Stock Car
10/12/2017 16:10

Campeão da Stock Car, Serra termina temporada 2017 com 47 pontos de frente para Camilo. Confira classificação final

A pontuação dobrada ajudou Daniel Serra a fechar a temporada que o coroou como campeão da Stock Car com uma margem bem ampla para Thiago Camilo, o que não reflete como foi a temporada em si. Na tabela final de 2017, Serrinha fechou com 371 pontos, enquanto Camilo terminou com 324. Max Wilson passou Átila Abreu e finalizou o ano como terceiro colocado
Warm Up, de Interlagos
FERNANDO SILVA, de Sumaré

Daniel Serra começou a temporada que o consagrou como campeão da Stock Car na liderança do campeonato, foi igualado e, depois, superado por Thiago Camilo, mas retomou o posto na Corrida do Milhão para não perder mais a ponta e fechar com o título mais cobiçado do automobilismo nacional. Na manhã deste domingo (10) em Interlagos, Serrinha finalizou em terceiro lugar, atrás dos companheiros de equipe Eurofarma, Ricardo Maurício e Max Wilson. O resultado, combinado com o 14º posto alcançado por Thiago Camilo, o levou a terminar o ano com uma boa margem na liderança da tabela. Muito também por conta da pontuação dobrada.
 
E a diferença dá uma imagem distorcida do que foi o campeonato do início ao fim. Serrinha, com o resultado deste domingo, finalizou a temporada com um total de 371 pontos, 47 a mais que Camilo, que encerrou um campeonato da Stock Car pela terceira vez como vice-campeão.
 
Wilson, que foi ao pódio na etapa final do campeonato, superou Átila Abreu também em razão da regra da pontuação dobrada e terminou o ano como o terceiro colocado e 292 pontos somados. Em contrapartida, o sorocabano da TMG/Shell Racing acabou abandonando depois de uma jornada difícil e fechou o ano em quarto, com 256 tentos, dois a mais em relação ao campeão de 2016, Felipe Fraga, oitavo colocado em Interlagos.
Daniel Serra festeja com o troféu de campeão da Stock Car em 2018 (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Rubens Barrichello também ficou bem perto de Átila e Fraga. Na sua 100ª corrida como piloto da Stock Car, o piloto da Full Time finalizou em quinto e, no geral, concluiu sua quinta temporada na categoria como sexto, com 251 pontos, à frente de Marcos Gomes, com 242 tentos, e Ricardo Maurício, o grande vencedor da etapa final, que aproveitou o ‘boost’ de 60 pontos com a vitória em Interlagos para subir para 241, concluindo na oitava posição na classificação geral.
 
Cacá Bueno terminou sua primeira temporada desde 2014 sem vitórias na Stock Car. Correndo pela equipe Cimed em 2017, o pentacampeão viveu um ano difícil e, particularmente, uma prova bastante complicada em Interlagos. O carioca começou o fim de semana em sexto, mas como terminou a prova derradeira apenas em 17º, somou apenas dez pontos no domingo e encerrou o ano com 227, em nono lugar. 
Thiago Camilo é aplaudido por Daniel Serra no pódio final da Stock Car (Foto: Duda Bairros/Vicar)

E para fechar o top-10, Gabriel Casagrande sacramentou a melhor temporada da sua carreira. O piloto da Vogel completou o ano com 186 pontos, dez a mais que Ricardo Zonta, da TMG/Shell Racing, dono de duas vitórias em 2017 na Stock Car.

No certame entre as equipes, a RC/Eurofarma completou 2017 como a grande campeã e somou 612 pontos. A Cimed Racing foi a vice-campeã e marcou 466 tentos, com a TMG/Shell Racing fechando o top-3, com 431. A A.Mattheis/Ipiranga, equipe de Camilo e Galid Osman, foi a quarta, com 413, enquanto a RCM, o time B de 'Meinha', completou a lista das cinco melhores equipes do grid da Stock Car nesta temporada.

Stock Car, temporada 2017, classificação final: 

          Poles Vitórias PONTOS
1 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA 4 4 371
2 21 THIAGO CAMILO SP IPIRANGA RACING 2 2 324
3 65 MAX WILSON SP RCM/EUROFARMA 1 1 292
4 51 ÁTILA ABREU SP TMG/SHELL RACING 1 2 256
5 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME 1 2 251
6 40 FELIPE FRAGA PA CIMED 1 4 250
7 80 MARCOS GOMES SP CIMED - - 242
8 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC/EUROFARMA 1 3 241
9 0 CACÁ BUENO RJ CIMED - - 225
10 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL - - 184
11 10 RICARDO ZONTA PR TMG/SHELL RACING - 2 174
12 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI-DONADUZZI - - 149
13 70 DIEGO NUNES SP HERO - - 148
14 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN - - 136
15 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN - 1 126
16 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI-DONADUZZI -   126
17 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME - - 100
18 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO - - 93
19 28 GALID OSMAN SP IPIRANGA RACING 1 - 92
20 25 TUKA ROCHA SP RCM - - 90
21 5 DENIS NAVARRO SP CIMED - - 88
22 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL - - 87
23 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU - - 70
24 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO - - 65
25 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR/BARDAHL - - 59
26 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU - - 43
27 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY - - 37
28 44 ALBERTO VALÉRIO MG HERO - - 33
29 544 AUGUSTO FARFUS PR HERO - - 30
30 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY - - 28
31 9 GUGA LIMA PR HOT CAR/BARDAHL - - 19
32 188 BETO MONTEIRO PE MICO'S - - 9
FALTA DE HONESTIDADE

PERDA DE ETAPA DA FÓRMULA E É DESASTROSA PARA SÃO PAULO


Últimas Notícias
segunda-feira, 22 de janeiro de 2018
Endurance
Rali
Rali
Endurance
F1
F1
F1
Rali
Rali
F1
F1
F1
F1
domingo, 21 de janeiro de 2018
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook