Stock Car
07/04/2018 12:07

Barrichello desbanca favorito Serra e garante pole-position da etapa de Curitiba da Stock Car

Tudo indicava que Daniel Serra e Felipe Fraga brigariam pela pole-position nesta tarde em Curitiba. Mas o Q3 também tinha Rubens Barrichello. Com volta primorosa na sua tentativa, o campeão de 2014 mostrou que segue em forma e vai largar na frente na segunda etapa do ano. Serra larga em segundo, com 0s274 de diferença para o pole. E Marcos Gomes, da Cimed, completa o top-3
Warm Up, de Curitiba / FERNANDO SILVA, de Curitiba
 Rubens Barrichello festeja a pole nesta tarde em Curitiba (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)

Quase um mês depois da grande exibição ao lado de Filipe Albuquerque, do segundo lugar e de toda a emoção na Corrida de Duplas em Interlagos, Rubens Barrichello mostrou mais uma vez que está em plena forma. Na tarde deste sábado (7), o campeão em 2014 sobrou na fase final do treino classificatório para a etapa de Curitiba e marcou a oitava pole-position da carreira. Barrichello superou aquele que despontava como um dos favoritos, Daniel Serra, por 0s274. Diferença enorme considerando que os seis primeiros do Q2 foram separados por meros 0s090.
 
Serra vai largar na primeira fila, em segundo, enquanto Marcos Gomes e Max Wilson vão largar logo atrás, formando outra fila de campeões. Felipe Fraga, que foi o melhor no Q1 e no Q2, não conseguiu repetir a performance no Q3 e vai partir em quinto, ao lado do novato na Stock Car, Lucas Di Grassi.
 
A primeira corrida do domingo tem largada prevista para 11h (horário de Brasília), enquanto o desfecho da rodada dupla está marcado para 12h05, com transmissão ao vivo pelo canal SporTV 3. O GRANDE PRÊMIO acompanha ‘in loco’ a etapa de Curitiba com os repórteres Felipe Noronha e Fernando Silva.
Rubens Barrichello festeja a pole nesta tarde em Curitiba (Foto: Duda Bairros/Vicar/Vipcomm)
Saiba como foi o treino classificatório da Stock Car em Curitiba

Q1 indica embate entre Fraga e Serra pela pole


O primeiro dos dois grupos a ir para a pista na abertura do Q1 teve Nelsinho Piquet puxando a fila na sua primeira classificação 'solo' na Stock Car. O piloto da Texaco Full Time logo se colocou na frente, mas por pouco tempo. O rival Lucas Di Grassi, na esteira de um bom trabalho no terceiro treino, superou seu tempo e foi para a ponta.

Entretanto, a experiência falou mais alto, e o campeão Daniel Serra se colocou na liderança com 1min18s132. Só que Fraga, que também costuma andar muito bem em Curitiba, superou o paulista e assumiu a dianteira do Q1 para o primeiro grupo com 1min18s086. Di Grassi ficou em terceiro, à frente de Max Wilson e Cacá Bueno. Thiago Camilo foi o sexto, seguido por Átila Abreu, Guilherme Salas e Nelsinho Piquet, o décimo. Fernando Croce, em P18, novamente ficou com tempo muito acima dos demais: exatos 3s710 atrás de Fraga.
Rubens Barrichello apareceu bem demais na sessão classificatória em Curitiba (Foto: Hyset)
Na sequência, mais 14 pilotos aceleraram nos oito minutos do Q1 para o segundo grupo. Denis Navarro puxou a fila do pelotão. Mas quem cravou grande volta foi Rubens Barrichello, que subiu para quinto lugar no geral. Mas a escalada dos pilotos do G2 foi freada em razão de um problema no carro de Bia Figueiredo, que teve de encostar no gramado da pista. Assim, a direção de prova acionou a bandeira vermelha com menos de dois minutos para o fim da sessão. Cenário que prejudicou boa parte dos pilotos na pista.

Cerca de dez minutos depois, a pista foi liberada, e os competidores do G2 tiveram, na prática, apenas uma volta lançada para buscar um lugar no Q2. No fim das contas, avançaram: Felipe Fraga, Daniel Serra, Júlio Campos, Lucas Di Grassi, Rubens Barrichello, Max Wilson, Cacá Bueno, Antônio Pizzonia, Gabriel Casagrande, Marcos Gomes, Ricardo Zonta, César Ramos, Thiago Camilo, Bruno Baptista e Denis Navarro.

