Stock Car
19/03/2018 11:45

Suzuki e Salas festejam top-10 “muito bom” em estreia pela Hot Car: “Quando a equipe é esforçada, o resultado vem”

Ao lado do convidado francês Jean-Karl Vernay, Rafael Suzuki conquistou nada menos que 21 posições na Corrida de Duplas que abriu a temporada 2018 da Stock Car. Foi uma grande estreia pela Hot Car, assim como a do novo companheiro de equipe, Guilherme Salas, que também foi ao top-10 em Interlagos ao lado do argentino Mariano Altuna
Warm Up / Redação GP,  de Sumaré
 Guilherme Salas acelera seu novo carro nesta quarta-feira em Interlagos (Foto: Fernanda Freixosa/Vicar)

A Hot Car, tradicional equipe chefiada por Amadeu Rodrigues, abriu a temporada 2018 da Stock Car com uma nova dupla de pilotos. Rafael Suzuki e Guilherme Salas se uniram ao time e marcaram um grande resultado logo na prova de estreia, a Corrida de Duplas, em Interlagos. Suzuki, que faz neste ano sua quinta temporada na Stock Car, correu ao lado do francês Jean-Karl Vernay, e comemorou a conquista de 21 posições, sacramentando grande performance no autódromo paulistano ao terminar em oitavo. E Salas, que correu ao lado do argentino Mariano Altuna, também fez bonito e cruzou a linha de chegada logo atrás.
 
Suzuki, um dos destaques da corrida ao lado de Vernay, comemorou o grande trabalho feito na primeira de 12 etapas ao longo da temporada 2018 da Stock Car. O temporal que desabou durante a volta de apresentação em Interlagos apresentou chances mais amplas, e a dupla franco-brasileira conseguiu aproveitar bem as oportunidades depois de largar com o carro #8 em 29º lugar.
Com Suzuki e Salas, a Hot Car teve um bom começo de temporada na Stock Car (Foto: Vanderley Soares)
“Foi muito bom. Santa chuva, que caiu na hora certa. Na hora que eu vi a chuva, comemorei. Não por excesso de confiança, mas obviamente porque a chuva cria algumas variáveis. No meu stint, a visibilidade no carro estava muito boa, ele era rápido e deu para escalar o pelotão e aproveitar as confusões que aconteceram”, salientou Rafael, elogiando o parceiro francês.
 
“O Vernay foi muito bem. Pegou o carro e foi escalando ainda mais. Acho que o resultado é merecimento do trabalho da equipe. Obviamente, temos de investigar algumas coisas, melhorar o carro, mas é assim. Quando a equipe se esforça, o resultado vem e todos mereceram pelo tanto que eles trabalharam neste último mês”, vibrou o piloto.
 
Neste ano, o talentoso e jovem Salas começa sua segunda temporada completa na Stock Car. E em sua estreia pela Hot Car, Guilherme conseguiu logo de cara marcar pontos ao terminar no top-10, completando uma jornada de muito êxito para equipe paulistana, com seus dois carros no rol dos dez primeiros em Interlagos.
 
“Foi um resultado muito bom devido à nossa classificação, que na média não foi muito boa. Foi mais do que o esperado por conta disso, mas sabemos que o carro é rápido e nosso objetivo é estar entre os dez mesmo e agora na primeira já conseguimos. Vamos continuar o trabalho e tentar evoluir ainda mais”, finalizou.
 
A segunda etapa — e a primeira rodada dupla — de 2018 na Stock Car está marcada para 8 de abril e terá lugar no Autódromo Internacional de Curitiba.
”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO