Copa GP

“Postura vencedora” é combustível para Fábio Nakiri na briga pelo título da Taça Edgard Mello Filho

Piloto de 40 anos se destacou nas duas primeiras provas da Copa GP de Kart desta temporada e contou ao GRANDE PRÊMIO um pouco de sua carreira, como surgiu o amor pela modalidade e a expectativa para a final na Granja Viana

Warm Up / GUILHERME BLOISI, São Paulo
Ao ver Fábio Nakiri circulando nos boxes da Copa GP de Kart, vemos um cara extremamente concentrado, “que busca sempre o melhor”, colocando em suas palavras. É essa postura vencedora que o piloto de 40 anos trouxe para esta temporada do campeonato e que o colocou como um dos postulantes ao primeiro título do ano: a Taça Edgard Mello Filho.
 
O terceiro e segundo lugares conquistados e os 44 pontos somados até aqui não foram por acaso. Os resultados são frutos do exercício mental aplicado pelo empresário de 40 anos. “Sem falsa modéstia, automobilismo é, em boa parte, uma postura positiva, vencedora, é essencial para um bom resultado. Você não deve entrar em uma competição, em uma corrida, pensando em perder diante do alto nível dos demais competidores”, disse.
 
Há dez anos exercendo a profissão de piloto, o ‘vírus’ da corrida passou a fazer parte definitivamente da sua rotina a partir de uma experiência no Kart In, antigo kartódromo localizado no bairro do Jaguaré, em São Paulo. Mas a paixão pelo automobilismo, como de boa parte dos amantes desta modalidade, vem da era de ouro da Fórmula 1. “Lembro-me, vivamente, de todos em volta da televisão nas madrugadas ou manhãs de domingo e o rádio ligado nas transmissões do Edgard Mello Filho, que pude conhecer graças ao GRANDE PRÊMIO”, recorda.
Sobre o espaço dado ao kart no país, Nakiri acredita ser insuficiente, mesmo o automobilismo que já foi o segundo esporte no coração dos brasileiros.  “Pouquíssimas corridas de kart são transmitidas, assim se torna pouco atrativa para potenciais patrocinadores”.  Porém, o piloto vê uma profissionalização interessante deste esporte para um futuro próximo.

“O kartismo amador vem com equipes patrocinadas por pequenas empresas, competições com organização profissional e transmissões pelos canais de streaming. Devemos aproveitar todas as oportunidades de divulgação. Este é um dos motivos que tornam a Copa GP tão atraente”, afirmou.
 
Nakiri e Sidney Rogério são os grandes favoritos para vencer o primeiro minitorneio da temporada 2019 da Copa GP de Kart. O vice-líder do campeonato tem apenas um desejo: ser o primeiro piloto da Scuderia GP nas 500 Milhas de Kart. “Entrei no campeonato para brigar pela vitória. Vejo "on boards" de corridas anteriores, mentalizo situações de pista e venho participando em outros campeonatos e endurances. O melhor de Fábio Nakiri estará presente nesta decisão, podem esperar!”
Fábio Nakiri no pódio da Copa GP de Kart 2019 (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)
A final da Taça Edgard Mello Filho acontece no Kartódromo da Granja Viana no dia 06 de abril (sábado), com largada às 15h (horário de Brasília). As inscrições estão abertas e você pode fazê-las ao clicar aqui. O GRANDE PRÊMIO traz toda a repercussão desta primeira final da temporada 2019, não perca!