F1
13/05/2016 13:27

Rosberg restabelece verdade, põe Mercedes na frente e fecha sexta-feira com melhor tempo em Barcelona

O segundo treino livre do GP da Espanha mostrou que a liderança da Ferrari pela manhã em Barcelona foi uma mera ilusão. A Mercedes foi a protagonista da sessão da tarde na Catalunha com Nico Rosberg, que fechou a sexta-feira com o melhor tempo. Lewis Hamilton foi apenas o terceiro, atrás de Kimi Räikkönen
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

O segundo treino livre do GP da Espanha, em Barcelona, tratou de mostrar que a dobradinha da Ferrari no treino da manhã desta sexta-feira (13) não refletiu a realidade. Horas depois de ver Sebastian Vettel liderar a sessão à frente de Kimi Räikkönen, Nico Rosberg tratou de mostrar porque a Mercedes tem o carro mais rápido do grid. Sem forçar o ritmo, o piloto líder da temporada anotou 1min23s922 com os pneus macios, estabeleceu a melhor marca do dia e comandou a sessão no seletivo circuito catalão.

A Mercedes fez pouquíssimas voltas com os pneus macios em ritmo de classificação. Mas a diferença entre o tempo de Rosberg para o de Lewis Hamilton foi bastante considerável: 0s719. O tricampeão do mundo fechou a sessão em terceiro, ficando atrás de Kimi Räikkönen, que repetiu a posição conquistada com a Ferrari pela manhã em Barcelona. Sebastian Vettel, por sua vez, foi o quarto colocado no período da tarde, 1s095 atrás de Rosberg.
Nico Rosberg foi o senhor da sexta-feira em Barcelona (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Na quinta posição, nem Red Bull e tampouco Williams. Com um grande desempenho correndo em casa, Carlos Sainz surpreendeu e colocou a Toro Rosso à frente de Daniel Ricciardo para fechar a tarde com o quinto melhor tempo. Outro destaque foi Fernando Alonso, que garantiu a sétima melhor marca em Barcelona, à frente de Max Verstappen, em seu segundo treino com a Red Bull. O top-10 foi completado pela dupla da Force India: Sergio Pérez foi o nono, enquanto Nico Hülkenberg veio logo atrás.

A Williams foi uma grande decepção na tarde desta sexta-feira. Vatteri Bottas ficou apenas em 11º, enquanto Felipe Massa não passou do 16º lugar. Felipe Nasr foi ainda pior e fechou a sessão com o 20º e antepenúltimo tempo. E para evidenciar que a fase da Sauber é mesmo muito ruim, seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson, ficou em último.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Espanha de F1

O segundo treino livre do fim de semana em Barcelona começou bastante agitado, com os pilotos sem vontade de perder tempo e acelerando desde o início. Assim, não tardou para que os primeiros tempos fossem registrados no circuito catalão. Romain Grosjean, por exemplo, com sua Haas, cravou 1min28s595 usando pneus duros, à frente da Sauber de Felipe Nasr e da Manor de Pascal Wehrlein.

Mas Räikkönen veio em seguida para colocar a Ferrari, agora com os médios, na frente em Barcelona no início da sessão com 1min26s525. Aliás, no princípio, praticamente todos os pilotos usaram os pneus 'brancos' da Pirelli. Vettel se deu bem e pulou para a ponta logo com 1min26s303, sendo 0s215 mais rápido que Räikkönen. Mas Jolyon Palmer, em sua primiera sessão no dia, teve o pneu traseiro esquerdo furado na entrada da curva 1 e ficou parado na área de escape, fazendo com que a direção de prova acionasse o safety-car virtual para, em seguida, decretar a interrupção do treino.

Depois de uma breve pausa, o treino foi retomado, mas sem Palmer, que teve pouquíssimo tempo de pista. Para os outros 21 pilotos, eram mais 1h12min de sessão na tarde em Barcelona. Na retomada do treino, Ricciardo subiu para segundo lugar, mas apenas de forma provisória. Em seguida, foi a vez de Alonso surpreender com uma boa marca: 1min26s268, usando também pneus médios.

Mas durou tudo pouco tempo. Hamilton, também com os médios, anotou 1min25s607 e assumiu a liderança, seguido por Verstappen, com uma grande volta, e Alonso caindo para terceiro. Até que Räikkönen fez a primeira volta rápida com pneus macios, destronando de longe o tempo de Hamilton ao cravar 1min24s176.
Carlos Sainz Jr. foi um dos bons nomes da sessão da tarde desta sexta-feira (Foto: Dan Istitene/Getty Images/Red Bull)
Mas a tabela dos tempos apontava, com 50 minutos para o fim da sessão, uma ordem um tanto distinta, com Räikkönen na frente, seguido por Carlos Sainz, Daniel Ricciardo, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas, Romain Grosjean, Max Verstappen, Nico Rosberg, Kevin Magnussen e Fernando Alonso. O fato é que muitos pilotos e equipes dedicaram parte do tempo para a avaliação dos pneus macios em ritmo de corrida, de modo que as colocações eram bem distintas do usual.

