DTM

Wittmann vê Rast quebrar e abre temporada 2019 do DTM com vitória em Hockenheim. Fittipaldi pontua

Marco Wittmann viu René Rast se aproximar perigosamente no fim, mas se deu bem – a Audi do rival quebrou, dando o tão desejado alívio. Mike Rockenfeller e Robin Frijns fecharam o pódio, enquanto Pietro Fittipaldi foi décimo

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Marco Wittmann teve a honra de vencer a primeira corrida do DTM em 2019, realizada neste sábado (4) em Hockenheim. O alemão teve de tudo: seja na sorte ou na velocidade, o piloto da BMW levou vantagem e garantiu um começo de temporada com pé direito.
 
Wittmann liderou desde a largada, realizada sob chuva intensa em Hockenheim. O alemão chegou a abrir vantagem na primeira metade, mas viu a situação se deteriorar lentamente conforme o asfalto começou a secar. Restando dez voltas para o fim, a situação era clara: a briga pela vitória era direta com René Rast, 0s5 atrás. Foi aí que a sorte de Marco se manifestou – a Audi do rival quebrou com cinco voltas para o fim.
 
Dessa forma, quem herdou o segundo lugar foi Mike Rockenfeller, de Audi. O último posto ficou com Robin Frijns, também da marca das quatro argolas, em um novo resultado positivo após vencer em Paris e assumir a liderança da Fórmula E.
Marco Wittmann (Foto: DTM)
Timo Glock ficou em quarto, resultado que veio após árdua corrida de recuperação – o ex-F1 rodou na largada após toque com Rast. Loïc Duval surgiu em quinto, com Sheldon van der Linde, Bruno Spengler e Nico Müller atrás. Daniel Juncadella, nono, garantiu pontos para a Aston Martin, marca que estreia no certame alemão.
 
Para Pietro Fittipaldi, único representante brasileiro na categoria, a estreia foi positiva. O brasileiro se manteve no pelotão intermediário ao longo da disputa, aparecendo inclusive na frente de companheiros da Audi. Ao fim de 34 voltas, Pietro recebeu a bandeira quadriculada na décima posição.
 
As atividades em Hockenheim continuam neste domingo, com a corrida 2 do fim de semana.