Alonso elege maiores desafios em participação nas 24h de Daytona: tráfego na pista e preparação física

Fernando Alonso já testou por dois dias em Daytona. E começa a entender pelo que passará na corrida de 27 e 28 de janeiro, incluindo os principais desafios que encontrará na pista

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Fernando Alonso já participou de dois dias de testes em Daytona. No primeiro, ficou atrás de Lando Norris, seu parceiro no #23 da United Austosports. No segundo, melhorou e conseguiu um 11° lugar com o mais baixo tempo da equipe. Lições que o espanhol vai tirando no curto tempo de preparação que possui para a corrida dos dias 27 e 28 de janeiro.

Algo que ele já entendeu, aliás, é que não será fácil. Não só pelos tempos, bastante atrás de pilotos mais experientes no endurance, mas pelo tempo dentro do carro e na pista.

Assim, ele já elegeu suas maiores dificuldades para as 24 Horas: preparação física e tráfego. "Há muitos desafios, e o mais fácil deles será pilotar de noite. Será minha primeira vez, mas o circuito está bem iluminado e não acredito que seja uma dificuldade enorme. Mas o mais difícil será o tráfego", opinou.

Fernando Alonso disputa as 24h de Daytona no fim do mês (Foto: Reprodução/Twitter)

"Correr na mesma pista que outras categorias, com os GT. Teremos que ultrapassar muitos carros durante muitas voltas e deve-se preparar essas ultrapssagens para que não perca tempo, nem você nem o GT", continuou.

A parte física também é diferente da que Alonso costuma ver na F1. "Tenho que me preparar bem, me hidratar bem. São 24 horas nas quais você deve ficar concentrado para não cometer erros. Tem que trabalhar com seus companheiros", analisou.

"É só um carro, uma configuração, assento que tem que compartilhar entre três. Coisas as quais tenho que me adaptar. Eles também se adaptam um pouco. É o trabalho mais duro que terei aqui até a hora da corrida", finalizou o asturiano.

No domingo, Alonso passará por mais duas sessões de treino em Daytona.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube