Atendimento a Senna prossegue em San Marino, e helicóptero pousa na pista para levá-lo a hospital

Depois de ser retirado de dentro do cockpit de sua Williams por cinco socorristas, Ayrton Senna continua sendo atendido por grande equipe médica no próprio chão da curva Tamburello, onde bateu violentamente na sétima volta do GP de San Marino de Fórmula 1, neste domingo (1). Helicóptero deve levar brasileiro a hospital em Bolonha

As informações a respeito do forte acidente sofrido por Ayrton Senna na sétima volta do GP de San Marino de Fórmula 1, neste domingo (1), ainda são bastante escassas, mas é possível notar que a situação do piloto é preocupante e já inspira cuidados mais intensos.
 
Depois de perder o controle de sua Williams e bater violentamente contra o muro externo da curva Tamburello, o brasileiro inicialmente chegou a apresentar um breve movimento de cabeça, mas aparenta estar desacordado e precisou da presença de cinco socorristas para ser retirado de dentro do cockpit de seu carro.
 
Neste momento, Senna segue sendo atendido no chão da área de escape da Tamburello por uma extensa equipe de socorristas e médicos. Apesar de haver uma ambulância pronta, um helicóptero com UTI móvel acaba de pousar no local do acidente e deve levar Ayrton ao hospital mais próximo – o Maggiore, em Bolonha.

Um grupo de médicos e fiscais socorre Senna (Foto: Getty Images)

O acidente
 
Senna liderava a prova deste domingo em Ímola com vantagem de pouco menos de 1s para Michael Schumacher quando repentinamente, logo depois de abrir a sétima volta, perdeu o controle de seu carro na curva Tamburello sem nenhuma razão aparente e saiu reto, colidindo de frente com o muro paralelo ao traçado.
 
A violência da batida foi tal que, após o impacto, o carro #2 voltou rodando e chegou a quase entrar novamente na pista, desgovernado e parcialmente destruído, até parar. Imediatamente, a direção de prova acionou a bandeira vermelha.
 
Tricampeão mundial, dono de 41 vitórias na F1 e recordista de pole-positions com 65, Senna completou 34 anos em março e fez, neste domingo, sua 161ª largada.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de San Marino, terceira etapa da temporada 1994 da F1, revivendo o noticiário daquela data.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar