F1
12/05/2015 16:00

Rosberg estraçalha e coloca mais de 2s na concorrência nos testes em Barcelona. Massa troca motor e fecha em oitavo

Sem qualquer tipo de problema, Nico Rosberg completou o equivalente a mais de duas corridas neste primeiro dia de testes coletivos no circuito de Barcelona. O alemão sobrou perante os adversários, ficando 2s2 à frente do segundo colocado, Marcus Ericsson. Felipe Massa foi quem menos andou — 54 voltas — e terminou o dia em oitavo lugar
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Nico Rosberg (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
SE F1 NÂO OLHAR PRA TRÁS, MORRE DE INANIÇÃO, DIZ FLAVIO GOMES'
Nico Rosberg concluiu com perfeição sua passagem vitoriosa por Barcelona nesta terça-feira (12). Dois dias depois de receber o GP da Espanha, palco da quinta etapa da temporada 2015, o circuito catalão foi palco da primeira de duas sessões de testes coletivos que a categoria promoverá durante o campeonato neste ano. Aproveitando o ótimo desempenho do Mercedes W06 Hybrid, Nico Rosberg simplesmente varreu a concorrência e, com o tempo estabelecido pela manhã — 1min24s374 —, garantiu o topo da tabela na primeira bateria de treinos da semana com muitas sobras em relação aos outros oito pilotos que também participaram desta sessão.

A superioridade da Mercedes não se traduz apenas pela diferença de tempo em relação ao segundo colocado, Marcus Ericsson: enormes 2s250. Rosberg também foi o piloto que mais completou voltas em Montmeló, totalizando 146 giros, ou exatos 681,090 km, distância maior que a de dois GPs de F1, sem qualquer grande problema.
Nick Yelloly teve um dia de trabalho bem produtivo na sua estreia como piloto de F1 (Foto: Force India/Twitter)
Ericsson foi um dos pilotos que melhorou sua marca em relação à manhã na Catalunha. O sueco, que foi escolhido pela Sauber para participar da sessão como piloto titular nesta semana, terminou a primeira parte do treino em sexto lugar. No período da tarde, Ericsson optou por realizar boa parte dos trabalhos em configuração de volta rápida, por isso melhorou seu tempo em consideráveis 2s2 para terminar o dia em segundo, com 1min26s624, batendo Raffaele Marciello. No total, Marcus completou 98 voltas. Ainda assim, a diferença para a Mercedes de Rosberg foi muito grande.

Forjado na Academia de Pilotos da Ferrari, Marciello finalizou em terceiro. Em sua jornada a bordo da SF15-T, o jovem italiano teve a chance de trabalhar em avaliações aerodinâmicas, mas também cumpriu stints em long-runs e short-runs, aproveitando ao máximo seu tempo de pista em Barcelona. Marciello, que também disputa em 2015 a GP2, completou 125 giros em Montmeló, alcançando 581,875 km. Seu melhor tempo também foi obtido pela manhã, 1min26s648, apenas 0s024 mais lento que Ericsson.

Daniil Kvyat manteve o quarto lugar conquistado pela manhã, mas melhorou sua marca em relação ao primeiro período. O russo, que luta junto com a Red Bull pela recuperação na temporada depos de um início de Mundial bastante difícil, completou 101 voltas e ficou a 2s530 da marca estabelecida por Rosberg. O jovem Kvyat bateu o experiente Pastor Maldonado. Durante a tarde, o venezuelano praticamente não saiu dos boxes e completou apenas sete voltas, seguindo com 1min27s338 cravado pela manhã. Pastor, desta vez sem problemas na asa traseira, colocou a Lotus em quinto.
Massa foi o piloto que menos completou voltas durante a terça-feira em Barcelona (Foto: Williams Racing/Twitter)
Em sua estreia com um carro de F1, Nick Yelloly assegurou a sexta melhor marca. Com o Force India VJM08, o jovem britânico oriundo da GP2 não comprometeu: completou 109 giros e, no melhor deles, registrou 1min27s396, cumprindo um dia de trabalho bastante produtivo em Barcelona. Na quarta-feira, Yelloly dará lugar a outro novato, o jovem e talentoso francês Esteban Ocon. O atual campeão da F3 Europeia e piloto da GP3 foi chamado às pressas para substituir o alemão Pascal Wehrlein, que sofreu de indisposição e não teve como guiar nesta terça. Então, a Force India aproveitou a estreia ligação com a Mercedes e convocou o recém-contratado francês, que agora faz parte do programa da marca para o DTM.

Outro jovem talento francês, Pierre Gasly, acelerou com a Toro Rosso nesta terça-feira na Catalunha. O piloto da Dams na GP2 fez um trabalho bastante honesto durante o tempo em que esteve na pista e conseguiu cumprir com o cronograma traçado pelo time de Faenza. Com 130 voltas completadas, a segunda maior quilometragem ao longo do dia, sendo 60 pela manhã e outras 65 no período vespertino, Gasly concluiu as atividades com o sétimo melhor tempo, fechando um dia bastante importante no desenvolvimento do carro usado por Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen. 
Raffaele Marciello levou a Ferrari ao terceiro lugar no teste desta terça-feira (Foto: Ferrari/Twitter)
Felipe Massa foi o piloto que menos completou voltas nesta terça-feira em Barcelona: apenas 54. A baixa quilometragem obtida pelo brasileiro tem razão nos problemas enfrentados ao longo da sessão: primeiro, uma falha no ERS que acabou por atrasar seu cronograma de testes em Montmeló. E no fim da tarde, depois de completar apenas 21 voltas no período, a Williams optou por trocar o motor do seu FW37 e encerrar sua jornada no circuito, já preparando o carro para a estreia de Alex Lynn na quarta-feira. Massa terminou o dia em oitavo lugar, 3s537 atrás de Rosberg.

A tabela de tempos foi fechada por Oliver Turvey, piloto de testes da McLaren. Muito longe das outras equipes do pelotão intermediário, a escuderia britânica também não conseguiu completar uma grande quilometragem, apenas 67 voltas. Assim, Turvey anotou apenas o nono e último tempo do dia, 1min28s542. Na quarta, será a vez de Jenson Button encarar o desafio de guiar o MP4-30 em Barcelona.

F1, testes coletivos, Barcelona, dia 1:
 
1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:24.374   146
2 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:26.624 +2.250 98
3 29 RAFFAELE MARCIELLO ITA FERRARI 1:26.648 +2.274 125
4 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:26.904 +2.530 101
5 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:27.338 +2.964 60
6 34 NICK YELLOLY ING FORCE INDIA MERCEDES 1:27.396 +3.022 109
7 38 PIERRE GASLY FRA TORO ROSSO RENAULT 1:27.639 +3.265 131
8 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:27.911 +3.537 54
9 33 OLIVER TURVEY ING McLAREN HONDA 1:28.542 +4.168 68