F1
29/06/2018 11:29

Hamilton termina sexta-feira como protagonista e lidera segundo treino livre equilibrado na Áustria

Assim como no primeiro treino livre, a segunda sessão desta sexta-feira (29) no Red Bull Ring teve a Mercedes como protagonista. Lewis Hamilton repetiu o domínio da manhã e foi o mais rápido à tarde, enquanto Valtteri Bottas foi o segundo. Desta vez, a Ferrari se colocou à frente da Red Bull com Sebastian Vettel. Já Fernando Alonso ficou novamente nas últimas posições
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Lewis Hamilton (Foto: AFP)

A Mercedes concluiu a sexta-feira (29) de treinos livres do GP da Áustria com nova dobradinha. Assim como aconteceu na sessão realizada no período da manhã, Lewis Hamilton foi o mais rápido nesta tarde no Red Bull Ring e marcou 1min04s579 com pneus macios em sua melhor volta. O tetracampeão do mundo foi seguido pelo seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, que estabeleceu 1min04s755, mas feito com os ultramacios. 

No entanto, apesar de as Flechas de Prata continuarem à frente, a sessão teve certo equilíbrio, sobretudo porque a Ferrari — leia-se, Sebastian Vettel — conseguiu andar mais perto desta vez. O alemão conseguiu andar à frente da Red Bull nesta tarde e terminou em terceiro, ficando apenas a 0s236 do tempo de Hamilton. O que mostra a Mercedes um degrau acima da rival, mas também indica uma boa possibilidade de melhora da equipe italiana.
Lewis Hamilton foi novamente o grande protagonista nesta sexta-feira de treinos livres da F1 na Áustria (Foto: AFP)
Daniel Ricciardo e Max Verstappen, da Red Bull, completaram o rol dos cinco primeiros, com o holandês, quinto colocado, ficando a 0s5 do líder da sessão. Destaque para a Haas, que voltou a andar bem e foi novamente a 'melhor do resto' com Romain Grosjean em sétimo e Kevin Magnussen em oitavo. Os dois viraram suas respectivas melhores voltas com diferença menor a 1s em relação a Hamilton.

Pierre Gasly enfrentou uma quebra na suspensão — que motivou a única bandeira vermelha do dia —, mas finalizou num bom nono lugar, enquanto Stoffel Vandoorne levou a McLaren ao top-10. Em contrapartida, Fernando Alonso teve problemas no assoalho do seu MCL33 e foi novamente mal, finalizando em penúltimo, apenas à frente de Lance Stroll.

A F1 volta a acelerar no Red Bull Ring na manhã deste sábado com o terceiro treino livre, a partir de 7h (horário de Brasília). Já a definição do grid de largada acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Áustria de F1

A única mudança no grid em relação ao primeiro treino foi a volta de Sergey Sirotkin, que foi substituído pelo reserva Robert Kubica pela manhã. O clima seguia bastante fechado e com 60% de risco de chuva às 15h (horário de Spielberg). Assim, logo os pilotos foram à pista para as últimas 90 horas de sessão nesta sexta-feira. Com cinco minutos de atividade, Fernando Alonso, que foi mal no primeiro treino, era o líder da tabela com 1min06s429. Já era um tempo melhor em relação à manhã.

Mas a liderança de Alonso durou apenas alguns segundos. Isso porque a Ferrari tomou a dianteira com seus dois carros, de Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel. A dupla usava pneus supermacios no primeiro trecho do treino, com o finlandês marcando 1min05s711. Logo, o 'Homem de Gelo' fez a melhor parcial nos dois primeiros setores para melhorar um pouco e virar em 1min05s466, também mais rápido em relação ao primeiro treino. Vettel, na sequência, tomava a liderança do companheiro de equipe ao ser 0s193 mais rápido.
Sebastian Vettel chegou a liderar o segundo treino nos seus minutos iniciais (Foto: AFP)
Enquanto Red Bull e Mercedes ainda não tinham voltas rápidas, Stoffel Vandoorne e Pierre Gasly chegaram a figurar no top-3 e Charles Leclerc voltava a andar bem e aparecia em quinto.  A Ferrari continuava na frente e tinha Vettel com ritmo muito forte em volta lançada, tanto que o tetracampeão reforçava a liderança com 1min04s949. A Red Bull começava a aparecer com Daniel Ricciardo em terceiro, enquanto os favoritos Valtteri Bottas e Lewis Hamilton deixavam os boxes.

Logo na sua primeira volta, Hamilton já marcou o segundo tempo com 1min05s035. E com pneus macios, o que refletia a grande força da Mercedes na Áustria. Em seguida, o tetracampeão já ocupava a liderança com o melhor tempo do fim de semana até então: 1min04s579. Vettel vinha em segundo, com Bottas, Ricciardo e Verstappen fechando o top-5 de momento. Minutos depois, Bottas completava a esperada dobradinha da Mercedes ao superar o tempo de Vettel. Isso com um terço de treino já percorrido em Spielberg. E Alonso, de volta aos boxes, tinha seu carro no cavalete por conta de problemas no assoalho.
Romain Grosjean teve um bom desempenho nesta sexta-feira de treinos livres (Foto: Haas)
Após uma breve pausa nos trabalhos, Vettel voltou à pista para seu stint com os pneus ultramacios. Na primeira volta, o alemão ficou a 0s236 atrás da marca de Hamilton. Já a segunda volta foi interrompida por uma bandeira vermelha. Pierre Gasly viu a suspensão dianteira esquerda quebrada após um toque na zebra e encostou sua Toro Rosso na caixa de brita da última curva do circuito, o que levou a direção de prova a paralisar os trabalhos de pista. Como é regra nos treinos livres, a contagem regressiva de treino continuou normalmente mesmo em bandeira vermelha.

O treino foi retomado após cinco minutos de interrupção. As Mercedes voltaram logo à pista com os pneus ultramacios alternando voltas mais rápidas com simulações de corrida. Ferrari, Red Bull e as demais equipes seguiam a mesma programação. Mas a ordem dos tempos entre os primeiros colocados se manteve: Mercedes na ponta, desta vez Ferrari à frente da Red Bull e Alonso novamente no fim da tabela.

Nos minutos finais, apenas um incidente, que chamou a atenção justamente por não ser nada inédito: a Haas chegou a liberar Magnussen para mais um stint de voltas rápidas, mas apertou mal a porca da roda dianteira esquerda. Logo a equipe pediu para o dinamarquês parar no pit-lane, recolhendo o carro #20 de volta para a garagem. Logo depois, a bandeira quadriculada determinou o fim da sessão.

F1 2018, GP da Áustria, Red Bull Ring, treino livre 2:

1   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:04.579  
2   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:04.755 +0.176
3   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:04.815 +0.236
4   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:05.031 +0.452
5   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:05.125 +0.546
6   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:05.265 +0.686
7   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:05.429 +0.850
8   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:05.559 +0.980
9   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda 1:05.758 +1.179
10   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault 1:05.930 +1.351
11   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault 1:05.999 +1.420
12   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari 1:06.096 +1.517
13   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:06.133 +1.554
14   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:06.199 +1.620
15   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:06.273 +1.694
16   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes 1:06.326 +1.747
17   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda 1:06.332 +1.753
18   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:06.354 +1.775
19   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault 1:06.429 +1.850
20   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:06.626 +2.047
          Tempo 107% 1:09.100 +4.521



LISTRAS LISÉRGICAS

COM CHICANE E CORES POLÊMICAS, PAUL RICARD DIVIDE OPINIÕES