Kart
15/12/2017 14:45

Vencedora em 2016, America Net fica com pole das 500 Milhas de Kart. Scuderia GP sai em 53º

A America Net vem forte em busca de mais uma vitória nas 500 Milhas da Granja Viana. Com grande performance na fase decisiva da classificação, a equipe que conta com nomes como Galid Osman e Felipe Lapenna ficou com a pole das 500 Milhas da Granja Viana. A Scuderia GP vai sair de 53º, oitavo na classe Thunder Light
Warm Up, da Granja Viana
GABRIEL CURTY, da Granja Viana
FELIPE NORONHA, da Granja Viana

Atuais vencedores das 500 Milhas de Kart da Granja Viana, os pilotos da America Net voltaram a fazer bonito na definição do grid de largada da edição de 2017 nesta sexta-feira (15). Com José Ricardo Oliveira no comando do #319, a equipe virou 54s654 e, mesmo sendo uma das primeiras a sair na fase final da classificação, ficou com a pole.

O kart #71 da equipe Barrichello Hero ficou com o segundo posto, mais de 0s2 atrasado em relação ao desempenho do #319 da America Net. Mais rápido da primeira fase da classificação, Felipe Massa colocou o #19 de sua equipe em terceiro.

O responsável pela pole da America Net valorizou o trabalho em equipe para que pudesse ter a chance da pole; "A gente trabalhou desde quinta-feira para caramba em cima do kart, o importante primeiro era escolher o motor e depois trabalhamos em cima do chassi. Fizemos isso separado. Na tomada de tempo, no Grupo 2, acabei pegando trânsito, mas sabia que o kart era rápido. Entramos no top qualifying muito sofrido, mas eu estava seguro que o kart estava bom. Deu para encaixar uma volta bem bacana."

Ele acabou conseguindo a pole em cima de Felipe Massa, que fez "volta perfeita", mas prejudicada por um pequeno erro na primeira curva: "Acabei freando tarde demais e perdi a chance de largar na pole. Depois da curva 1 a volta foi perfeita. Acabei freando tarde demais, pneu meio frio, acabei perdendo um pouquinho. Mas foi bom. Estou feliz, o kart está bom, estamos num ritmo bom e a terceira colocação não muda nada para amanhã", afirmou o recém-aposentado da F1.

A Sambaíba teve um belo desempenho. O #25 do time ficou em quarto, aparecendo com outros dois karts ainda em 15º e 18º. Saindo de cara na abertura da fase final da classificação, o #888 da Claro, guiado pelo ex-F1 Roberto Merhi, ficou com a quinta melhor marca.

A CKS, a Shell Fittipaldi e a Medina também apareceram entre os oito karts mais rápidos, com a Jaguar completando o top-10 com o #30 e o #33. A Scuderia GP, equipe do GRANDE PRÊMIO, seguiu com problemas no motor e sai em 53º na corrida deste sábado.
Alicio Del Nero pilotou na classificação (Foto:Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Spirit Sports e SMF empatam no primeiro lugar do Grupo 1

O primeiro grupo da fase inicial da classificação para as 500 Milhas da Granja Viana foi para a pista quando os relógios marcavam 13h05 (em Brasília). E foi uma sessão bastante agitada, com mais de dez equipes passando alguns momentos na dianteira.
 
E, como já havia ficado claro de que aconteceria no warm up, o equilíbrio foi impressionante. O kart #13 da Spirit Sports de Alexandre Ruiz e o #555 da SMF cravaram a mesma marca: 53s642. No terceiro lugar, um novo empate: 53s649 para o #25 da Sambaíba e o #134 da Medina.
 
A Sambaíba ainda ficou com o quinto e o sexto lugares no grupo com o #3, guiado por Tuka Rocha, e o #21, pilotado por Thiago Camilo, avançando para o a fase decisiva da definição do grid junto com o #71 e o #72 da Barrichello Hero, além do #88 e do #888 da Claro.
 
A partir do 11º lugar, todos eliminados, esperando apenas a definição se largariam do lado par ou do lado ímpar do grid a partir da 20ª colocação. Neste sábado, todos participam do sorteio do lucky dog, podendo subir muito no grid.
A Sambaíba foi muito veloz no grupo 1 (Foto: Bruno Terena)
Equipe de Massa sobra e Scuderia GP fica com 53º lugar no grid

Eram 13h25 quando o segundo grupo se dirigiu para a pista. Nele estava o #44 da Scuderia GP, com Alicio Del Nero ficando responsável por estabelecer a marca que definiria a posição de saída do time nas 500 Milhas da Granja Viana deste sábado.
 
Só que, ao contrário do primeiro grupo, não foi uma das sessões mais equilibradas na parte de cima da tabela. O #19, da equipe de Felipe Massa, sobrou, virando 53s502, a melhor marca juntando os dois grupos.
 
