Ainda se recuperando de fratura na perna, Negri fica de fora das próximas duas etapas da Grand-Am

Michael Shank anunciou nesta sexta-feira que Michael Valiante será o companheiro de John Pew nas etapas do Alabama e de Road Atlanta da Grand-Am

A fratura que sofreu na perna direita no último dia 10 de dezembro ainda não curou completamente e, por isso, Ozz Negri vai precisar ficar de fora das duas próximas etapas da Grand-Am. No mês de abril, o brasileiro será substituído por Michael Valiante no Alabama e em Road Atlanta, anunciou nesta sexta-feira (29) a equipe Michael Shank.

No primeiro mês de 2013, Negri enfrentou uma extensa reabilitação para conseguir ficar pronto a tempo para a corrida mais importante do campeonato, as 24 Horas de Daytona, e conseguiu. Ele também entrou na segunda etapa da Grand-Am, realizada em Austin, no Texas, mas o piloto de 48 anos vai precisar voltar a ficar longe do Ford Riley #60 que divide com John Pew.

Negri passou  por uma longa recuperação para correr em Daytona, mas ainda não está 100% (Foto: Grand-Am)

A decisão foi tomada pelo próprio Negri, que disputou 113 provas desde que os protótipos de Daytona estrearam nas pistas em 2003. “Essa é uma das coisas mais difíceis com a qual precisei lidar. Apenas a ideia de não poder entrar no carro é complicada”, lamentou.

“Mas os médicos acreditam que essa é a melhor coisa a se fazer, e eu devo tudo a este time por me apoiar durante tudo isso. John tem sido ótimo e muito compreensivo. Ele tem a mesma paixão que eu tenho pela preparação física e sabe que é o melhor jeito para mim profissionalmente. Vou trabalhar duro para voltar melhor do que nunca em Detroit”, falou Negri, que se lesionou enquanto praticava mountain bike.

Dono da equipe, Michael Shank adotou o mesmo tom de Negri e lastimou o fato de não poder contar com o vencedor das 24 Horas de Daytona de 2012 nos próximos compromissos válidos pela Grand-Am. “Você tem que odiar ver Ozz tomar essa decisão, mas é o melhor para ele a longo prazo”, disse o norte-americano. “Ele sabe que precisa dar um passo atrás e fazer isso agora significa que ele terá a maior janela possível para se recuperar e ficar pronto para correr em Detroit”, continuou.

Chamado para substituir o brasileiro, Valiante tem história na equipe Michael Shank. Ele foi companheiro de Pew durante toda a temporada 2009 e venceu uma corrida na categoria no ano passado, em Mid-Ohio.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube