Stock Car
23/04/2017 14:55

Fraga vence corrida 2 marcada por forte acidente envolvendo Foresti e Pizzonia e 'roda voadora' no Velopark

O atual campeão da Stock Car venceu sua primeira corrida em 2017. Mas a prova que fechou a rodada dupla no Velopark foi bastante conturbada, marcada por um forte acidente envolvendo Antonio Pizzonia e Lucas Foresti e uma roda que se soltou do carro de Márcio Campos e, por muito pouco, não acertou um fiscal de pista
Warm Up, do Velopark / FERNANDO SILVA,  do Velopark
 Felipe Fraga (Foto: Bruno Terena/RF1)

 

A tensão foi a grande marca da corrida que fechou a rodada dupla do Velopark, a segunda da temporada 2017 da Stock Car, na tarde deste domingo (23). Um forte acidente envolvendo Antonio Pizzonia, que acelerou no trecho do S da primeira curva e acertou Lucas Foresti, assustou, com os dois pilotos sendo levados ao centro médico do autódromo localizado em Nova Santa Rita — região metropolitana de Porto Alegre. Outro incidente assustador foi quando a roda traseira direita do carro de Márcio Campos se soltou e, em alta velocidade, passou muito perto de acertar um fiscal de pista postado em uma cabine. Por sorte, ninguém se feriu.

Na pista, se deu melhor quem largou na frente. Atual campeão da Stock Car, Felipe Fraga conquistou sua primeira vitória em 2017. Uma vitória que veio depois de travar dura batalha por um bom tempo com Gabriel Casagrande. Mas o paraense radicado no Tocantins fez valer o melhor carro e, depois de um fim de semana difícil, teve enfim bons motivos para comemorar.

Outro piloto que fez uma corrida valente foi o sempre aguerrido Valdeno Brito, que conseguiu terminar em segundo depois de superar Marcos Gomes no fim da etapa. Átila Abreu também se destacou com a quarta colocação, enquanto Rubens Barrichello completou o top-5. Ricardo Zonta foi o sexto, à frente de Daniel Serra. Ricardo Maurício foi o oitavo, seguido por Thiago Camilo e Guilherme Salas garantindo um bom resultado com o décimo lugar.

Na soma dos resultados deste fim de semana, há um empate na liderança do campeonato: Thiago Camilo e Serra somam 69 pontos e comandam a tabela da temporada 2017, que terá sua terceira etapa dentro de um mês, novamente no Rio Grande do Sul, no circuito de Nova Santa Rita.
Felipe Fraga garantiu a primeira vitória no ano em uma corrida tensa no Velopark (Foto: Bruno Terena/RF1)
Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car no Velopark

Décimo colocado na primeira corrida do fim de semana, Fraga garantiu o direito de largar na frente na prova derradeira deste domingo no Velopark. E o atual campeão da Stock Car sustentou a ponta na primeira volta, sendo seguido de perto por Gabriel Casagrande, segundo no grid. Foi uma largada com poucos problemas. Apenas Rafael Suzuki rodou quando ocupava o 15º lugar e caiu para o fim do pelotão. Camilo, que ganhou minutos antes e abriu a corrida em décimo, perdeu posições para Julio Campos e Sergio Jimenez, dois dos seus contemporâneos dos tempos de kart.

Fraga teve um grande desafio no início da corrida. Um desafio chamado Gabriel Casagrande. Com boa performance desde a corrida 1, o paranaense se tornou um grande adversário no duelo contra o atual campeão, se revezando na ponta durante os acionamentos do botão de ultrapassagem. Lá atrás, Guga Lima e Diego Nunes, que venceu no ano passado no Velopark, se envolveram em um incidente e rodaram. Quem também tinha problemas era Julio Campos, que fazia grande prova, mas ficou na área de escape quando vinha em sétimo.

Valdeno, em terceiro, acompanhava o duelo entre os jovens talentos da Stock Car bem de perto, mas tinha de se atentar para Max Wilson, que vinha logo atrás. Os dois também se alternavam na terceira colocação durante o acionamento do botão de ultrapassagem. Barrichello aparecia em quinto, seguido por Marcos Gomes, Ricardo Maurício e Cacá Bueno. Serrinha e Camilo fechavam a lista dos dez primeiros colocados.

