MotoGP
17/03/2018 11:27

Antonelli bate Martín por 0s001 na volta final no Catar e crava primeira pole-position da temporada 2018 da Moto3

Depois de um longo jejum, Niccolò Antonelli fez as pazes com a pole-position e conquistou a posição de honra no grid de Losail com 0s001 de vantagem para Jorge Martín. Gabriel Rodrigo ficou com o terceiro posto
Warm Up / JULIANA TESSER,  de São Paulo
 DYf1BDIW0AY7ZUp

Niccolò Antonelli parece ter feito as pazes com sua boa performance na Sic58. Correndo pela equipe do pai de Marco Simoncelli, o #23 abriu a temporada 2018 com o pé direito e conquistou neste sábado (17) a pole-position para o GP do Catar.
 
Um dos favoritos à posição de honra, Jorge Martín abriu os minutos finais da sessão no topo da folha de tempos, mas viu Gabriel Rodrigo aparecer nos instantes derradeiros para tomar a ponta. Quase que imediatamente, porém, Antonelli passou 0s484 melhor e pegou o comando da sessão.
Antonelli cravou a primeira pole de 2018 (Foto: Reprodução)
Em volta rápida, Martín chegou em 2min06s365, mas acabou derrotado por Antonelli por 0s001. Rodrigo, então, ficou com o terceiro posto.
 
0s679 mais lento que o ponteiro, Ayumu Sasaki abre a segunda fila do grid, à frente de Kaito Toba e Marcos Bezzecchi. Arón Canet ficou em sétimo, com Philipp Oettl, Lorenzo Dalla Porta e Enea Bastianini completando o top-10.
 
Saiba como foi o treino classificatório da Moto3 no Catar:
 

Mais perto do fim da tarde catari ― 16h45 (local) ―, os pilotos da Moto3 voltaram para a pista para definir o grid de largada de Losail. Com a noite se aproximando, as temperaturas baixaram ligeiramente ― 31°C no ambiente e 34°C na pista ―, mas uma intensa névoa também deu as caras no traçado.
 
Com 2min07s836, Canet foi o primeiro a ocupar o topo da tabela, 0s253 à frente de Sasaki. Antonelli, Norrodin e Kornfeil completavam o top-5.
 
O piloto da Estrella Galicia 0,0 apertou o passo e se manteve na ponta, com Rodrigo aparecendo em segundo, seguido por Sasaki e Kornfeil. 
 
Na volta seguinte, Rodrigo chegou a 2min07s358 e assumiu a pole provisória, superando Canet por apenas 0s004. O argentino, no entanto, ficou pouco por lá, já que Martín apareceu com um giro de 2min06s996 e se instalou na ponta, 0s362 mais rápido.
 
Os pilotos seguiram, então, para uma primeira rodada de pit-stops. Martín tinha a pole provisória, com Rodrigo, Canet, Bezzecchi, Norrodin, Sasaki, Di Giannantonio, Masaki, Toba e Masià completando o top-10.
Uma forte névoa apareceu na classificação da Moto3 (Foto: Reprodução)
Único rodando em meados da sessão, o estreante Alonso López escapou da linha na curva nove e acabou caindo. O espanhol escapou de lesões, mas não conseguiu levar a moto de volta aos boxes. 
 
Na retomada dos trabalhos, Oettl saltou para a segunda colocação, reduzindo para 0s191 a vantagem de Martín. Bastianini também foi melhor e passou a ocupar a terceira colocação.
 
Pouco depois, Antonelli também avançou na tabela, saltando para o terceiro posto, 0s200 mais lento que o ponteiro Martín. 
 
Com menos de dez muitos para o fim, Bezzecchi e Toba tiveram um incidente na reta de Losail, tocando rodas antes da curva um. Felizmente, os dois seguiram nas motos.
 
Na tabela, Martín seguia no topo da tabela, 0s063 à frente de Canet. Oettl era o terceiro, seguido por Antonelli, Bastianini e Kornfeil.
 
Depois de uma última passagem pelos boxes, os pilotos voltaram para a pista para o ataque final à pole-position. Sem muito mais tempo no cronômetro, muitos pilotos abriram volta rápida.
 
Já com o cronômetro zerado, Rodrigo saltou para a ponta, mas foi batido em seguida por Antonelli, que passou 0s484 melhor. Martín também melhorou na volta final, mas só conseguiu o segundo posto, 0s001 mais lento que o #23.

Moto3, GP do Catar, Losail, Grid de largada:

1 23 NICCOLÒ ANTONELLI ITA SIC58 Honda 2:06.364  
2 88 JORGE MARTÍN ESP GRESINI Honda 2:06.365 +0.001
3 19 GABRIEL RODRIGO ARG RBA KTM 2:06.848 +0.484
4 71 AYUMU SASAKI JAP PETRONAS Honda 2:07.043 +0.679
5 27 KAITO TOBA JAP TEAM ASIA Honda 2:07.048 +0.684
6 12 MARCO BEZZECCHI ITA PRÜSTEL KTM 2:07.058 +0.694
7 44 ARÓN CANET ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:07.059 +0.695
8 65 PHILIPP OETTL ALE SCHEDL GP KTM 2:07.187 +0.823
9 48 LORENZO DALLA PORTA ITA LEOPARD Honda 2:07.320 +0.956
10 33 ENEA BASTIANINI ITA LEOPARD Honda 2:07.324 +0.960
11 84 JAKUB KORNFEIL TCH PRÜSTEL KTM 2:07.326 +0.962
12 17 JOHN MCPHEE ING CIP KTM 2:07.407 +1.043
13 5 JAUME MASIÁ ESP WORLDWIDE KTM 2:07.462 +1.098
14 16 ANDREA MIGNO ITA ÁNGEL NIETO KTM 2:07.586 +1.222
15 42 MARCOS RAMÍREZ ESP WORLDWIDE KTM 2:07.607 +1.243
16 21 FABIO DI GIANNANTONIO ITA GRESINI Honda 2:07.634 +1.270
17 7 ADAM NORRODIN MAL PETRONAS Honda 2:07.758 +1.394
18 11 LIVIO LOI BEL AVINTIA KTM 2:07.901 +1.537
19 22 KAZUKI MASAKI JAP RBA KTM 2:08.108 +1.744
20 40 DARRYN BINDER RSA RED BULL KTM AJO 2:08.202 +1.838
21 72 ALONSO LÓPEZ ESP ESTRELLA GALICIA 0,0 Honda 2:08.280 +1.916
22 8 NICOLÒ BULEGA ITA VR46 KTM 2:08.364 +2.000
23 75 ALBERT ARENAS ESP ÁNGEL NIETO KTM 2:08.480 +2.116
24 76 MAKAR YURCHENKO CAZ CIP KTM 2:08.547 +2.183
25 10 DENNIS FOGGIA ITA VR46 KTM 2:08.785 +2.421
26 14 TONY ARBOLINO ITA SNIPERS HONDA 2:08.895 +2.531
27 41 NAKARIN ATIRATPHUVAPAT TAI TEAM ASIA Honda 2:08.936 +2.572
  24 TATSUKI SUZUKI JAP SIC58 Honda    
             
RECORDE ALEXIS MASBOU FRA ONGETTA Honda 2:05.862 153.8 km/h
MELHOR VOLTA JORGE MARTÍN ESP GRESINI Honda 2:05.590 154.2 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 28ºC | pista: 30ºC

 


Aos 39 anos, Rossi acelera para se afastar da aposentadoria na MotoGPAo provar que Ducati pode vencer, Dovizioso mira concluir o que iniciouLorenzo vai para segundo ano na Ducati tentando recuperar performance
”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO