F1
26/05/2018 11:00

Ricciardo confirma favoritismo da Red Bull e volta a marcar pole-position em Mônaco. E Verstappen larga em último

Há pouco mais de dois anos, Daniel Ricciardo conquistava em Mônaco a primeira pole da carreira. Agora, neste sábado, o australiano repetiu a façanha na esteira de um fim de semana dominante da Red Bull. Que só não foi melhor por conta do acidente sofrido por Max Verstappen no TL3. O holandês não fez a classificação e vai largar em último
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Daniel Ricciardo confirmou o favoritismo exibido pela Red Bull desde o começo do fim de semana em Mônaco e garantiu, pela segunda vez na carreira, a pole-position no Principado. Na tarde deste sábado (26), o australiano se mostrou o mais rápido nos três segmentos da sessão classificatória e não deu chances a ninguém com uma performance absolutamente avassaladora e com direito a novo recorde da pista: 1min10s810. Um grande fim de semana até agora para a Red Bull, que faz seu 250º GP na F1 em Monte Carlo.

O domínio taurino só não foi ainda mais amplo porque Max Verstappen não conseguiu sair dos boxes em razão das muitas avarias no seu carro por conta da batida no TL3. A Red Bull providenciou a troca de câmbio e o holandês, de qualquer forma, vai largar na última posição na sexta etapa da temporada 2018. Verstappen perdeu uma enorme chance de largar na frente e brigar pela vitória em Mônaco. Assim, Ricciardo tem a chance de, dois anos depois, recuperar a vitória que foi perdida depois de ter largado na frente, mas sofrer com um erro da Red Bull durante o pit-stop.

Sebastian Vettel vai dividir a primeira fila com Riciardo neste domingo, enquanto Lewis Hamilton e Kimi Räikkönen vão largar logo atrás. Valtteri Bottas vai partir da quinta posição e vai ter Esteban Ocon, da Force India, ao seu lado. Fernando Alonso e Carlos Sainz completam a quarta fila toda espanhola, enquanto Sergio Pérez e Pierre Gasly fecham o rol dos dez primeiros do grid de largada monegasco.

O GP de Mônaco está marcado para 10h10 (horário de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
Daniel Ricciardo marcou sua segunda pole-position em Mônaco. Também foi a segunda pole da carreira na F1 (Foto: Red Bull Content Pool)
Saiba como foi o treino classificatório do GP de Mônaco de F1

Antes mesmo da abertura da classificação, Max Verstappen teve uma notícia não muito boa. Por conta da batida no terceiro treino, a Red Bull teve de trocar o câmbio do carro #33, e o holandês perdeu cinco posições no grid em Mônaco. Mesmo com todo o trabalho feito pelos mecânicos, não houve tempo para o jovem piloto sequer ir à pista no Q1, tendo a certeza de que vai largar em último lugar. Assim, Daniel Ricciardo despontava como grande favorito à pole-position.

Logo nos primeiros minutos do Q1, Ricciardo mostrou toda a força da Red Bull. Mesmo contando com o tráfego intenso na pista com as Renault de Carlos Sainz e Nico Hülkenberg, o australiano conseguiu superar a Ferrari de Vettel para tomar a ponta provisória com 1min12s769. Nas voltas seguintes, o treino viu dusa boas surpresas: Fernando Alonso em primeiro e Sergey Sirotkin em segundo, enfiando quase 1s de frente para Lance Stroll, seu companheiro de Williams. Até Ricciardo retomar a liderança com 1min12s013.
Verstappen não conseguiu voltar à pista para fazer o Q1 nesta tarde (Foto: Reprodução)
Com cinco minutos para o fim do Q1, Ricciardo tinha enormes 0s4 de vantagem para o segundo colocado, Vettel, enquanto Lewis Hamilton vinha em terceiro, com Kimi Räikkönen em quarto e Alonso fechando o rol dos cinco primeiros.

Quem chegou a ser ameaçado de eliminação logo na primeira parte do treino foi Valtteri Bottas, que só conseguiu encaixar uma volta decente nos minutos finais, garantindo o terceiro tempo, logo à frente de Hamilton. Stoffel Vandoorne marcou um belo tempo e se colocou em quinto, seguido por Räikkönen e Alonso. Sirotkin continuava surpreendendo e tinha o oitavo posto, à frente de outra bela surpresa, Charles Leclerc. Em contrapartida, Brendon Hartley, que fez um belo terceiro treino, não conseguiu repetir a performance nesta tarde e foi eliminado, assim como Marcus Ericsson, Lance Stroll, Kevin Magnussen e Verstappen, este sem tempo.

