F1
10/06/2016 15:29

Hamilton supera Rosberg com folga e lidera primeiro treino livre no Canadá. Massa bate forte

Maior vencedor do GP do Canadá entre os pilotos em atividade, Lewis Hamilton não teve dificuldades para liderar o primeiro treino livre do fim de semana. O britânico assinalou 1min14s755 como melhor tempo desta manhã. Felipe Massa repetiu Mônaco e bateu forte na primeira sessão do fim de semana no circuito Gilles Villeneuve
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré


Lewis Hamilton parece mesmo determinado a consolidar sua reação depois da grande vitória no GP de Mônaco. O tricampeão do mundo começou com o pé direito o fim de semana do GP do Canadá e garantiu o melhor tempo do primeiro treino livre no circuito Gilles Villeneuve, na manhã desta sexta-feira (10). Fazendo uso dos pneus supermacios, o britânico cravou 1min14s755 como melhor marca da sessão matinal.

Lewis sobrou em relação aos rivais, sobretudo Nico Rosberg, seu companheiro de Mercedes e líder do campeonato. O alemão ficou em segundo e registrou 1min15s086, mas com pneus ultramacios. A terceira colocação ficou com Sebastian Vettel, com "uma nova Ferrari", segundo Maurizio Arrivabene. A diferença de Vettel em relação ao líder, contudo, não foi pequena: 0s488.

Max Verstappen garantiu o quarto lugar da sessão, sendo o melhor posicionado dentre os carros da Red Bull — Daniel Ricciardo foi só o 11º. Kimi Räikkönen foi o quinto, indicando uma Ferrari em melhor forma neste fim de semana em Montreal. Valtteri Bottas, com a Williams, terminou em sexto, à frente de Nico Hülkenberg, da Force India, e de Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso. O espanhol foi um dos bons nomes do treino. Sergio Pérez, pódio em Mônaco, foi o nono, enquanto Fernando Alonso completou o rol dos dez primeiros.

O destaque negativo da sessão ficou com Felipe Massa. O brasileiro até vinha bem na sessão, mas sofreu um acidente nos minutos iniciais do treino ao perder o controle da sua Williams quando fechou a asa móvel, rodar e bater forte a traseira do carro na barreira de pneus. Massa saiu andando normalmente do carro, mas seu treino se encerrava ali. Massa acabou em 14º. Já o compatriota Felipe Nasr, por sua vez, foi novamente discreto com a Sauber e terminou em 17º, mas foi melhor que os dois carros da Renault, além da dupla da Manor e de seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson.
Lewis Hamilton lidera o primeiro treino livre do GP do Canadá (Foto: Twitter)
Saiba como foi o primeiro treino livre do GP do Canadá de F1

Depois dos primeiros minutos, em que boa parte dos pilotos buscou realizar as primeiras voltas de instalação e checagem dos carros e da pista, Nico Rosberg anotou o primeiro tempo do fim de semana em Montreal ao cravar 1min30s434 usando pneus macios. Com exceção de Manor e McLaren, que estavam com os supermacios, todas as outras equipes usavam pneus amarelos. Fazia frio em Montreal, com a temperatura ambiente na casa dos 13ºC e 27ºC no asfalto.
Luz verde abre o primeiro treino livre do fim de semana no Circuito Gilles Villeneuve (Foto: Twitter/Reprodução)

Rosberg completou apenas uma 'volta rápida'  antes de voltar aos boxes. Neste tempo, as Manor foram à pista, mas apenas Rio Haryanto registrou marca: 1min23s056, enquanto Pascal Wehrlein regressou aos pits. Na sequência, Daniel Ricciardo foi à pista para abrir seu primeiro stint. E logo o australiano cravou 1min18s430 com o Red Bull RB12, usando pneus macios.

Naquele momento, ninguém arriscou sair com os ultramacios, pura questão de economia. Felipe Massa foi um dos primeiros a completar volta rápida com os supermacios e logo se colocou à frente de todos ao anotar 1min17s065. Em seguida, Max Verstappen superou Ricciardo em meros 0s012 para subir para segundo lugar. A posição, contudo, foi ocupada na sequência por Valtteri Bottas.

