DTM
08/08/2018 14:46

Escalado para etapa do DTM, Zanardi testa BMW em Vallelunga e destaca rápida adaptação

Alessandro Zanardi teve o primeiro contato com o novo sistema de frenagem desenvolvido pela BMW. A marca passou o acionamento dos freios para o volante, algo inédito e importante para Zanardi, que perdeu as pernas em um acidente em 2001
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Alessandro Zanardi e o carro adaptado da BMW (Foto: Divulgação/BMW)
A preparação de Alessandro Zanardi para a participação especial na etapa de Misano do DTM ganhou um novo capítulo nesta semana. O italiano participou de testes nesta quarta-feira (8) em Vallelunga, onde teve o primeiro contato com o BMW M4 adaptado. O italiano, que perdeu as duas pernas em um acidente em 2001, aprovou tudo que a marca alemã preparou.
 
A novidade da BMW tem a ver com o sistema de frenagem. Antes, Zanardi precisava usar prótese em uma das pernas para acionar o pedal de freio, solução que aumentava o suor na região e diminuía a sensibilidade. Para a aparição no DTM, a marca alemã reconfigurou o carro, agora com acionamento dos freios através das mãos.
 
“O teste foi ótimo. Tudo correu bem e estamos na direção certa. Muita coisa é nova, mas estou me acostumando volta após volta”, disse Zanardi. “Admito que foi muito estranho sair sem qualquer pedal na minha frente quando saí da garagem pela primeira vez. Mas preciso dizer que o sistema inteiro funcionou de forma intuitiva para mim e estou me acostumando muito bem”, seguiu.
Alessandro Zanardi e o carro adaptado da BMW (Foto: Divulgação/BMW)
“Eu não vou andar mais rápido [do que antes], mas com o sistema antigo nunca alcançaria o que alcancei em dois dias aqui. Completei tantas voltas com um carro que nunca tinha pilotado antes, o BMW M4, e depois de passar dois anos sem correr. Seria impossível com a solução que eu tinha antes. Do ponto de vista físico, sou um piloto diferente”, exaltou.
 
Zanardi tem uma carreira marcante: após passagem apagada pela F1, o italiano foi bicampeão da CART, então principal campeonato americano de monopostos, em 1997 e 1998. Foi nessa categoria, mas em 2001, que Alessandro sofreu um acidente de graves consequência em Lausitzring, que resultou na perda de duas pernas, além do risco de morte. A limitação física não impediu o piloto de disputar cinco temporadas do Mundial de Turismo e, após, conquistar quatro medalhas olímpicas nos Jogos de 2012 e 2016.
 
A rodada dupla da Misano do DTM, com presença de Zanardi, acontece nos dias 25 e 26 de agosto.