Pouco depois, Vettel fez o bastante para subir para segundo lugar, mas distante 0s841 do tempo do seu companheiro de equipe. As Mercedes continuavam discretas. Até que Rosberg finalmente deixou os boxes usando pneus macios. E logo na sua primeira volta, o líder do campeonato cravou 1min23s922 e, sem força, assumiu a ponta do segundo treino, à frente de Räikkönen, Vettel, Sainz, Ricciardo e Verstappen. Hamilton aparecia apenas em nono.

Aí a Ferrari voltava a apresentar problemas de confiabilidade. Por conta de uma falha no sistema de combustível, Räikkönen ficou lento na pista e teve de recolher para os boxes. Em contrapartida, a McLaren voltava a apresentar bom desempenho, mas apenas com Alonso, que se colocava em sexto lugar. Mas Jenson Button estava apenas em 18º.
Fernando Alonso teve boa participação nesta sexta-feira na Catalunha (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Em seguida, era a vez de Hamilton ir à pista com os pneus médios. Mas o curto período do tricampeão na pista com os compostos 'amarelos' não convenceu. O britânico não passou do terceiro lugar, ficando atrás de Rosberg e Räikkönen, para depois regressar aos boxes. Enquanto as duplas de Mercedes e Ferrari estavam analisando dados, outros times buscavam tempos em simulações em ritmo de corrida.

No fim da sessão, de fato, a tabela de tempos apresentou pouquíssimas mudanças. Uma delas foi a de Jenson Button, que pulou para 12º, saindo um pouco da incômoda posição em que se encontrava, mas ainda assim era 0s5 mais lento que Alonso. Grosjean, por sua vez, estava logo atrás do britânico, mas reclamava que o carro da Haas estava "muito, muito, muito difícil de guiar".

No fim das contas, a liderança ficou mesmo com a Mercedes de Rosberg, ficando à frente da Ferrari de Räikkönen e de Hamilton enquanto o céu começava a querer se fechar diante da chuva que se avizinhava do circuito catalão. Destaque para Carlos Sainz, que derrotou as Red Bull de Ricciardo e Verstappen, e de Alonso, sétimo lugar. Decepção com os carros da Williams de Felipe Massa e Valtteri Bottas, enquanto Felipe Nasr ficou só em 20º.

F1 2016, GP da Espanha, Barcelona, TL2:

1 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:23,922   35
2 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:24,176 +0,254 31
3 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:24,641 +0,719 27
4 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:25,017 +1,095 35
5 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO FERRARI 1:25,131 +1,209 39
6 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL TAG HEUER 1:25,194 +1,272 37
7 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:25,342 +1,420 31
8 33 MAX VERSTAPPEN HOL RED BULL TAG HEUER 1:25,375 +1,453 31
9 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:25,437 +1,515 32
10 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:25,453 +1,531 35
11 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:25,708 +1,786 30
12 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:25,893 +1,971 20
13 8 ROMAIN GROSJEAN FRA HAAS FERRARI 1:25,899 +1,977 33
14 20 KEVIN MAGNUSSEN FRA RENAULT 1:26,244 +2,322 40
15 26 DANIIL KVYAT RUS TORO ROSSO FERRARI 1:26,375 +2,453 44
16 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:26,491 +2,569 36
17 30 JOLYON PALMER ING RENAULT 1:26,770 +2,848 16
18 94 PASCAL WEHRLEIN ALE MANOR MERCEDES 1:26,960 +3,038 40
19 88 RIO HARYANTO INA MANOR MERCEDES 1:27,252 +3,330 39
20 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:27,812 +3,890 40
21 21 ESTEBAN GUTIÉRREZ MEX HAAS FERRARI 1:28,205 +4,283 9
22 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:28,501 +4,325 42
               
RECORDE   RUBENS BARRICHELLO BRA BRAWN MERCEDES 1:19,954 09/05/2009  

O QUE ESTÁ POR TRÁS DO RECENTE NOTICIÁRIO SOBRE SCHUMACHER



Últimas Notícias
sexta-feira, 25 de maio de 2018
Indy
F1
F1
Copa Grande Prêmio
F1
F1
F2
F2
Indy
Indy
Indy
Indy
Indy
Indy
quinta-feira, 24 de maio de 2018
Indy
Galerias de Imagens
Facebook