Mas Verstappen fez grande volta para se colocar na liderança com 1min16s997, usando os pneus macios. Com os supermacios, contudo, Kimi Räikkönen colocou a Ferrari na ponta com 1min16s138. Pouco depois, às 10h24 (horário local), Massa, na abertura de mais uma volta rápida, perdeu o controle do seu Williams ao desativar a asa móvel, rodou e bateu de traseira na barreira de pneus da curva 1, estampada com o logo da Heineken. De certa forma, o brasileiro repetiu Mônaco, quando bateu também no TL1. A direção de prova acionou a bandeira vermelha.
Momento do impacto da Williams de Massa na barreira de pneus estampada pela Heineken (Foto: Twitter/Reprodução)
A sessão foi retomada às 10h37 locais, 11h37 pelo horário de Brasília. Räikkönen liderava a sessão, seguido por Verstappen e Vettel. Massa, que não voltaria mais ao treino, estava em quarto, seguido por Bottas. Felipe Nasr era o nono dentre 14 carros que tinham marcado tempo.

Na sequência, Esteban Gutiérrez foi à pista com seu Haas usando pneus ultramacios, sendo o primeiro piloto a fazê-lo em Montreal. Mas quem fez bom tempo foi Carlos Sainz, que pulou para terceiro. Segundos depois, Bottas assumiu o segundo lugar, com uma performance aparentemente boa da Williams, mas Sainz deu o troco para superar o finlandês e colocar a Toro Rosso só atrás da Ferrari de Räikkönen.

Enquanto Hamilton aquecia seus pneus antes de abrir sua primeira volta rápida, Jenson Button registrava bom tempo com a McLaren: 1min16s788, subindo para quarto. Lewis estava com os supermacios, mas abortou sua volta. Quem não abortou foi Rosberg. Com pneus ultramacios, o alemão se colocou na ponta da tabela de tempos ao anotar 1min15s746. Mas Nico não ficaria na frente por muito tempo.
Fernando Alonso acena para a torcida em Montreal (Foto: Twitter/Reprodução)

Isso porque Hamilton conseguiu acertar sua segunda volta rápida. Com os supermacios, Lewis cravou 1min14s980 para subir para a liderança da sessão. Quem melhorava também era Verstappen, que pulou para segundo, 0s004 mais rápido que Rosberg, que vinha em terceiro. Räikkönen caía para quarto, enquanto Bottas fechava o rol dos cinco primeiros.

Rosberg subiu para segundo, conseguindo superar a marca de Verstappen. Mas Hamilton manteve sua sequência de voltas rápidas e cravou 1min14s755, tempo absoluto para se manter com autoridade na liderança do treino em Montreal. Minutos depois, Vettel fez bom tempo e avançou para terceiro, jogando Verstappen para quarto e Kimi para o fim do top-5.

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Canada (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.

Nos minutos finais, os pilotos e as equipes adotaram uma programação para avaliar os pneus, sobretudo os ultramacios e supermacios, em condições de corrida. Desta forma, houve poucas mudanças na tabela de tempo. Nos boxes da McLaren, Button teve um problema no motor Honda, causando um verdadeiro fumacê.

A registrar, pois, que Nasr foi o mais rápido dentre as equipes mais fracas da F1 na atualidade. O brasiliense conseguiu superar os dois carros da Manor e também a dupla da Renault, além do seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson, para fechar a sessão em 17º.

F1, GP do Canadá, Circuito Gilles Villeneuve, treino livre 1:

1 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:14,755   22
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:15,086 +0,331 30
3 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:15,243 +0,488 22
4 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:15,553 +0,798 29
5 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:15,618 +0,863 23
6 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:16,301 +1,546 30
7 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:16,464 +1,709 24
8 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI 1:16,543 +1,788 21
9 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:16,577 +1,822 25
10 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:16,663 +1,908 18
11 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:16,734 +1,979 28
12 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:16,788 +2,033 8
13 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:17,008 +2,253 22
14 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:17,065 +2,310 7
15 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI 1:17,310 +2,555 24
16 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI 1:17,319 +2,564 24
17 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:17,855 +3,100 21
18 88 RIO HARYANTO INA MANOR MERCEDES 1:18,103 +3,348 21
19 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:18,129 +3,374 8
20 20 KEVIN MAGNUSSEN DIN RENAULT 1:18,409 +3,654 13
21 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES 1:18,453 +3,698 30
22 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:18,583 +3,828 28
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR



Últimas Notícias
domingo, 24 de junho de 2018
F3
F1
F1
DTM
Outras
F1
F2
sábado, 23 de junho de 2018
F1
Indy
Indy
F2
Indy
Indy
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook