Copa GP

"Muito feliz" com primeiro pódio, Alexandre Fernandes cita concentração e afirma: "Veio a redenção"

Alexandre Fernandes terminou a quinta etapa da Copa GP de Kart na terceira colocação e subiu ao pódio pela primeira vez na competição. O piloto, em franca evolução, corre desde a primeira etapa da Copa, em 2017

Grande Prêmio / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
Enfim, o pódio. Alexandre Fernandes era só sorrisos ao fim da quinta etapa da Copa GP de Kart, realizada no último sábado (1), na Granja Viana. Não por acaso. O piloto, que corre desde a primeira etapa da Copa, conseguiu subir ao pódio pela primeira vez com o terceiro lugar conquistado na prova vencida por Gustavo Ariel.
 
O piloto já tinha se aproximado do pódio em outras oportunidades, mas, no final, acabou perdendo rendimento e não conseguiu fechar entre os cinco primeiros. E o mais curioso é que o primeiro objetivo dentro da Copa GP veio depois de dois resultados abaixo do esperado.
 
"É muito bom. Já tinha batido na trave duas vezes. Não foi a primeira vez que larguei na frente, mas nunca consegui fazer essa largada se tornar um pódio no final. Só queria garantir meu pódio dessa vez, depois brigar por posição. Quando comecei a perder posições consegui me segurar", contou Fernandes. 
 
"Até então, meu melhor resultado era um nono lugar neste ano. Na terceira etapa, não consegui me classificar, e na última etapa fiquei em 19º. Corro na Copa GP desde o início, é bastante recompesador conseguir um bom resultado depois de treinar bastante", acrescenta.
corsa
Indagado sobre qual o segredo para evoluir e subir ao pódio numa competição de alto nível, Alexandre Fernandes foi direto ao ponto.
 
"Concentração, não perder o foco em nenhum momento da corrida. Se perder a posição, voltar para a pista, manter o foco. Se foi ultrapassado, segue o kart, o traçado e não perde a concentração, que é o mais difícil. Estou muito feliz", concluiu.