Mercedes escapa por pouco da degola

Ricciardo aproveitou o Q2 para fazer uma volta arrasadora: 1min11s353, novamente o novo recorde do circuito de Mônaco. Além de Daniel, Vettel e Räikkönen já andavam na casa de 1min11s, com o alemão um pouco mais próximo do tempo registrado por Ricciardo. Não havia dúvidas quanto ao favoritismo da Red Bull, que só se confirmava a cada volta na pista.
A Mercedes teve de reverter a estratégia para não ser eliminada no Q2 (Foto: Mercedes)
A Mercedes levou Hamilton e Bottas à pista no Q2 com os dois carros calçados com pneus ultramacios, tentando uma estratégia diferente para a corrida. Mas ambos ficaram bastante ameaçados de eliminação, e Lewis reclamava de "aderência muito ruim" com os ultramacios. Sem a oposição das Flechas de Prata, a Ferrari vinha atrás da Red Bull, com Sergio Pérez aparecendo numa excelente quarta posição, à frente das McLaren de Alonso e Vandoorne.

A estratégia não funcionou, e a Mercedes espetou pneus hipermacios nos carros de Hamilton e Bottas para colocar os dois no Q3. Deu certo. Hamilton fez a melhor parcial no primeiro setor e subiu de 11º para terceiro. E o finlandês subiu para quinto, com a Force India de Pérez aparecendo como a 'melhor do resto'. Em seguida, com uma volta voadora, Räikkönen foi quem mais se aproximou do tempo de Ricciardo ao anotar 1min11s391, apenas 0s038 atrás do melhor tempo do Q2.

Mas como se quisesse reiterar a todos que tem o melhor carro do fim de semana, Ricciardo nem fez muita força para fazer um tempo ainda melhor: 1min11s278, com direito à melhor parcial no primeiro e no terceiro setor. Foi o desfecho de um Q2 que teve como eliminados Nico Hülkenberg, Stoffel Vandoorne, Sergey Sirotkin, Charles Leclerc e Romain Grosjean. Avançaram ao Q3, além de Ricciardo, Räikkönen, Vettel, Hamilton, Bottas, Esteban Ocon, Pérez, Alonso, Carlos Sainz e Pierre Gasly.

Ricciardo brilha com 'temporal' e fatura segunda pole na F1

O primeiro objetivo dos pilotos no Q3 era um só: escapar do tráfego para ter pista limpa nas tentativas de voltas rápidas. Sainz, com 1min12s266, foi o primeiro a marcar tempo, mas expectativa estava mesmo sobre o que Ricciardo poderia fazer. Antes, Hamilton assombrou com 1min11s261 para marcar a pole provisória, mas Daniel brilhou novamente com uma volta espetacular: 1min10s810, sendo o primeiro homem a andar abaixo de 1min11s na história do circuito monegasco.

A vantagem que Ricciardo tinha em relação a Hamilton era absurda: 0s451. Vettel passou logo em seguida, mas não conseguiu sequer passar o piloto da Mercedes, ficando 0s002 atrás. Räikkönen vinha em quarto lugar, com somente 0s005 de desvantagem para Hamilton, incrivelmente, e Bottas fechava o top-5. Nenhum deles parecia ter performance suficiente para derrotar o grande nome do fim de semana até agora.

Ainda houve tempo para que os pilotos fizessem uma última tentativa de volta rápida. Alonso se posicionou em sexto, desbancando o amigo e compatriota Sainz. Em seguida foi a vez de Vettel abrir sua volta. O tetracampeão fez sua melhor parcial nos três setores e evoluiu a marca para 1min11s039. Hamilton não conseguiu o bastante para passar Ricciardo e ficou em terceiro. Pole-position para o australiano, que presenteou a Red Bull no fim de semana da corrida 250 da equipe na F1.

F1 2018, GP de Mônaco, treino classificatório, grid de largada:

1   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer   1:10.810   17
2   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari   1:11.039 +0.229 21
3   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes   1:11.232 +0.422 22
4   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari   1:11.266 +0.456 22
5   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes   1:11.441 +0.631 25
6   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes   1:12.061 +1.251 27
7   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault   1:12.110 +1.300 26
8   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault   1:12.130 +1.320 28
9   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes   1:12.154 +1.344 23
10   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda   1:12.221 +1.411 29
11   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault   1:12.411 +1.601 22
12   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault   1:12.440 +1.630 19
13   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes   1:12.521 +1.711 19
14   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari   1:12.714 +1.904 20
15   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda   1:13.179 +1.918 12
16   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari   1:13.265 +2.369 11
17   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes   1:13.323 +2.455 10
18   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari P +3 1:12.728 +2.513 21
19   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari   1:13.393 +2.583 12
20   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer P +5    
          Tempo 107%   1:15.767 +4.957  


TEM LENHA PRA QUEIMAR

CASTRONEVES SENTE FALTA DA INDY E MERECE ESTAR NO GRID


Últimas Notícias
segunda-feira, 25 de junho de 2018
F1
MotoGP
F1
Indy
F1
F3
Superbike
F1
Mitsubishi
F1
Nascar
Motociclismo
F1
F2
F1
Galerias de Imagens
Facebook