Stock Car
17/05/2018 06:30

Consenso aponta que Stock Car tem grid mais forte de sua história. E 'disputa pelo vice' mostra que ideia é verdadeira

Temporada 2018 da principal categoria brasileira teve adição de nomes tão fortes que, somados aos já tradicionais, colocaram o grid da Stock Car atual como o mais poderoso da história da quase quarentenária categoria. Curiosamente, o que parece provar este ponto é a disputa pelo vice, não pelo título
Warm Up
FELIPE NORONHA, de São Paulo

"Concordo! Concordo, concordo". O tom de exclamação positiva de Reginaldo Leme ao assentir que o grid atual da Stock Car é o melhor da história da categoria - quando questionado pelo GRANDE PRÊMIO - mostra que essa é uma opinião que não está só entre os pilotos, mas que já parece ser consenso do mundo do automobilismo brasileiro, entre comentaristas e fãs que acompanham de perto.

Cacá Bueno já havia afirmado o mesmo ao GP, assim como Ingo Hoffman - dois nomes que, juntos, somam 17 títulos da categoria, os dois maiores campeões. Ou seja: o reconhecimento vem de quem está no topo.

2018 é o ano da chegada de dois ex-F1, por exemplo: Lucas di Grassi e Nelsinho Piquet. Dois nomes, aliás, que também são campeões da Fórmula E. Eles não são os únicos com passagem pela principal categoria mundial - nomes como Rubens Barrichello, Ricardo Zonta e Antonio Pizzonia fortalecem o grid. E isso lembrando só dos monopostos. Em termos de turismo, a qualidade também é destaque: "Eu acho que o grid da Stock é assim: metade do grid correria em qualquer categoria de turismo do mundo. Isso eu tenho certeza absoluta", disse Leme.

Daniel Serra, atual campeão e líder, venceu Le Mans em 2017. Felipe Fraga foi, em 2016, o campeão mais jovem da história da categoria. Marcos Gomes tem feito sucesso no exterior. Thiago Camilo persegue o título e bate na trave há anos. A lista de nomes que indicam esta força da Stock Car é longa.

Mas a análise feita se baseando apenas pelos nomes pode não ser a ideal. Claro, é o jeito mais fácil de provar este ponto. A disputa na pista é outro - mas depende, também, da qualidade do carro que cada piloto possui. Por isso, abaixo, a visão será de outra forma: na 'disputa pelo vice' da atual temporada.
Pódio da corrida 2 em Londrina teve nomes fortíssimos: Barrichello, Di Grassi e Serra (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Com Serra disparado na liderança após quatro etapas, e com o melhor carro do grid, além de um momento espetacular que já vem desde o ano passado, é difícil imaginar que alguém chegue para brigar com ele pelo título. Porque qualquer um que sonhe em se aproximar encontra uma multidão pensando e buscando o mesmo. 

E é aí que o grid da Stock Car se mostra o mais poderoso dos 39 anos de categoria. Dos 10 pilotos que seguem Serra na classificação, é impossível apontar um nome como "destoante", como alguém que não poderia brigar pelo título por sua qualidade. Em exemplo fácil, esse exercício é impossível de ser feito na F1: Nico Hülkenberg, hoje 8°, não tem pódios na categoria, por exemplo. E alguém colocaria Kevin Magnussen e Carlos Sainz como candidatos ao título puramente pelo talento, na atualidade?

Na Stock Car, não. Cacá é multicampeão; Fraga já tem seu título e foi um dos que mais venceu em 2017; Barrichello dispensa apresentações; Wilson divide o carro mais forte do grid com Serra; Di Grassi já venceu duas corridas mesmo novato; Gomes tem título;  Júlio Campos carrega quase sozinho a Prati Donaduzzi; Zonta é ex-F1; Thiago Camilo é dos mais famosos entre os fãs; e, talvez, Gabriel Casagrande seja quem destoe levemente, ainda jovem.
O pódio da corrida 1 no Velopark foi outro de alto nível(Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)
Outro ponto é a imprevisibilidade das equipes. Se é normal no automobilismo categorias terem duas ou três equipes dominando uma temporada, a Stock Car vê quase um revezamento de pódios e boas colocações. 

A Eurofarma tem o melhor carro do grid neste primeiro semestre, mas a Cimed coloca dois pilotos no top-3 e com vitórias. Entre os mesmos 11 citados anteriormente, os do topo da tabela, outras seis equipes aparecem: Full Time, Hero, Prati, Shell, Vogel e A. Mattheis.

Não há fã de automobilismo acostumado com tantos carros diferentes brigando pela ponta na pista. E ter um piloto acima dos demais (ao menos momentaneamente), como Serra, só mostra que há talento demais na Stock Car.

Mesmo que ele dispare de vez para o título, há o que se observar do segundo para baixo. O que não há em outras categorias. Por isso, a Stock Car vale o acompanhamento. Há uma história das mais interessantes sendo ali construída.

A NOVA ESTRELA DA FÓRMULA E

DECISÃO DE MASSA PELA FE É OUSADA, CORAJOSA E MUITO SEGURA


Últimas Notícias
quinta-feira, 17 de maio de 2018
Copa Truck
Stock Car
Indy
quarta-feira, 16 de maio de 2018
Indy
F1
Copa Grande Prêmio
Indy
F1
Copa Truck
Indy
F1
Stock Car
F1
F-E
Stock Car
Galerias de Imagens
Facebook