F1
26/10/2017 19:30

"Muito feliz com campeonato", Massa se vê "preparado para qualquer coisa". Só não quer esperar até Abu Dhabi

Prestes a definir seu futuro na Williams e na própria F1, Felipe Massa se diz pronto para o que vier. No fim de semana do GP do México, o brasileiro deixou claro que espera o quanto antes que a equipe britânica mostre o interesse na sua permanência para que então possa planejar melhor o que vai fazer na sequência da sua carreira nas pistas. O piloto também criticou a abordagem da imprensa sobre sua performance: “Às vezes, vocês olham o resultado só para a pontuação”
Warm Up, do Hermanos Rodríguez
EVELYN GUIMARÃES, do Hermanos Rodríguez
FERNANDO SILVA, de Sumaré

A definição sobre o futuro de Felipe Massa na Williams e na própria F1 como um todo se aproxima. É questão de tempo pra que a equipe britânica, onde o brasileiro corre desde a temporada 2014, anuncie seus planos para a próxima temporada do Mundial. O interesse de Felipe é claro: sua vontade é continuar, mas desde que seja em um time que o queira e o respeite. O recado do veterano também é certeiro. Não quer que a novela se arraste até a última prova do ano, marcada para Abu Dhabi no último fim de semana de novembro. Antes que o veredito de Grove torne-se público, Massa não esconde que está bastante satisfeito com sua forma no campeonato. Mas também evidencia que não está tão feliz assim com a abordagem da imprensa a respeito da sua performance.

Nesta quinta-feira (26) no Autódromo Hermanos Rodríguez, palco do GP do México neste fim de semana, Massa reiterou que quer logo um posicionamento da Williams a respeito da sua permanência ou não na equipe para a próxima temporada. Felipe concorre com Robert Kubica, Paul di Resta e, por último, Pascal Wehrlein, que apareceu no rol dos candidatos a uma vaga na próxima temporada.
 
“Penso em tudo. Acho que quero entender da equipe se há algum interesse. Não é anúncio, nem nada, é entender o interesse da equipe. Acho que não vou esperar até Abu Dhabi para saber. Sem dúvida, a conversa com a equipe está sendo para saber o máximo possível", disse Felipe ao GRANDE PRÊMIO. Pensamentos dentro da minha cabeça, sem dúvida, tem muitos. Estou preparado para qualquer coisa, como já estava preparado para parar no ano passado”, sublinhou o paulista de 36 anos.

Veja aqui todas as edições do 'GP às 10' com os comentários sobre a equipe do GRANDE PRÊMIO a respeito de Massa e outros temas.
Felipe Massa quer definir logo seu futuro na F1 (Foto: Williams)
“Estou preparado para continuar porque gosto do que faço e estou me sentindo bem”, reforçou Massa. Dono de 36 pontos no Mundial de Pilotos, Felipe ocupa a décima colocação. O veterano considera que, diante das condições que enfrentou e enfrenta ao longo do ano, como a falta de desenvolvimento do carro e os revezes em corridas em que poderia ter ido muito melhor, teria chance de estar mais acima na pontuação. “Estou fazendo um bom trabalho”, resumiu.
 
Questionado sobre sua performance na temporada, Massa criticou a abordagem que o GP tem feito sobre seus resultados e reforçou que se sente feliz com seu desempenho geral ao longo do campeonato. “Mesmo que a gente leia bobeiras e pessoas que não tenham a menor ideia do que estão falando, estou preparado para qualquer coisa", disse. "Estou super tranquilo, sei o que eu posso trazer, independente da minha pontuação. Fiz um ano muito bom, independente da minha pontuação. Às vezes vocês olham o resultado só para a pontuação, mas não olham a diferença na classificação, não olham."
Felipe Massa disse que está muito feliz com seu trabalho em 2017 na F1 (Foto: Xavier Bonilla/Grande Prêmio)
Ele listou algumas provas no ano. "A corrida de Abu Dhabi [a referência era, na verdade, a Baku], até poderia ter vencido, não foi culpa sua que não aconteceu. A corrida da Rússia, teve um problema no pneu, estava em sexto, 18s à frente do sétimo, e teve de parar nos boxes de novo; na corrida de Barcelona, ele fez uma largada incrível, o Alonso encostou na roda dele, furou o pneu, poderia ter chegado em quarto, com o ritmo que tinha para isso. Isso a imprensa não vê, mas não cabe a mim dizer, mas, sim, que estou feliz com meu campeonato, muito feliz com meu campeonato, com o jeito que estou guiando, e isso me dá a oportunidade de continuar”, complementou.
 

Por fim, Massa reforçou suas condições para continuar na Williams e na F1. “Agora, só se eu tiver uma equipe que me queira e que me respeite do jeito que eu quero. Senão, estou feliz em parar e feliz em continuar minha carreira pela frente em outros lados e minha vida em outros lados”, encerrou Felipe, ansioso para saber qual será seu destino tão logo se encerre a temporada 2017 da F1.
 
VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?
 

Últimas Notícias
domingo, 24 de junho de 2018
F1
Indy
Indy
F1
Indy
F1
F1
F3
Indy
F1
F1
F1
F1
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook