Após fechar com BMW para correr no DTM, Félix da Costa agradece Red Bull: “Fez a oportunidade surgir”

Preterido por Daniil Kvyat na Toro Rosso, português foi alçado à condição de piloto de testes e reserva da escuderia dos energéticos, e ainda contou com a ajuda dos rubrotaurinos para fechar com a escuderia bávara no campeonato alemão de turismo: "Eles fizeram um grande esforço, tomaram conta de tudo"

 
Preterido por Daniil Kvyat na Toro Rosso para a temporada 2014 da F1, António Félix da Costa não escondeu a decepção por não ter sido ele o escolhido pela Red Bull para ascender à categoria máxima do automobilismo no próximo ano. 
 
Contudo, seu vínculo com o time dos energéticos continua tão forte quanto antes: apoiado pela marca nos últimos anos, o português foi escolhido como piloto de testes e reserva da escuderia rubrotaurina e, com a ajuda deles, conseguiu fechar com a BMW para correr no DTM, categoria alemã de turismo que pode surgir como alternativa à carreira do luso.
 
"Quando eu descobri que não iria para a F1, foi uma grande decepção", revelou Félix da Costa ao site da revista britânica 'Autosport'. "Mas agora tenho um grande futuro. Por outro lado, tenho um contrato com uma grande fabricante como a BMW, o que é ótimo. E ainda estou como piloto de testes e reserva da Red Bull na F1", destacou.
António Félix da Costa (Foto: Getty Images)
"Então, se alguma coisa acontecer na F1, estarei no lugar perfeito para pegar a oportunidade. Se não, então posso me ver correndo no DTM por muitos anos. No momento, olhando a longo prazo, eu não poderia estar mais feliz", celebrou, enfático.
 
O português também elogiou a forma de trabalho do time bávaro. "Fiquei surpreso com a forma como uma equipe do DTM funciona, especialmente a BMW. Isso irá me fazer aprender novas coisas, me desenvolver como piloto. É uma categoria tão competitiva que você tem que estar no limite o tempo todo."
 
Por fim, Félix da Costa revelou que só conseguiu avançar ao DTM graças à ajuda da própria Red Bull, que impulsionou as negociações. "Só tenho a agradecer. Eles fizeram um grande esforço. Tomaram conta de tudo. Eu apenas recebi um telefonema para o teste, então estou muito contente. Meu contrato é com a BMW, a Red Bull só fez a oportunidade surgir. Sou grato por isso", encerrou o luso, de apenas 22 anos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube