Stock Car
05/08/2018 17:50

Rimbano faz corrida incrível, larga em último e vence corrida 2 da Stock Light em Goiânia

O piloto da W2/Cimed descreveu a jornada deste domingo como “a melhor corrida da minha carreira”. Pietro Rimbano escalou o pelotão de forma inacreditável e venceu em Goiânia. Enzo Bortoleto fechou em 17º, mas segue líder com 21 pontos de vantagem para o segundo colocado, Raphael Reis
Warm Up, de Goiânia / FERNANDO SILVA, de Goiânia
 Pietro Rimbano parecia não acreditar no que havia acabado de fazer em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm)
Minutos depois de Rubens Barrichello vencer de forma histórica e, pela segunda vez, a Corrida do Milhão da Stock Car, Goiânia foi palco de outra performance ímpar. Desta vez, protagonizada pelo jovem Pietro Rimbano, que teve uma atuação de gala na tarde deste domingo (5) para vencer a corrida 2 da Stock Light, válida pela quarta etapa da temporada 2018. Foi uma vitória de contornos épicos, uma vez que o piloto da W2/Cimed largou de 26º e último lugar.
 
O grande passo para Rimbano chegar à vitória foi dado logo na primeira volta, quando passou nada menos que 13 carros. Uma performance digna de cinema e que se manteve ao longo da corrida, quando, um a um, os oponentes foram superados por Pietro, que cruzou a linha de chegada e comemorou um triunfo singular na sua trajetória nas pistas.
Largada da corrida 2 da Stock Light em Goiânia, com Rimbano saindo no fim do pelotão para vencer (Foto: Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm)
“Sem dúvida, hoje foi a melhor corrida da minha carreira. Não foi apenas sair de último, foi largar de 26º e vencer, algo realmente incrível. Quando olhei aquele pelotão na minha frente, eu já pensei que sofreria muito para chegar em quinto. Consegui algo bem melhor, e a sensação é indescritível”, vibrou.
 
“Queria agradecer à W2, à Cimed Racing e ao Serafin Jr pelo ótimo trabalho de sempre. A estratégia de pit-stop foi perfeita e o resultado foi excelente. Agora vamos seguir tentando subir na tabela”, salientou Rimbano, que cruzou a linha de chegada com 0s580 de vantagem para o piloto da casa, o novato João Rosate, o melhor entre os estreantes em Goiânia. Já a terceira posição foi lograda por outro goiano, Giuseppe Vecci.
 
Murilo Coletta terminou em quarto lugar, seguido por Luiz Floss e Odair dos Santos. Marcel Coletta garantiu o sétimo posto, à frente de Lucas Daleffe, Pedro Boesel e Vinícius Margiota, décimo colocado. Enzo Bortoleto, líder do campeonato, foi o 17º no posicionamento final da corrida, mas se mantém como líder. Isso porque seus concorrentes mais diretos, como Raphael Reis, vencedor de sábado, e Gabriel Robe, 14º colocado, não somaram pontos neste domingo.
A consagração de Pietro Rimbano após a grande vitória em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Stock Car/Vipcomm)
Assim, a classificação do campeonato aponta, após oito corridas disputadas, Bortoleto com 125 pontos, 21 a mais em relação ao vice-líder, Raphael Reis. Gabriel Robe surge em terceiro, com 93, mesma pontuação de Pietro, enquanto João Rosate, o líder entre os novatos, vem em quinto na classificação geral e acumula 84.
 
A quinta rodada dupla da temporada 2018 da Stock Light está marcada para os dias 18 e 19 de agosto no circuito de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.