Newgarden diz que ser vencedor em Daytona “é estranho”: “Por acaso, eu estava lá”

Ao lado de Helio Castroneves, Josef Newgarden se tornou o segundo piloto a vencer as 24h de Daytona e as 500 Milhas de Indianápolis em um período de menos de um ano

Josef Newgarden venceu as 24h de Daytona logo em seu segundo ano disputando a prova de endurance mais importante dos Estados Unidos. O titular da Penske foi modesto ao falar da nova conquista e afirmou que é “estranho” estar na mesma prateleira dos pilotos que já venceram a corrida na Flórida e brincou, dizendo que “por acaso” estava no carro #7 da Porsche/Penske. 

Newgarden estreou nas 24h de Daytona em 2023, quando defendeu a Tower Motorsports na classe LMP2. Em 2024, no entanto, estreou com o pé direito na classe principal e venceu ao lado de Felipe Nasr, Dane Cameron e Matt Campbell. Com o triunfo, o bicampeão da Indy se torna o segundo piloto a vencer  as 24h de Daytona e as 500 Milhas de Indianápolis em menos de um ano. O outro a realizar esse feito foi o brasileiro Helio Castroneves, em 2021.

Mesmo com duas grandes conquistas no currículo, o titular da Penske foi modesto, rasgou elogios a todo o time e agradeceu pela oportunidade.

“Tenho de ser honesto, é estranho para mim porque sinto que estou com um ótimo grupo que acabou vencendo uma corrida e, por acaso, eu estava lá. Essa vitória pertence a um grande grupo de pessoas do automobilismo. A Porsche Penske Motorsports representa muita gente tanto nos Estados Unidos quanto na Alemanha. É uma marca icônica, como a Porsche, junto de uma equipe também icônica, como a Penske. Todas com um grande legado e merecem essa vitória”, contou Newgarden.

A Porsche de Josef Newgarden faturou as 24 Horas de Daytona (Foto: IMSA)

“É uma honra estar aqui e estou orgulhoso de todos. É muito estranho para mim estar nessa situação. Nos últimos anos guiei apenas monopostos e voltei me foco todo para esse esporte. Aqui é diferente e no final da corrida senti que faço parte de uma família. Poderia chorar pensando nisso”, finalizou.

GRANDE PRÊMIO transmitiu a prova com exclusividade e a exibição de uma das corridas mais tradicionais do endurance mundial. As 24 Horas de Daytona contaram com um supertime de narradores, com Geferson Kern in loco em Daytona, Sérgio Lago e Rodrigo Vicente, além dos comentaristas Rodrigo Mattar, Milton Rubinho, Dedê Gomez, Ricardo Arcuri, Sérgio Milani, Bernardo Bercht e Lipe Paíga.

transmissão teve o oferecimento da Stuttgart Porsche, que também apoia Felipe Nasrpiloto da Penske que, junto de Dane Cameron, Matt Campbell e Josef Newgarden, saiu com a vitória em Daytona.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias do GP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.