Copa GP

Estreantes, Eder Santos e Vinícius Monteiro falam das expectativas na Copa GP de Kart

Os experientes katistas Eder Santos e Vinícius Monteiro contam ao GRANDE PRÊMIO o que esperam ao integrar a Copa GP de Kart. Além da diversão, esta sempre garantida

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
A abertura da Taça João Paulo de Oliveira, realizada em Interlagos, trouxe novos pilotos para a Copa Grande Prêmio de Kart. Eder Santos e Vinícius Monteiro foram algumas das caras novas que fizeram parte do grid na quarta etapa do campeonato.
 
Eder Santos correu profissionalmente entre 18 e 20 anos, mas depois o esporte acabou se tornando uma brincadeira, principalmente pela dificuldade financeira na ocasião. Há 10 anos, está na ativa disputando campeonatos no rental kart. O experiente piloto fala da sua chegada ao campeonato organizado pelo GRANDE PRÊMIO.
 
"Estou protelando faz um tempo, já era para ter corrido no ano passado. Sou muito amigo do Sidney Rogério, do André Mansano e do Ricardo Talarico. Fiquei sabendo do campeonato por eles, que sempre me chamavam para correr. Por conta de datas acabei não vindo, mas agora vai rolar. Vou fazer o resto da temporada e o ano que vem quero pegar desde a primeira etapa", contou Santos.
 
De acordo com ele, embora o nível esteja alto, a principal meta é conseguir um lugar na Scuderia GP para a disputa das 500 Milhas da Granja Viana.
 
"A galera está muito forte, o time é muito bom e vamos tentar. O objetivo é conseguir a vaga para as 500 Milhas. Se der a classificação, legal. Se não der, vamos tentar no ano que vem", acrescentou.
Vinícius Monteiro (Foto: Gabriel Pedreschi)
Vinícius Monteiro é mais um piloto com uma longa trajetória no kartismo. Desde a adolescência frequenta as pistas, mas nos últimos anos acabou deixando o esporte um pouco de lado. Mas, a partir do convite de um velho amigo, decidiu vestir o macacão e o capacete novamente.
 
"Fui convidado pelo meu amigo Hélio Jr, que corre na Copa GP. Larguei o kart faz algum tempo, faz dois anos que não sentava num kart, e o Hélio sempre falou para eu voltar. Estou com 45 anos e comecei a andar de kart com 12 anos. Vamos ver o que vai dar. A história mais legal que tenho no kart é que fui campeão em cima do Hélio (risos)", revelou sem perder a chance de brincar com o amigo.
 
"A expectativa é meu classificar para a bateria final. Vamos ver como é. Conheço alguns dos pilotos e sei o nível, os caras são bons", finalizou.
 
Eder Santos estreou muito bem no campeonato vencendo a bateria classificatória. Depois, na prova decisiva, estava entre os primeiros, mas acabou enfrentando alguns problemas e abandonou.
Corsa
Vinícius Monteiro cumpriu sua meta inicial e conseguiu um nono lugar na prova classificatória, o que lhe assegurou um lugar na bateria final. Na sequência, acabou em 18º lugar.
 
Quem será o próximo estreante? A próxima etapa da Copa GP de Kart, a segunda da Taça João Paulo de Oliveira, acontece no dia 1º de junho, na Granja Viana. As inscrições estão abertas e podem ser feitas neste link