Alonso vê terceira fila como “máximo possível” no grid em Daytona, e espera “corrida perfeita” por vitória

O Cadillac DPi #10 da equipe Wayne Taylor, que conta com Fernando Alonso, Renge Van der Zande, Kamui Kobayashi e Jordan Taylor, sai em 6° nas 24 Horas de Daytona. E para o espanhol essa era a melhor posição possível, pensando em termos de velocidade do carro

Jordan Taylor conduziu o Cadillac DPi#10 da Wayne Taylor durante a classificação das 24 Horas de Daytona. Colocou seu time em sexto e, para Fernando Alonso, seu companheiro, a "melhor posição possível".

Segundo o espanhol, que também tem Renge Van der Zande e Kamui Kobayashi como parceiros, a velocidade de seu carro não permitia ir além da terceira fila no grid. Mas que isso já era previsto e, até certo ponto, positivo.

"As quatro primeiras posições eram, certamente, da Mazda e da Acura, depois de ver o potencial delas. Mas a corrida é muito longa, são 24 horas e acredito que começamos em uma boa posição", afitmou.

Cadillac DPi #10 em Daytona (Foto: IMSA)

De fato, a pole ficou para o Mazda DPi #77, conduzido por Oliver Jarvis, com direito a recorde da pista: 1min33s628. Os dois carros da Acura vieram em seguida, enquanto a quarta colocação também ficou com a Mazda. Na terceira fila, antes do time de Alonso, vem outro Cadillac: o de Felipe Nasr.

"Temos uma boa confiabilidade e experiência, estamos numa boa posição e devemos fazer uma corrida perfeita, mas apesar de estarmos em uma equipe americana não temos o mesmo desempenho dos outros carros", continuou o espanhol.

"Começar na terceira fila era o máximo possível que podíamos fazer nestas cinrcunstâncias e o único outro Cadillac foi mais rápido que nós", finalizou.

É a segunda participação do bicampeão do mundo de F1 em Daytona – a primeira ocorreu no último ano. A largada para a edição de 2019 das 24 Horas de Daytona está marcada para 17h35 (horário de Brasília) deo próximo sábado (26). A prova vai contar com transmissão ao vivo, em janelas, pelo canal por assinatura Fox Sports 2.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

assine agora