Stock Car
02/04/2017 13:47

Serra faz corrida segura, sobra e vence corrida de abertura da temporada 2017 da Stock Car em Goiânia

Em corrida marcada por um grande incidente na primeira volta, Daniel Serra não teve problemas e manteve o domínio exibido em todo o fim de semana. Na estreia pela RC Eurofarma, o piloto largou na pole e só perdeu a liderança na janela de pit-stops para confirmar uma vitória tranquila em Goiânia
Warm Up, de Goiânia
FERNANDO SILVA, de Goiânia

 
Daniel Serra conquistou uma vitória soberana na etapa de abertura da temporada 2017 da Stock Car, realizada na tarde deste domingo (2) em Goiânia. Na estreia pela equipe RC Eurofarma, o paulista de 33 anos consolidou o amplo domínio exercido em todo o fim de semana, quando liderou todas as atividades, com exceção do segundo treino livre. Serrinha controlou a corrida e, mesmo com uma pressão de Thiago Camilo nas voltas finais, confirmou o favoritismo e cruzou a linha de chegada na frente, faturando sua 12ª vitória na Stock Car.

Camilo conseguiu um grande resultado depois de ter largado em terceiro lugar. Agora correndo pela A.Mattheis/Ipiranga, Thiago ganhou o segundo posto depois de ficar perto de Max Wilson o tempo todo. Depois, até esboçou ameaçar o líder Serra, mas confirmou o segundo lugar em Goiânia. Max Wilson fechou a corrida 1 em terceiro lugar e garantiu outro carro da Eurofarma no pódio depois de lutar muito contra um dos seus companheiros de equipe, Ricardo Maurício, quarto colocado. Átila Abreu, da TMG/Shel Racing, fechou o top-5.
Daniel Serra consolidou a grande performance no fim de semana com vitória em Goiânia (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Companheiro de equipe de Camilo, Galid Osman foi o sexto colocado, terminando à frente de Cacá Bueno, na sua corrida de estreia com a Cimed. Felipe Fraga, atual campeão da Stock Car e um dos companheiros de Cacá na Cimed, foi o oitavo, à frente de César Ramos, em uma grande corrida na estreia da Blau na categoria, enquanto Tuka Rocha, também da RCM, completou o rol dos dez primeiros colocados. E será Tuka o piloto que vai largar na pole da corrida 2 logo mais, a partir das 14h10 (horário de Brasília).

A prova foi marcada por um incidente na primeira volta que envolveu vários pilotos, como Rubens Barrichello, Júlio Campos, Antônio Pizzonia e Ricardo Zonta, que vão focar na segunda prova deste domingo


Saiba como foi a corrida 1 da etapa de Goiânia da Stock Car

Uma grande confusão envolvendo vários carros marcou a primeira volta da prova. Júlio Campos acabou tocando no carro de Marcos Gomes e, na esteira do incidente, vários carros rodaram e bateram. Não foi um acidente grave, mas vários competidores tiveram suas avarias: além de Campos e Gomes, Márcio Campos, Felipe Fraga, Antônio Pizzonia, Rubens Barrichello, Ricardo Zonta, Allam Khodair, Gabriel Casagrande e Bia Figueiredo. Quem estava mais à frente não teve problemas. Serra largou bem e manteve a liderança da prova.
Um grande incidente marcou a primeira volta da corrida 1 em Goiânia (Foto: Reprodução)
Com a relargada, dada na terceira volta da prova, Serrinha manteve a ponta, seguido de perto por Max Wilson, Thiago Camilo, Átila Abreu e Ricardo Maurício fechando o top-5. Galid aparecia em sexto, enquanto Cacá Bueno, que se deu muito bem no início da prova, pulou da 15ª posição na largada para o sétimo lugar, à frente de Tuka Rocha, Guilherme Salas e Felipe Fraga. Barrichello voltava à pista, assim como seu companheiro de Full Time, Khodair.

Aos poucos, Serrinha conseguia abrir alguma vantagem perante Wilson e mostrava o ritmo consistente que marcou sua jornada em Goiânia. Camilo acompanhava tudo de perto, enquanto Maurício subia para quarto depois de ultrapassar Átila. Mas o sorocabano andava perto do carro #90 da RC. Barrichello, sem ritmo competitivo, voltava para os boxes para se preparar para a segunda corrida do domingo.
Salas e Fraga disputaram a nona colocação durante a prova (Foto: Reprodução)
A luta pelo nono lugar também era bem acirrada e envolvia quatro pilotos: Salas, Fraga, Diego Nunes e, um pouco mais atrás, Rafael Suzuki, que conseguia fazer uma boa corrida depois de ter largado em 20º e ter escapado da confusão na primeira volta. Fraga fazia o uso do botão de ultrapassagem para ganhar a nona colocação e buscava somar pontos mesmo com seu carro avariado após o incidente. Lá na frente, Serrinha mantinha uma boa vantagem sobre o segundo pelotão, com Max Wilson e Camilo logo atrás. Thiago pressionava o carro #65 da RCM/Eurofarma e lutava pelo segundo lugar.

A expectativa estava com uma das novidades da temporada, a janela de reabastecimento, que foi aberta na volta 15. Antes da parada, Diego Nunes e Lucas Foresti conseguiam fazer a ultrapassagem sobre Suzuki, que estava na alça de mira de César Ramos. Dentre os líderes, Maurício foi o primeiro a fazer seu pit-stop, com Cacá Bueno um pouco mais atrás. Ricardo Zonta, depois de ficar por um bom tempo nos boxes da TMG/Shell Racing, voltava à prova para se preparar para a corrida 2.

Serra parou na volta seguinte, assim como Camilo e Max Wilson. Thiago ganhou a posição de Wilson na parada, se colocando como principal oponente de Serrinha na batalha pela vitória em Goiânia. Em meio às paradas dos pilotos, Suzuki chegou a liderar momentaneamente a prova, mas logo Serra retomou a ponta da corrida após o fim da janela de pit-stops. Barrichello e Khodair voltavam à pista para um shakedown, uma preparação visando a corrida 2, assim como fizera Zonta minutos antes.

Camilo ganhou a posição de Max no pit-stop em Goiânia (Foto: Reprodução)
Com a parada de Vitor Genz, Serra retomou a liderança da corrida, seguido por Camilo e Max Wilson, com Maurício em quarto e Galid fechando o rol dos cinco primeiros, se colocando à frente de Átila e Cacá Bueno. Serrinha continuou com seu ritmo forte rumo à vitória, mesmo tendo Camilo por perto, enquanto Max tinha de segurar a pressão de um dos seus companheiros de equipe, Maurício. No fim das contas, Serra confirmou a vitória, com Camilo em segundo e Max fechando o pódio depois de resistir aos ataques de Ricardinho nas voltas finais da corrida.

Stock Car, Goiânia, corrida 1:

1 29 DANIEL SERRA SP RCM Chevrolet 28 voltas  
2 21 THIAGO CAMILO SP A.MATTHEIS Chevrolet +1.291  
3 65 MAX WILSON SP RC Chevrolet +3.720  
4 90 RICARDO MAURÍCIO SP RC Chevrolet +3.915  
5 51 ÁTILA ABREU SP TMG Chevrolet +17.779  
6 28 GALID OSMAN SP A.MATTHEIS Chevrolet +19.027  
7 0 CACÁ BUENO RJ CIMED Chevrolet +23.370  
8 88 FELIPE FRAGA PA CIMED Chevrolet +24.520  
9 30 CÉSAR RAMOS RS BLAU Chevrolet +25.893  
10 25 TUKA ROCHA SP RCM Chevrolet +27.847  
11 70 DIEGO NUNES SP FULL TIME BASSANI Chevrolet +30.336  
12 110 FELIPE LAPENNA SP CAVALEIRO Chevrolet +31.551  
13 8 RAFAEL SUZUKI SP CAVALEIRO Chevrolet +33.945  
14 117 GUILHERME SALAS SP VOGEL Chevrolet +36.019  
15 12 LUCAS FORESTI DF FULL TIME ACADEMY Chevrolet +36.315  
16 46 VITOR GENZ RS CARLOS ALVES Chevrolet +36.709  
17 80 MARCOS GOMES SP CIMED Chevrolet +39.810  
18 73 SÉRGIO JIMENEZ SP HOT CAR Chevrolet +41.504  
19 44 ALBERTO VALÉRIO MG FULL TIME BASSANI Chevrolet +47.210  
20 9 GUGA LIMA PR HOT CAR Chevrolet +52.372  
21 31 MÁRCIO CAMPOS RS BLAU Chevrolet +1:25.349  
22 5 DENIS NAVARRO SP CIMED Chevrolet +1 volta  
23 77 VALDENO BRITO PB CARLOS ALVES Chevrolet +1 volta  
24 111 RUBENS BARRICHELLO SP FULL TIME Chevrolet +18 voltas NC
25 10 RICARDO ZONTA PR TMG Chevrolet +19 voltas NC
26 3 BIA FIGUEIREDO SP FULL TIME ACADEMY Chevrolet +21 voltas NC
27 18 ALLAM KHODAIR SP FULL TIME Chevrolet +22 voltas NC
28 1 ANTONIO PIZZONIA AM RX MATTHEIS Chevrolet +22 voltas NC
29 83 GABRIEL CASAGRANDE PR VOGEL Chevrolet +24 voltas NC
30 4 JÚLIO CAMPOS PR RX MATTHEIS Chevrolet   NC

PADDOCK GP #71 ANALISA ETAPAS DE ABERTURA DAS TEMPORADAS 2017 DA F1 E MOTOGP



Últimas Notícias
segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
F1
F1
F1
F1
F1
Stock Car
F1
F1
MotoGP
F1
F1
F1
domingo, 18 de fevereiro de 2018
Nascar
F1
MotoGP
Galerias de Imagens
Facebook