Stock Car
22/10/2017 14:59

Maurício ultrapassa Fraga nas voltas finais e vence corrida 2 insana em Tarumã. Átila vai ao pódio e Serra abandona

Foi uma corrida confusa e ao mesmo tempo empolgante, cheia de ultrapassagens e alternativas do início ao fim. Riu melhor quem riu por último: Ricardo Maurício, que viveu um fim de semana bastante complicado, mas garantiu mais uma vitória na Stock Car. Felipe Fraga foi o segundo e Átila Abreu fechou o pódio. Márcio Campos brilhou e até lutou pela vitória, enquanto Thiago Camilo foi 12º
Warm Up
FERNANDO SILVA, de Sumaré

O desfecho da rodada dupla de Tarumã da Stock Car foi marcado por uma corrida insana, cheia de boas brigas na pista, ultrapassagens e muita variação de estratégia, com resultado imprevisível. No fim das contas, depois de largar em 16º, Ricardo Maurício deu à RC/Eurofarma a segunda vitória neste domingo (22) depois de surgir com força nas voltas derradeiras, passando os dois grandes protagonistas da disputa: Márcio Campos, piloto da casa, e Felipe Fraga, que resistiu aos ataques de Átila Abreu no fim para se colocar em segundo lugar na corrida, resultado fundamental para suas pretensões de título. Átila levou a TMG/Shell Racing ao pódio na última corrida do fim de semana.

Márcio Campos foi o quarto colocado, seguido por Allam Khodair. Gabriel Casagrande finalizou em sexto, à frente de Tuka Rocha e Cacá Bueno. Sergio Jimenez foi o nono, enquanto Ricardo Zonta, que venceu, mas não levou a corrida 1, completou a relação dos dez primeiros. Thiago Camilo, depois de ter largado dos boxes, fechou em 12º, enquanto Daniel Serra abandonou.

A próxima etapa da Stock Car, a penúltima do ano, acontece em Goiânia no próximo dia 19 de novembro.
Após um fim de semana pra lá de difícil, Ricardo Maurício venceu a corrida 2 em Tarumã (Foto: Vanderley Soares/Ppress)
Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car em Tarumã

Antes da largada, a Stock Car anunciou os três pilotos agraciados com o 'Hero Push', o botão de ultrapassagem extra cedido pelos fãs após votação no site oficial da categoria. Átila Abreu foi o melhor votado, enquanto Gabriel Casagrande e Felipe Fraga também conseguiram o acionamento extra na corrida.

Vice-líder do campeonato, Thiago Camilo abriu mão da oitava posição no grid de largada para arriscar tudo na corrida 2. O piloto optou por largar dos boxes com quatro pneus novos, apostando em maior chance para evoluir e garantir um bom resultado ao longo da prova.

Na largada, Denis Navarro conseguiu sustentar sua primeira posição, enquanto Rubens Barrichello perdeu o segundo lugar para Júlio Campos. Até que, com três minutos de prova, o safety-car entrou na pista em razão de pneus espalhados na zona da chicane de Tarumã. O pelotão se aproximou e beneficiou quem largou dos boxes, como Camilo, Bia Figueiredo e Felipe Lapenna.
Márcio Campos foi um dos destaques da insana corrida 2 em Tarumã (Foto: Duda Bairros/Vicar)
A corrida era confusa mesmo com o safety-car. Ninguém menos que o líder da prova, Denis Navarro, abandonava a disputa, assim como seu companheiro de Cimed, Marcos Gomes. Segundo o canal SporTV, foi uma estratégia da Cimed para poupar equipamento e pneus visando as duas últimas etapas do ano. 
 
E até o giroflex do safety-car apresentava problemas e não conseguia funcionar, falhando na sinalização para os pilotos que vinham atrás.
 
Com o abandono de Navarro, Júlio Campos subia para a liderança, com Barrichello em segundo e Antonio Pizzonia em terceiro. Daniel Serra aparecia em oitavo e Camilo se colocava em 24º na relargada na volta 4. Mas o amazonense da Prati-Donaduzzi começou a enfrentar problemas no seu carro e acabou por juntar todo o pelotão atrás. César Ramos perdeu o controle do seu carro em meio à confusão e acabou rodando.

Júlio continuava na frente, mas era muito pressionado por Barrichello e pela grande surpresa da prova, Márcio Campos, da Blau. Felipe Fraga, que tinha largado em 27º, subia para quarto, com Átila Abreu fechando o top-5.

