F1
13/05/2018 12:03

Hamilton destaca primeira dobradinha da Mercedes em 2018 e comemora “sinergia com o carro” em Barcelona

Lewis Hamilton teve como única ameaça no GP da Espanha deste domingo (13) a estratégia diferente da Red Bull, ao qual a Mercedes se adequou e fez funcionar a nova ideia. Se em Baku o resultado veio sem desempenho, em Barcelona Hamilton foi o nome do dia
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
 Lewis Hamilton (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Lewis Hamilton dominou o GP da Espanha deste domingo (13). No Circuito da Catalunha, Hamilton largou bem e escapou assim que foi possível - após o safety-car pós-acidente causado por Romain Grosjean na primeira volta. A estratégia foi mudada para escapar da arapuca que a Red Bull armou, deu certo e garantiu a segunda vitória dele na temporada 2018.
 
Se a única pole havia sido na Austrália e a única vitória duas semanas atrás, no Azerbaijão, mas de maneira fortuita e após uma atuação apagada, Hamilton agora brilhou. Liderou TL2, TL3, anotou a pole-position e venceu com sobras. É líder do campeonato e pode sentir o merecimento que declarou ter faltado em Baku.
 
Hamilton não foi ameaçado até a metade da corrida. A estratégia era de duas paradas para a Mercedes, bem como a Ferrari. A Red Bull, entretanto, foi mantendo Max Verstappen e Daniel Ricciardo na pista mesmo com pneus macios. Ficou claro que iam para apenas uma parada e tinham chance de vencer a corrida.
 
Com Hamilton e Bottas, a Mercedes tinha pneus médios no segundo stint e resolveu mantê-los até o fim. A aposta se pagou: com sobras, Lewis foi embora.
Lewis Hamilton (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
"Eu não poderia ter feito nada sem essa equipe incrível. Esses caras fizeram um trabalho incrível, estou muito orgulhoso de todos", elogiou. "Hoje, tive uma sinergia com o carro que não havia sentido o ano inteiro. É uma boa sensação", seguiu.
 
"É nisso que vamos continuar a aplicar nosso trabalho: uma dobradinha para a Mercedes. Espero que possamos continuar assim", afirmou.
 
A F1 volta em duas semanas, em 27 de maio, com o GP de Mônaco. Sebastian Vettel venceu a prova numa dobradinha da Ferrari em 2017. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.