Indy
29/03/2017 11:20

Indy revela primeiras imagens do carro de 2018 com kit aerodinâmico padrão e fala em “visual arrojado”

As primeiras imagens do novo carro da Indy destacam um visual bem diferente – “arrojado”, nas palavras do chefão Jay Frye. O bólido vai ser usado em 2018 e terá kits aerodinâmicos universais para Chevrolet e Honda
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Indy revela novos estudos para os carros de 2018 (Foto: Indycar)
 

A Indy revelou as primeiras imagens de seu novo chassi nesta quarta-feira (29). E, à primeira vista, o modelo já chama atenção: o bólido de 2018, desenvolvido pela Dallara, vai trazer linhas e características muito diferentes das atuais.
 
O carro vai ser menor. Tanto na dianteira quanto na traseira: o bico perde em tamanho, sendo menos espichado do que atualmente é. Além disso, as questionáveis calotas localizadas atrás dos pneus traseiros deixam de existir. É um modelo mais compacto, apesar de a distância entre eixos ser a mesma.
 
Outro ponto que muda é a tampa do motor. E radicalmente: em essência, vai sobrar apenas o santantônio acima da cabeça do piloto. Ainda não é certo como vai funcionar o refrigeração do motor sem a entrada de ar.

“Estamos trabalhando para que a aerodinâmica se adeque ao visual, e não o contrário. É um visual mais tradicional da Indy”, resumiu Tino Belli, diretor de desenvolvimento aerodinâmico da Indy. A categoria não esconde que tomou os antigos carros da CART como inspiração.
Indy revela novos estudos para os carros de 2018 (Foto: Indycar)
A ilustração acima compara o carro de 2018 com o de 2017. Os traços brancos representam as linhas aplicadas atualmente.
 
“O trabalho segue em progresso, mas estamos confiantes com a situação atual do desenvolvimento dos carros de 2018”, disse Jay Frye, chefão da Indy. “O carro tem um visual arrojado, os dados de performance do simulador estão atingindo nossos objetivos e os avanços de segurança são substanciais”, seguiu.
 
Uma característica importante do modelo é a padronização dos kits aerodinâmicos. Chevrolet e Honda não vão poder dar sequência ao desenvolvimento da aerodinâmica nos carros da Indy.
 
O carro de 2018 deve ir à pista pela primeira vez por volta de julho, em testes promovidos pela própria Indy.
 
A PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP: TUDO AQUI