marca Q1; Nasr é eliminado

Nos minutos iniciais, os pilotos logo se apressaram para fazer as primeiras voltas rápidas, com a maioria deles — exceção feita à dupla da Force India —, saindo dos boxes com pneus ultramacios. No começo da sessão, Rosberg tomou a ponta do Q1 para anotar 1min14s001. O equilíbrio se fazia presente com Vettel em segundo e Hamilton em terceiro. A melhor Red Bull era a de Daniel Ricciardo, que estava em quarto lugar.
Fila na saída dos boxes em Montreal no Q1 (Foto: Twitter/F1)
Em seguida, Rosberg melhorou ainda mais para fazer 1min13s714, então a melhor marca do fim de semana e volta suficiente para garantí-lo no Q2. Assim como Hamilton, Nico recolhia sua Mercedes para os boxes. Por outro lado, os pilotos do pelotão intermediário buscavam seguir na classificação ao mesmo tempo em que algumas gotas de água começavam a aparecer em Montreal.

Massa aparecia em décimo lugar, 1s101 atrás do tempo de Rosberg, e também parecia garantido no Q2. Por outro lado, Felipe Nasr não teria a mesma sorte, o que já era até esperado. O brasileiro tentou, como também tentaram Jolyon Palmer, cada vez mais em xeque por sua performance pífia com a Renault, e Daniil Kvyat, da Toro Rosso. Outros ameaçados eram Marcus Ericsson, da Sauber, além de Pascal Wehrlein e Rio Haryanto, da Manor. Romain Grosjean e Esteban Gutiérrez, da Haas, também estavam com a 'corda no pescoço'.

Haryanto ficou pelo caminho ao tocar a roda no muro da saída da curva 4, ficando com o pneu furado. O indonésio acabou sendo eliminado, além de Palmer e Wehrlein. O alemão da Manor ficou à frente das Sauber de Ericsson e Nasr. O brasiliense largaria em 19º, beneficiado pela punição imposta a Ericsson por ter acertado Felipe no GP de Mônaco, mas ganharia uma posição pouco depois.

Hamilton faz volta avassaladora, mas Rosberg fica perto

Com exceção das duplas de Ferrari e McLaren, que estavam à espera de uma pista mais vazia no início do Q2, os outros 12 pilotos da sessão aceleravam, todos com pneus ultramacios. Coube a Daniil Kvyat anotar o primeiro tempo deste segmento, com 1min14s639. Mas foi a outra Toro Rosso, a de Carlos Sainz, quem apareceu com destaque no Q2. Mas foi um destaque negativo. 



O espanhol perdeu o controle do STR11 na saída da chicane e bateu de leve seu carro no Muro dos Campeões, se arrastando na grama. Foi o bastante para a direção de prova acionar a bandeira vermelha e interromper o treino em Montreal. A Toro Rosso, após a classificação, optou por trocar o câmbio do carro de Sainz, que perdeu cinco posições no grid e vai largar em 20º.

A sessão foi retomada minutos depois. E aí McLaren e Williams liberaram seus carros para a pista, todos com os ultramacios. Restavam pouco mais de dez minutos para o fim do Q2. E foi justamente a Williams que tomou a ponta, ainda que de forma provisória. Massa subiu para a ponta com 1min14s130, 0s026 mais rápido que Valtteri Bottas, o segundo colocado.

O tempo foi logo destruído, de longe, por Hamilton, que cravou uma marca arrasadora: 1min13s076. Rosberg veio em seguida e até chegou perto, bem perto, aliás, fazendo sua volta apenas 0s018 mais lento em relação ao seu companheiro de Mercedes. Os tempos eram bons demais, nem era preciso que seus pilotos continuassem na pista.

Na sequência vieram as Red Bull. Daniel Ricciardo apareceu em terceiro ao anotar 1min13s540. Verstappen vinha em quarto, com 1min13s793, mas Bottas acelerou para fazer uma grande volta e superar o holandês por apenas 0s002. O finlandês parecia tranquilo, assim como Verstappen.