Na décima volta, Márcio Campos teve um problema no seu carro e viu a roda traseira esquerda escapar em alta velocidade, passando muito perto da cabine onde estavam localizados um fiscal de pista, indo para bem longe da pista. Em seguida, Antonio Pizzonia lutou com Tuka Rocha por posição e rodou na entrada da primeira curva. O amazonense tentou voltar à pista depois de ver passar os carros de Átila Abreu e Ricardo Zonta, acelerando em seguida. Mas Lucas Foresti, que vinha logo atrás, não conseguiu evitar o impacto e bateu forte. Betinho Valério vinha bem, mas também se envolveu na batida e ficou fora da prova.



Foresti reclamou de dores fortes na costela e foi atendido pela junta médica da Stock Car, liderada pelo Dr. Dino Altmann. Pizzonia também sentia dores. E a corrida entrou novamente sob regime de safety-car para que os destroços dos carros pudessem ser removidos. Lucas foi removido de maca junto ao centro médico para ser examinado com maior precisão. Pizzonia foi mancando para o ambulatório no Velopark.

A relargada aconteceu na 11ª volta da prova, com Fraga na frente e Casagrande logo atrás. Valdeno era o terceiro, pressionado por Marcos Gomes, enquanto Max Wilson e Rubens Barrichello vinham na sequência. Cacá e Jimenez, que lutavam pela décima posiçã, se enroscaram na curva 1, com o piloto da Hot Car levando a pior e passando na área de escape.

A janela para o pit-stop obrigatório se abriu quando restavam 15 minutos para o fim da corrida 2. Seguramente era o momento que definiria a disputa no Velopark. Fraga foi um dos primeiros a fazer o reabastecimento, enquanto Casagrande retomava a ponta. Max, que vinha em terceiro e numa ótima posição até para assumir a liderança do campeonato, rodou na entrada da reta oposta e perdeu posições preciosas. Quando entrou no pit-lane, o carro de Wilson começou a pegar fogo, que foi rapidamente apagado pelos mecânicos.

Após a janela de pit-stops obrigatórios, Fraga voltou a liderar a corrida e se colocou a caminho da sua primeira vitória em 2017. Átila Abreu e Ricardo Zonta ganharam posições preciosas na base da estratégia, repetindo o que aconteceu com o paranaense em Goiânia, e estavam em ótima posição na prova. Átila vinha em quinto, duas posições à frente do seu companheiro de TMG/Shell Racing, com Barrichello entre eles.

Nos últimos giros, Valdeno conseguiu completar uma grande corrida ao ultrapassar Marcos Gomes para ganhar a segunda posição. Átila também ganhou uma posição, se aproveitando de um problema com Casagrande, que despencou para fora do top-10. Átila terminou em quarto, à frente de Barrichello e Ricardo Zonta. Daniel Serra, com o sétimo lugar, empatou na liderança com Thiago Camilo, nono. E Fraga finalmente voltou a comemorar uma vitória na Stock Car, a primeira do atual campeão em 2017.

Stock Car 2017, Velopark, corrida 2, final:

1 88 FELIPE FRAGA PA CIMED PROGP Chevrolet 39 voltas
2 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES Chevrolet +2.173
3 80 MARCOS GOMES SP CIMED Chevrolet +2.991
4 51 ÁTILA ABREU SP TMG Chevrolet +3.990
5 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +4.479
6 10 RICARDO ZONTA PR TMG Chevrolet +5.395
7 29 DANIEL SERRA SP RC Chevrolet +6.463
8 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +9.250
9 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS Chevrolet +10.559
10 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL Chevrolet +14.660
11 25 TUKA ROCHA SP RCM Chevrolet +24.610
12 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR Chevrolet +27.284
13 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL Chevrolet +30.206
14 9 GUGA LIMA PR HOT CAR Chevrolet +31.464
15 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO Chevrolet +42.181
16 70 DIEGO NUNES SP FULL TIME BASSANI Chevrolet +1 volta
17 0 CACÁ BUENO RJ CIMED Chevrolet +6 voltas
18 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO Chevrolet +11 voltas
19 65 MAX WILSON SP RCM Chevrolet +18 voltas
20 44 ALBERTO VALÉRIO MG FULL TIME BASSANI Chevrolet +28 voltas
21 1 ANTONIO PIZZONIA AM RX MATTHEIS Chevrolet +29 voltas
22 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY Chevrolet +29 voltas
23 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +29 voltas
24 5 DENIS NAVARRO SP CIMED PROGP Chevrolet +30 voltas
25 4 JÚLIO CAMPOS PR RX MATTHEIS Chevrolet +34 voltas
26 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU Chevrolet +34 voltas

PADDOCK GP #74 DEBATE: QUAIS OS PILOTOS COM POTENCIAL DE FUTURO CAMPEÃO MUNDIAL DE F1?