Na nona volta, o surpreendente Márcio Campos usava o push-to-pass para assumir a liderança após fazer dupla ultrapassagem. Fraga veio no embalo e subiu para segundo. O piloto da Cimed buscava de todas as formas uma vitória para se manter ainda com boas chances de título em 2017. Átila também deixava Barrichello e Júlio para trás e era o terceiro. Era uma corrida insana em Tarumã.
Felipe Fraga namorou com a vitória até o fim da corrida 2 em Tarumã (Foto: Bruno Terena/RF1)
Com a abertura dos boxes para a janela de pit-stops, Campos entrou para fazer sua parada na volta 15. Vários pilotos entraram nos pits, como Camilo, Barrichello, Serra, Fraga e Tuka Rocha. Na volta das suas respectivas paradas, Márcio voltou logo à frente de Fraga.

Enquanto Campos se desgarrava e tentava abrir vantagem para Fraga, havia outra boa briga no pelotão intermediário envolvendo Camilo, Salas, Galid e Barrichello. Ao tentar atacar o carro de Thiago, Salas rodou à frente do carro #21 e deixou a briga, mas o incidente passava a ser investigado pelos comissários. Lá na frente, finlamente Fraga fazia a ultrapassagem sobre Campos para subir para a liderança da corrida. Mas havia outro grande rival no seu encalço, e não era o gaúcho.

Ricardo Maurício veio de um fim de semana muito ruim, longe de brilhar como Serra ou mesmo Max Wilson. Mas com forte ritmo e boa estratégia para a corrida 2, o bicampeão mostrou que jamais pode ser descartado. Após a janela de pit-stops, o piloto da RC/Eurofarma se colocou entre os primeiros e, após passar Campos, encostou de vez em Fraga na luta pela vitória, trazendo consigo o piloto da Blau. O desfecho da prova se aproximava.

Na abertura da volta 29, não teve jeito. Fraga não conseguiu segurar a pressão de Maurício que, com o auxílio do botão de ultrapassagem, assumiu a liderança. Felipe tinha de lidar com a pressão de Campos e também de Átila Abreu, que vinha muito forte no fim da prova e ainda tinha um trunfo na manga: o 'Hero Push', assim como o atual campeão da Stock Car. No fim das contas, o botão de ultrapassagem fez a diferença e ajudou Átila a cavar um lugar no pódio ao lado de Fraga e do último vencedor da tarde, Ricardo Maurício.

Stock Car 2017, Tarumã, corrida 2, final: 

1 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC/EUROFARMA 41:49.867
2 40 FELIPE FRAGA PA CIMED +1.580
3 51 ÁTILA ABREU SP TMG/SHELL RACING +2.232
4 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU +2.322
5 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME +8.146
6 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL +17.246
7 25 TUKA ROCHA SP RCM +18.098
8 0 CACÁ BUENO RJ CIMED +23.882
9 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR/BARDAHL +24.537
10 10 RICARDO ZONTA PR TMG/SHELL RACING +31.299
11 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES/EISENBAHN +36.777
12 21 THIAGO CAMILO SP IPIRANGA RACING +38.768
13 28 GALID OSMAN SP IPIRANGA RACING +46.566
14 70 DIEGO NUNES SP HERO +50.660
15 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO +51.161
16 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY +51.251
17 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO +56.825
18 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME +1:01.392
19 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL +1:19.966
20 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES/EISENBAHN +1 volta
21 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY +1 volta
22 29 DANIEL SERRA SP RC/EUROFARMA +5 voltas
23 44 ALBERTO VALÉRIO MG HERO +8 voltas
24 9 GUGA LIMA PR HOT CAR/BARDAHL +8 voltas
25 4 JÚLIO CAMPOS PR PRATI DONADUZZI +11 voltas
26 1 ANTONIO PIZZONIA AM PRATI DONADUZZI +23 voltas
27 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU +24 voltas
28 65 MAX WILSON SP RCM/EUROFARMA +26 voltas
29 80 MARCOS GOMES SP CIMED +31 voltas
30 5 DENIS NAVARRO SP CIMED +31 voltas



RITMO DE FESTA

PADDOCK GP CHEGA À EDIÇÃO 100 COM HISTÓRIAS IMPERDÍVEIS DE EDGARD MELLO FILHO
 

Últimas Notícias
domingo, 18 de fevereiro de 2018
Nascar
F1
MotoGP
MotoGP
Nascar
MotoGP
Endurance
Rali
F1
MotoGP
MotoGP
sábado, 17 de fevereiro de 2018
Rali
MotoGP
MotoGP
F1
Galerias de Imagens
Facebook