F1
06/07/2018 11:29

Vettel reverte domínio da Mercedes e põe Ferrari na frente no segundo treino em Silverstone. Verstappen bate

A Ferrari deu a volta por cima depois de ter sido dominada pela Mercedes no treino livre da manhã e fechou a sessão da tarde desta sexta-feira (6) na frente em Silverstone. Sebastian Vettel liderou com 0s187 de vantagem para Lewis Hamilton, enquanto Valtteri Bottas foi o terceiro. Fernando Alonso desta vez foi bem com a McLaren e foi o sexto, enquanto Max Verstappen bateu
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Sebastian Vettel (Foto: AFP)

Quem esperava ver um novo domínio da Mercedes no segundo treino livre do GP da Inglaterra, horas depois do 1-2 prateado comandado por Lewis Hamilton no TL1, viu mesmo Sebastian Vettel encerrar a tarde de sexta-feira (6) no topo da tabela de tempos em Silverstone. A diferença foi pequena, apenas 0s187, mas o bastante para colocar a Ferrari do alemão na ponta com 1min27s552. O tempo registrado pelo tetracampeão do mundo foi, no entanto, ligeiramente inferior ao 1min27s487 anotado por Hamilton para liderar a sessão da manhã. Valtteri Bottas completou o top-3, 0s357 atrás do líder.

Vencedor do último GP da Áustria, Max Verstappen causou a única bandeira vermelha do dia ao rodar na curva Luffield e bater na barreira de proteção. Tudo ok com o jovem piloto holandês, que encerrou ali sua jornada e sem tempo registrado à tarde. Kimi Räikkönen, por sua vez, foi o quarto colocado, 0s493 atrás de Vettel, enquanto Daniel Ricciardo colocou a Red Bull que seguiu na pista no quinto posto.
Sebastian Vettel comandou a tabela de tempos do segundo treino livre em Silverstone (Foto: AFP)
Fernando Alonso foi um dos bons destaques da tarde. Depois de uma manhã bem complicada, o bicampeão conseguiu encaixar uma boa performance do seu McLaren MCL33 e ficou em sexto lugar, liderando um pelotão intermediário bastante apertado. Nico Hülkenberg fechou em sétimo com a Renault, enquanto Esteban Ocon e Sergio Pérez, da Force India, terminaram em oitavo e nono, respectivamente, e Charles Leclerc, outro bom nome da sessão, foi décimo com a Sauber. Romain Grosjean não treinou porque a Haas providenciou a troca do chassi do seu carro após a batida no primeiro treino livre.

A F1 retoma os trabalhos em Silverstone neste sábado com o terceiro treino livre, a partir de 7h (horário de Brasília), enquanto a sessão classificatória acontece às 10h, esta com transmissão ao vivo pelo SporTV 4. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Inglaterra de F1

Cinco minutos depois da luz verde, Stoffel Vandoorne foi o primeiro piloto a deixar os boxes para acelerar nesta tarde em Silverstone. O belga cumpriu seu primeiro stint com os pneus médios antes das simulações em ritmo de classificação com os macios. Mas logo nas primeiras voltas, o piloto se queixava de falta de potência do motor Renault que empurra sua McLaren.

Os primeiros tempos competitivos da tarde foram da Ferrari, com Kimi Räikkönen tomando a ponta provisória com 1min29s664, sendo 0s178 mais rápido em relação a Sebastian Vettel. Diferente do que aconteceu pela manhã, Fernando Alonso já conseguia completar as primeiras voltas sem problemas e tinha o quinto melhor tempo com 13 minutos de sessão.
Max Verstappen bateu no começo do segundo treino livre em Silverstone (Foto: Reprodução)
Vettel e Räikkönen trocavam de lugar na liderança provisória do treino e mostravam a Ferrari um degrau acima da Red Bull em termos de performance, até considerando as características de Silverstone. E falando em Red Bull, Max Verstappen provocou primeiramente o acionamento do safety-car virtual ao rodar na saída da curva Luffield, batendo de leve na barreira de proteção. A bandeira amarela virou vermelha para que os fiscais pudessem remover o carro do holandês.

Com 26 minutos de tempo percorrido, a sessão foi retomada e tinha o outro carro da Red Bull, de Daniel Ricciardo, acelerando com pneus médios. Logo o australiano já subia para a terceira colocação. Só que o top-3 foi assumido pouco depois pela Mercedes, que passou a ter Lewis Hamilton em terceiro e Valtteri Bottas na quarta posição. O tetracampeão tinha 1min19s084 como melhor tempo, contra 1min28s591 de Räikkönen, que retomava a ponta do treino.