Equilíbrio é a marca do Q2: só 0s090 separam os seis primeiros

A segunda batalha da tarde foi pela definição dos seis candidatos à pole no Q3. Navarro abriu a tabela de tempos com 1min18s733, tempo bastante alto e que loo foi batido pelos grandes favoritos. Foi aí que brilhou a estrela de Barrichello, que cravou belo tempo: 1min18s066. Só que o campeão Serrinha respondeu de imediato e superou Rubens por meros 0s053. Quem também se colocava entre os três primeiros era Marcos Gomes — dono de duas vitórias em Curitiba —, entre Serra e Barrichello.
Max Wilson garantiu a última vaga do Q3 (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Fraga, contudo, se mostrava com amplas condições de lutar pela pole. Em desempenho bastante positivo da Cimed, o campeão de 2016 subiu para a ponta com 1min18s009, apenas 0s004 à frente de Serra. No zerar do cronômetro, Fraga, Serra, Margos Gomes, Barrichello, Di Grassi e Max Wilson conseguiram avançar à fase final do treino. Os seis primeiros separados por míseros 0s090. Ramos bem que tentou uma última tentativa, mas foi o primeiro dentre os eliminados, garantindo o sétimo lugar no grid.

Barrichello sorri por último e crava pole em Curitiba

Sexto no segundo segmento do treino, Max Wilson foi o primeiro a buscar sua volta rápida na definição da pole. O campeão de 2010 marcou 1min18s338. Em seguida, Di Grassi partiu para marcar tempo. Mas o novato da Hero não conseguiu se aproximar de Max com 1min18s416, 0s078 atrás do veterano.

Barrichello, um dos destaques da classificação, acelerou na sequência. Com as três parciais superiores às de Max, o campeão anotou excelente volta: 1min18s029, ficando muito perto da pole. Mas ainda faltavam três pilotos: Marcos Gomes foi o próximo. O piloto da Cimed conseguiu subir para segundo. Mas a diferença tão grande para Barrichello mostra o quanto sua volta foi próxima da perfeição: 0s285.

Restavam os dois que despontaram como favoritos à pole. Serra acelerou para tentar largar na frente, mas nem o atual campeão conseguiu chegar perto do tempo de Rubens, ficando 0s274 atrás, em segundo. Só mesmo Felipe Fraga poderia desbancar Barrichello. Mas quem sorriu por último mesmo foi o dono do carro #111, que vibrou com a pole-position nesta tarde no Autódromo Internacional de Curitiba.

Stock Car 2018, Curitiba, corrida 1, grid de largada: 

1 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME   1:18.029  
2 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA   1:18.303 +0.274
3 80 MARCOS GOMES SP CIMED   1:18.341 +0.312
4 65 MAX WILSON SP RC/EUROFARMA   1:18.338 +0.309
5 40 FELIPE FRAGA PA CIMED   1:18.390 +0.361
6 11 LUCAS DI GRASSI SP HERO   1:18.416 +0.387
7 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU   1:18.236 +0.207
8 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI DONADUZZI   1:18.338 +0.309
9 0 CACÁ BUENO RJ CIMED   1:18.388 +0.359
10 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL   1:18.413 +0.384
11 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI DONADUZZI   1:18.532 +0.503
12 44 BRUNO BAPTISTA SP HERO   1:18.543 +0.514
13 10 RICARDO ZONTA PR SHELL RACING   1:18.554 +0.525
14 5 DENIS NAVARRO SP CAVALEIRO   1:18.733 +0.704
15 21 THIAGO CAMILO SP IPIRANGA RACING   1:18.971 +0.942
16 18 ALLAM KHODAIR SP BLAU   1:18.551 +0.522
17 51 ÁTILA ABREU SP SHELL RACING   1:18.579 +0.550
18 117 GUILHERME SALAS SP HOT CAR/BARDAHL   1:18.594 +0.565
19 33 NELSINHO PIQUET DF TEXACO RACING   1:18.632 +0.603
20 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN   1:18.640 +0.611
21 12 LUCAS FORESTI DF CIMED   1:18.677 +0.648
22 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN   1:18.752 +0.723
23 70 DIEGO NUNES SP TEXACO RACING   1:18.818 +0.789
24 28 GALID OSMAN SP CAVALEIRO   1:18.821 +0.792
25 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO   1:18.857 +0.828
26 8 RAFAEL SUZUKI SP HOT CAR/BARDAHL   1:18.886 +0.857
27 45 FABIO CARBONE SP SCUDERIA COLÓN   1:19.163 +1.134
28 73 SÉRGIO JIMENEZ SP SQUADRA G-FORCE   1:19.208 +1.179
29 25 TUKA ROCHA SP VOGEL   1:19.220 +1.191
30 9 GUGA LIMA PR SQUADRA G-FORCE   1:19.351 +1.322
31 61 FERNANDO CROCE SP SCUDERIA COLÓN   1:21.796 +3.767
32 90 RICARDO MAURÍCIO SP FULL TIME   1:21.802 +3.773
33 3 BIA FIGUEIREDO SP IPIRANGA RACING   1:21.885 +3.856
CEDO DEMAIS?

ALONSO ENTRA NO ‘MODO EMPOLGOU’ ANTES DO TEMPO