Já a Ferrari tinha lá seus problemas para encontrar o aquecimento ideal dos pneus, por isso tinha de fazer mais tentativas que Mercedes e Red Bull para buscar bons tempos. Räikkönen tinha o sexto melhor tempo, seguido por Vettel, enquanto Massa aparecia em oitavo lugar. Hülkenberg e Kvyat fechavam o top-10 provisório. O desafio maior era para Sergio Pérez, Jenson Button, Fernando Alonso, Gutiérrez e Grosjean em tentar o avanço para o Q3.

Depois de voltas seguidas e um bom aquecimento dos pneus, Alonso garantiu, pela terceira vez seguida, uma vaga no Q3. O espanhol acabou em décimo, conseguindo superar Pérez na bandeirada final. O mexicano acabou sendo eliminado, assim como Button, Kvyat — também punido em três posições no grid por incidente em Mônaco, Gutiérrez e Grosjean.

Mercedes protagoniza batalha pela pole em Montreal; Hamilton leva a melhor

Diante de uma Montreal em que os pilotos tinham toda a dificuldade para marcar bons tempos e encontrar o aquecimento ideal dos pneus, os pilotos foram logo à pista para completar uma sequência de voltas no Q3 em Montreal. E logo de cara, Hamilton destruiu os rivais ao cravar 1min12s812. Uma volta espetacular para o tricampeão, mas que não lhe garntia por completo a pole no Canadá, já que Rosberg passou logo atrás com 1min12s874, apenas 0s062 atrás de Lewis. Verstappen vinha em terceiro, com Vettel em quarto e Ricciardo em quinto.

Nos minutos finais, os pilotos do Q3 buscaram uma última tentativa. Mas nem Hamilton, tampouco Rosberg, conseguiram melhorar. O britânico confirmou a pole com a volta arrasadora pouco antes. A Rosberg, restou o consolo de ver que não está tão atrás do rival. E Vettel, no apagar das luzes, garantiu o terceiro lugar no grid, mostrando que a Ferrari está de volta à briga, ao menos à frente da Red Bull em Montreal. Já na disputa taurina, Ricciardo conseguiu bater Verstappen para fechar a segunda fila do grid ao lado do ex-companheiro de equipe.

F1, GP do Canadá, Circuito Gilles Villeneuve, grid de largada:

1 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES   1:12.812   21
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES   1:12.874 +0.062 19
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI   1:12.990 +0.178 24
4 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER   1:13.166 +0.354 20
5 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER   1:13.414 +0.602 24
6 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI   1:13.579 +0.767 23
7 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES   1:13.670 +0.858 20
8 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES   1:13.769 +0.957 21
9 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES   1:13.952 +1.140 23
10 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA   1:14.338 +1.526 24
11 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES   1:14.317 +1.505 18
12 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA   1:14.437 +1.625 16
13 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI   1:14.571 +1.759 25
14 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI   1:14.803 +1.991 24
15 30 JOLYON PALMER ING RENAULT   1:15.459 +2.647 11
16 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI P+3 1:14.457 +1.645 16
17 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES   1:15.599 +2.787 9
18 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI   1:16.663 +3.851 9
19 88 RIO HARYANTO INA MANOR MERCEDES   1:17.052 +4.240 9
20 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI P+5 1:21.956 +9.144 11
21 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI P+3 1:15.635 +2.823 11
22 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN RENAULT PIT      
    TEMPO 107% TL3     1:17.909 +5.097  
                 
RECORDE RALF SCHUMACHER ALE WILLIAMS   1:12.275 12/06/2014  
MELHOR VOLTA RUBENS BARRICHELLO BRA FERRARI   1:13.622 13/06/2014  

PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR



Últimas Notícias
segunda-feira, 25 de junho de 2018
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F3
Superbike
F1
Mitsubishi
F1
Nascar
Motociclismo
F1
F2
F1
Galerias de Imagens
Facebook