DTM

Sem campeonato fixo a disputar em 2019, Fittipaldi é chamado por equipe da Audi e vai testar carro do DTM

Pietro Fittipaldi será o piloto convidado pela WRT, equipe afiliada da Audi, a testar ao lado do titular Jonathan Aberdein durante a próxima semana na pista de Lausitzring

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro

Pietro Fittipaldi não para. O jovem piloto, campeão da World Series em 2017 e atualmente piloto reserva e de desenvolvimento da Haas na Fórmula 1, vai testar no DTM. A sessão de testes vai ser com a equipe WRT, ligada à Audi, no circuito de Lausitzring durante a próxima semana.
 
Além de Pietro, o piloto sul-africano Jonathan Aberdein será o outro responsável por testar na pista alemã. Aberdein foi o único confirmado como titular da WRT para a temporada, então uma vaga ainda está vazia para guiar o Audi RS5 restante.
 
São quatro dias de testes marcados para a semana e, como há uma vaga em aberto, existe a possibilidade de Pietro ser mesmo um candidato sério a disputar a temporada 2019.
Pietro Fittipaldi (Foto: Haas)
Desde vencer a World Series em 2017, Fittipaldi deu uma verdadeira volta. No ano passado, fechou acordo para guiar pela DragonSpeed no Mundial de Endurance, pela Dale Coyne em algumas provas da temporada da Indy - inclusive nas 500 Milhas de Indianápolis - e na Super Fórmula japonesa. Um grave acidente nos treinos do WEC, nas 6 Horas de Spa-Francorchamps, logo na abertura do campeonato, causou fraturas múltiplas nas pernas e atrapalhou os planos. Mesmo assim, conseguiu voltar a tempo de disputar as últimas cinco etapas da Indy.
 
No fim do ano, mesmo com toda a conturbação, descolou a vaga na Haas com fortes responsabilidades. A equipe quer que ele esteja presente na maioria dos fins de semana de corrida de 2019 e já deu oportunidade que ele testasse o F1 na pista em três oportunidades: os testes da Pirelli em Abu Dhabi, ainda em novembro do ano passado, a pré-temporada de 2019 em Barcelona e, por fim, os testes de meio de temporada em Sakhir, após o GP do Bahrein. Pietro também testou o carro da Jaguar na Fórmula E.