Rali
17/02/2018 17:25

Neuville tem dia quase perfeito e fica mais perto da vitória no Rali da Suécia. Ogier fecha sábado em décimo

Thierry Neuville e Nicolas Gilsoul venceram quatro das oito especiais disputadas neste sábado na Suécia e deram um passo muito importante para buscar a reabilitação na temporada. A diferença para o vice-líder da prova, Craig Breen, da Citroën, é de 22s7, com Andreas Mikkelsen, também da Hyundai, fechando o top-3. Em meio a todas as dificuldades sofridas na sexta-feira, Sébastien Ogier ganhou duas posições para terminar o dia em décimo
Warm Up
Redação GP, de Sumaré

Thierry Neuville tem tudo para se reabilitar depois do quinto luar conquistado no Rali de Monte Carlo. Depois de uma sexta-feira bastante forte e da liderança da segunda etapa da temporada 2018 do WRC, o Rali da Suécia, o belga, que acelera o Hyundai i20 ao lado do navegador Nicolas Gilsoul, ampliou a vantagem para os adversários e abriu 22s7 para o piloto vice-líder da prova, Craig Breen, da Citroën. Já o norueguês Andreas Mikkelsen, um dos companheiros de equipe de Neuville na Hyundai, finalizou o sábado em terceiro lugar.
 
Única prova inteiramente disputada na neve, o Rali da Suécia acontece na cidade de Torsby. O clima não deu trégua para pilotos, navegadores e equipes de apoio, como é natural neste ano na cidade, que fica próxima à fronteira com a Noruega, com os termômetros variando entre -7 e -3ºC.
 
Sébastien Ogier, em contrapartida, vai tentando amenizar o prejuízo depois de uma sexta-feira sofrível. Por conta da sua atual condição de líder do campeonato, o pentacampeão mundial teve de abrir caminho e lidou com muitas dificuldades nas especiais, além de ter perdido tempo na sétima etapa. O piloto da M-Sport Ford fechou a sexta-feira em 12º e, neste sábado, buscou ao menos entrar na zona de pontuação. E conseguiu ao finalizar o sábado em décimo. Mas uma luta pela vitória está fora de questão para Ogier.
Thierry Neuville literalmente voa sobre a neve no Rali da Suécia (Foto: Reprodução)
Neuville, pelo contrário, teve um sábado perfeito na neve de Torsby ao vencer quatro das oito especiais em disputa. Ott Tänak, piloto da Toyota que também faz uma prova de recuperação depois de finalizar a sexta-feira em nono no geral, também fez boas especiais e venceu três delas ao lado do seu navegador, o também estoniano Martin Järveoja. Craig Breen sustentou a vice-liderança e conseguiu vencer mais uma etapa para a Citroën ao lado de Scott Martin.
 
A quarta colocação do Rali da Suécia é de Hayden Paddon, que corre nesta etapa com o Hyundai i20 WRC no lugar de Dani Sordo. O neozelandês, que está a 48s6 de Neuville, supera momentaneamente um dos então favoritos à vitória, Mads Ostberg, da Citroën. Outros dois pilotos que costumam andar muito bem na neve, Esapekka Lappi e Jari-Matti Latvala, finlandeses da Toyota, aparecem em sexto e sétimo, mas com diferença bem considerável para o líder. Lappi está 1min05s8 atrás, enquanto Latvala tem mais de 2min de atraso.
 

Um dos destaques da prova é o finlandês Teemu Suninen, que disputa o Rali da Suécia com o terceiro Ford Fiesta WRC da M-Sport. O nórdico está em oitavo, logo à frente de Tänak, com Ogier completando o rol dos dez primeiros colocados.
 
A programação de domingo do Rali da Suécia é bastante curta, com apenas três especiais: a SS17, Likenãs 1, de 7,50 km; SS18, Likanãs 2, de 9,51 km; e o Power Stage de 12,18 km, a SS19, que acontece em Torsby, base do WRC na segunda etapa da temporada 2018.

Últimas Notícias
domingo, 24 de junho de 2018
F3
F1
F1
DTM
Outras
F1
F2
sábado, 23 de junho de 2018
F1
Indy
Indy
F2
Indy
Indy
F1
Indy
Galerias de Imagens
Facebook