A Shell ficou com a segunda e a terceira posições com o #1 e o #2, mas mais de 0s2 atrás da equipe de Massa. Também se garantiram o #35, o #107, o #358, o #33, o #30, o #319 e o #20, sendo os dois últimos do top-10 dos atuais campeões da equipe America Net. 
 
A melhor volta da Scuderia GP foi, mais uma vez, a última. O #44 cravou 55s075, terminando com a 27ª colocação do grupo. Assim, e por conta da ótima volta do #19, o time do GRANDE PRÊMIO larga em 53º, a oitava posição na Thunder Light.

"Fiz meu melhor, o kart está na mão. Quase a volta inteira consegui acompanhar até mesmo pilotos da categoria profissional. Mas chega uma curva que nosso motor não rende, e ali a gente perde, na curva dois e meio. Ali é nosso ponto fraco, o cara da frente abre e a gente perde o vácuo. Vamos ver se a gente equaliza o motor para amanhã, o preparador falou que vai conseguir, para ter uma performance melhor. Em prova desse tipo, de 12 horas, largar em último, penúltimo, não quer dizer muita coisa. É importante estarmos com o equipamento ajustado para amanhã. No sorteio dá (para ter esperança de ser o lucky dog). Mesmo assim, se a gente ajustar o equipamento, estar lá atrás não é desesperador. Dá para fazer uma prova consistente e recuperar", explicou Alicio.
Alicio Del Nero esteve no segundo grupo (Foto:Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Vencedores de 2016, Americanet fica com pole

A definição dos 20 primeiros lugares aconteceu no sistema de um kart por vez. O #88 da Claro abriu os trabalhos com Beto Monteiro, com o piloto virando 55s204. O #20 da America Net saiu na sequência e, apesar de ter feito um primeiro setor melhor, passou acima do #88, virando 55s680.
 
Com Roberto Merhi, o #888 da Claro saiu logo depois e fez bonito, sendo o primeiro a ficar abaixo de 55s, com 54s942. A pole provisória, no entanto, durou pouco para o belo kart vermelho, que foi batido por outro da America Net, o #319, muito veloz com 54s654.
 
No kart #72, Rubens Barrichello virou 55s057 e se posicionou em terceiro por pouco tempo, sendo batido por Pedro Piquet e a Jaguar, que cravaram 54s991.
 
O #71, também da Barrichello Hero, foi o oitavo kart a ir para a pista e conseguiu uma boa volta: 54s858, o segundo lugar provisório. O #33 da Jaguar veio logo depois, virando 55s002, suficiente para o quinto posto. 

"O ambiente aqui é muito bom, participar é sempre muito legal. Claro, tem muito jovem, até aqui na minha equipe, então coloca uma pressãozinha. O treino serviu mais para aprendizado, temos quatro moleques na equipe, inclusive meu filho. Então sair em segundo é tranquilo, mas devem me colocar no outro carro, que sai em 12, para que eu tenha uma maior dificuldade", brincou Barrichello em conversa com o GP após o treino.

A America Net ficou com a pole (Foto: Bruno Terena)
Camilo entrou na sequência com o kart laranja #21 da Sambaíba, mas não passou do oitavo lugar parcial. Depois dele veio o #358 da Red Bode, que apenas roubou sua posição, ficando com o oitavo lugar dos dez que já haviam passado pela pista na sessão final.
 
Rocha saiu com o #3 da Sambaíba e não conseguiu andar tão melhor assim que Camilo, ficando em sétimo provisoriamente. O #107 da Grigatti foi depois e teve problemas no motor logo no começo, virando um alto tempo de 58s258.
 
Destaque desde os primeiros treinos, a Medina foi para quarto com o kart #134 e de lá saiu rapidamente, já que o #35 da CKS veio com tudo e tomou a posição.
 
O #25 da Sambaíba fez um ótimo giro e se colocou em terceiro, seguido pelo #2 da Shell Fittipaldi que ficou apenas em nono. Muito veloz na primeira parte da classificação, o #555 da SMF não passou do 11º lugar.
 
O #1 da Shell foi o antepenúltimo a ir para a pista e fez uma boa volta que o colocou em sexto: 54s960. Líder do primeiro grupo, o #13 da Spirit Sports decepcionou e ficou com o 12º lugar. Faltava apenas o #19 de Felipe Massa, que cometeu um pequeno erro na primeira curva que custou a pole: terceiro lugar para o time do paulista ex-Williams.
 
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018


Últimas Notícias
segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Endurance
Rali
Rali
Endurance
F1
F1
F1
Rali
Rali
F1
F1
F1
F1
domingo, 21 de janeiro de 2018
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook