Farfus lamenta falha em bomba de combustível em classificação: “Tínhamos um carro competitivo”

Augusto Farfus havia anotado o tempo mais veloz do único treino livre do dia, mas durante o treino classificatório enfrentou um problema na bomba de combustível, o que atrapalhou seu desempenho, e ele largará em 15º no domingo

Não foi um início de final de semana fácil para Augusto Farfus. Neste sábado (13), o brasileiro enfrentou um problema em sua bomba de combustível, prejudicando seu desempenho e garantindo apenas uma 15ª colocação no grid de largada.
 
O dia em Lausitzring já começou atípico. Uma forte neblina na região do circuito impossibilitou a decolagem do helicóptero em caso de emergências, o que acabou atrasando toda a programação planejada.
 
Após apenas um treino livre de 15 minutos foi realizada a classificação. Classificado automaticamente para o Q2 após uma bandeira vermelha causada por conta de uma escapada de Joey Hand, o piloto teve dificuldades em anotar tempo bom o suficiente para o Q3.
Agusuto Farfus (Foto: Divulgação)
Com o problema na bomba de combustível, Farfus cravou a marca de 1min22s622, largando em 15º. Ao comentar sobre seu treino classificatório, o brasileiro afirmou ter ido para a pista sem saber ao certo do acerto do carro, e que infelizmente o defeito tirou a chance depole-position que ele e a equipe tinham.
 
"Hoje foi um dia bastante atípico para nós. Em razão da neblina, tivemos pouco tempo para testar o carro em pista seca, então fomos para a classificação com o acerto no escuro. Ainda assim, nosso carro era competitivo”, explicou.
 
Infelizmente, enfrentei uma falha na bomba de combustível durante toda a tomada de tempos, e isso atrapalhou minha performance na pista. Agora temos de tentar solucionar esse problema visando a corrida de amanhã”, continuou.
 
Porém, mesmo com a falha, Farfus disse acreditar que a prova será equilibrada, e que irá para conquistar o máximo de pontos possível. “Acredito que será uma prova bastante equilibrada, como foi a classificação hoje, mas vamos confiantes para somar o máximo possível de pontos e sair daqui com um bom resultado”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube