F1
16/11/2017 14:10

Toro Rosso confirma expectativas e mantém Gasly e Hartley como dupla titular na temporada 2018

Ainda na briga pelo sexto lugar do Mundial de Construtores em 2017, a Toro Rosso confirmou as renovações de Pierre Gasly e Brendon Hartley para a temporada 2018 da F1
Warm Up
Redação GP, de São Paulo

A Toro Rosso colocou fim ao suspense e confirmou, na tarde desta quinta-feira (16), Pierre Gasly e Brendon Hartley como dupla titular para a temporada 2018. Os dois novatos entraram com o camponato de 2017 já em andamento, com a equipe de Faenza tendo iniciado o ano com Carlos Sainz Jr. e Daniil Kvyat.

Chefe da Toro Rosso, Franz Tost valorizou a rapidez com que os dois pilotos se adaptaram ao carro da F1. Gasly vinha no campeonato japonês de Super Formula, enquanto Hartley disputava o Mundial de Endurance.

"Estamos muito felizes por poder confirmar logo Pierre e Brendon para o ano que vem. Eles já mostraram que estão prontos para a F1, pegaram o jeito do carro muito rápido e já tiveram boas performances, eles têm nos impressionado. Esperamos ter os dois pelo ano que vem inteiro, acho que podem produzir bons resultados com consistência. Tenho certeza que os dois darão o máximo pelo time", disse Tost.
Pierre Gasly e Brendon Hartley seguem em 2018 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Uma das grandes promessas dos últimos anos e campeão da GP2 em 2016, Gasly ainda não teve um final de semana sem problemas ou punições no grid de largada. O francês de 21 anos, no entanto, mostrou-se completamente motivado para enfrentar os desafios que virão com a Toro Rosso.

"Estou muito feliz por fechar com a Toro Rosso e partir para efetivamente minha primeira temporada na F1. Preciso agradecer a todos que me ajudaram até aqui: Red Bull, Toro Rosso, minha família e todos que me apoiaram nas categorias de base. Estou animado e extremamente motivado para a etapa de Abu Dhabi e todas as do ano que vem", comentou o francês.

Mais velho e mais experiente que Gasly, Hartley falou em fechar a temporada 2017 em alta para embalar para o ano que vem.

"É incrível para mim o que está acontecendo. Eu recebi uma chance completamente inesperada e agora eu vou ser um piloto da F1 em 2018. Não tinha como estar mais feliz do que isso. Agradeço muito a Red Bull e Toro Rosso pela chance, por meus sonhos terem se tornado realidade. Quero trabalhar duro para fechar em alta 2017 e iniciar 2018 com tudo", falou o neozelandês de 28 anos.

MELHOR DE 2017

COM TÍTULO EM TEMPORADA DIFÍCIL, MÁRQUEZ É PILOTO DO ANO


Últimas Notícias
domingo, 21 de janeiro de 2018
Indy
F1
Rali
Rali
F1
sábado, 20 de janeiro de 2018
Rali
Rali
Rali
Rali
Rali
Rali
Rali
Nascar
F1
F1
Galerias de Imagens
Facebook