A surpresa positiva era, mais uma vez, Charles Leclerc, que aparecia na sexta colocação com pouco mais de meia hora de sessão. Era o melhor de um 'resto' que tinha logo atrás a Force India de Esteban Ocon, as McLaren de Alonso e Vandoorne, além do outro carro do time de Vijay Mallya, de Sergio Pérez.
Sebastian Vettel `virou líder da sessão da tarde ao acelerar sua Ferrari calçada com os pneus macios (Foto: AFP)
Pouco depois de Hamilton ter subido para segundo lugar no treino, ainda com os médios, Räikkönen abriu a simulação da Ferrari em ritmo de classificação com os pneus macios. Kimi marcou 1min28s045, volta que em seguida foi superada por Vettel, com 1min27s552. O tempo ainda era inferior ao registrado por Hamilton no treino da manhã.

Foi Bottas quem abriu os trabalhos da Mercedes com os pneus macios. O finlandês partiu para abrir as primeiras voltas em ritmo de classificação. Nas simulações, as diferenças em termos de tempo dos médios para os macios variavam entre 0s6 e 0s8. Leclerc continuava brilhando e aparecia em sexto, enquanto Valtteri subia para o segundo lugar com 1min27s909, a 0s357 do tempo de Vettel.
Depois de uma manhã complicada, Fernando Alonso apresentou boa performance à tarde (Foto: AFP)
A primeira tentativa de Hamilton com os pneus amarelos foi longe do ideal. O britânico errou na entrada da curva Club e perdeu tempo, passando em 1min28s137. Assim, com meia hora de sessão, a Ferrari manteve a liderança da sessão com Vettel, e Bottas aparecia em segundo, à frente de Räikkönen e Hamilton. E Ricciardo completava o top-5. Ocon melhorava seu tempo e subia para sexto, assim como Alonso, sétimo colocado, seguido por Pérez, Leclerc e Carlos Sainz.

Na sequência das voltas, a Mercedes melhorava e tinha Hamilton em segundo com 1min27s739 e Bottas logo atrás. Já a Toro Rosso apresentava problemas no motor Honda do carro de Pierre Gasly, que encostava na área de escape. Em contrapartida, Alonso fazia outra grande volta e avançava para o sexto lugar. Mas a diferença de tempo para a Mercedes indicava o grande abismo das ponteiras para as outras equipes: 1s754 separava o tempo de Alonso para o do líder, Vettel.
Esteban Ocon foi outro piloto que andou bem no treino desta tarde (Foto: Force India)
Quando partia para um stint de simulação de corrida, Räikkönen por pouco não bateu na Williams de Lance Stroll. A escuderia britânica cometeu a chamada 'saída insegura' ao liberar o canadense dos boxes muito perto da Ferrari que Kimi, que reclamou bastante via rádio.

Nos minutos finais, com os tempos de volta bem acima, as principais posições da sessão foram mantidas, com a Ferrari de Vettel à frente das Mercedes de Hamilton e Bottas. Mas, por outro lado, ficou a impressão de que as Flechas de Prata não deram o máximo, deixando tudo aberto na luta pela pole-position neste sábado, pouco antes do embate entre Inglaterra e Suécia pela Copa do Mundo.

F1 2018, GP da Inglaterra, Silverstone, treino livre 2:

1   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:27.552   34
2   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:27.739 +0.187 30
3   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:27.909 +0.357 28
4   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:28.045 +0.493 33
5   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:28.408 +0.856 30
6   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Renault 1:29.306 +1.754 30
7   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:29.354 +1.802 33
8   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:29.467 +1.915 31
9   11 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:29.522 +1.970 30
10   16 Charles LECLERC MCO Sauber Ferrari 1:29.557 +2.005 29
11   55 Carlos SAINZ JR ESP Renault 1:29.563 +2.011 34
12   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:29.617 +2.065 31
13   10 Pierre GASLY FRA Toro Rosso Honda 1:29.831 +2.279 16
14   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:30.046 +2.494 30
15   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:30.069 +2.517 33
16   35 Sergey SIROTKIN RUS Williams Mercedes 1:30.103 +2.551 35
17   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Renault 1:30.121 +2.569 29
18   28 Brendon HARTLEY NZL Toro Rosso Honda 1:30.404 +2.852 34
19   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer     2
20   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari     0
          Tempo 107% 1:33.681 +6.129  



UMA DAS MELHORES CORRIDAS DO ANO

ABANDONO DE HAMILTON RECOLOCA VETTEL NO CAMINHO DO PENTA