F1
20/12/2013 16:29

Novo diretor-técnico da Ferrari destaca construção de chassi e motor próprio: “É uma boa vantagem”

Oriundo da Lotus, James Allison apontou importância de construir novos propulsores turbo V6 em conjunto com novo carro: “Outras equipes não podem fazer o mesmo e, no próximo ano, como nunca antes, a instalação será uma operação complexa”, afirmou o britânico
Warm Up
Redação GP, de Guarulhos
 
James Allison, novo diretor-técnico da Ferrari, aponta a independência da equipe na fabricação do novo motor turbo V6 e do novo chassi como fator determinante para que o time tenha vantagem sobre seus rivais na temporada 2014 da F1.
 
Oriundo da Lotus, o britânico vê como trunfo a sincronia na construção de motor e carro em um momento no qual todas as escuderias se preparam para a implantação de um sistema completamente novo de propulsores, turbocompressores e Kers.
James Allison conversa com Fernando Alonso na sede da Ferrari (Foto: Ferrari)
"Ser capaz de construir o motor e os chassis em conjunto é, definitivamente, uma boa vantagem para a Ferrari", afirmou Allison nesta sexta-feira (20), durante coletiva da Ferrari. "Outras equipes não podem fazer o mesmo e, no próximo ano, como nunca antes, a instalação do novo motor no chassi do carro será uma operação complexa."
 
"Tenho experiência direta de minha época na Lotus: é verdade que o fornecedor de motores tenta atender às suas demandas, mas nunca será a mesma coisa do que acontece aqui, onde há uma cultura histórica relacionada a uma tarefa comum de definição, de desenvolver o desenho do carro novo", encerou o novo diretor-técnico do time italiano.
 
Últimas Notícias
quarta-feira, 22 de outubro de 2014
Mitsubishi
F1
F1
F1
F1
Mitsubishi
Endurance
F1
F1
F1
F1
MotoGP
MotoGP
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook